•   
  •  

Por Deivis Luz

Exemplos de redução de custos
Em tempos de crise econômica, mesmo que timidamente, gestores públicos anunciam redução de gastos. Câmara de Vereadores de Novo Hamburgo não permite mais o uso de diárias. Por outro lado, a Câmara de Vereadores de Taquara reduziu o salário dos vereadores de R$ 7 mil para R$ 6 mil. Enquanto isso, por aqui, prefeituras e Câmara de Vereadores tomam atitudes tímidas sobre o tema. Poder Judiciário também deve dar exemplo. Juizes ganham mais de R$ 5 mil só de penduricalhos (fora o salário).



Recado para o PMDB
Uma simples foto não derruba secretário. Uma soma de fatos, sim. A saída de Delso Ivan Civa (PMDB) do governo Corinha Molling é um recado da prefeita ao PMDB. Ou a coligação se mantém para 2016 ou os incomodados que se retirem. Nos bastidores, os caciques peemedebistas não escondem a vontade de ter candidatura própria em 2016. Dídio caiu por aquilo que deixou de fazer como secretário e não somente por aparecer em uma foto ao lado de petistas.

Indicação
Vereador arariquense do PROS, Gilberto Elsenbach, apresentou indicação de interesse dos servidores plantonistas. Gilberto sugere ao prefeito, Sergio Machado, que apresente uma lei passando de R$ 8 para 10 e de R$ 14 para 20 o valor do auxílio-alimentação para os servidores plantonistas que se deslocam até Porto Alegre diariamente.

Obra do CEMIL ganha aditivo
Obra do Conselho Comunitário de Campo Bom, a reforma do Centro de Informação e Ludicidade (Cemil) Dr. Liberato, chegou a ser paralisada. Porém, com o acerto de um aditivo contratual publicado esta semana, a obra que custará mais de R$ 300 mil, será retomada.


Diárias
Câmara de Araricá torrou R$ 39.623,29 em diárias em 2015. Max, Gelson e Paulo Foss são os recordistas.

Questionamentos levianos
Vereador campo-bonense Paulo Tigre (PMDB) usou a tribuna para rebater àqueles que criticam a implantação do novo sistema de sinalização. “Nada será pago até a obra ficar completa e ser revisada. Qualquer informação diferente desta é leviana ou falsa”, criticou.

Retirada de fios inúteis
Vereador progressista de Sapiranga, Rubem dos Santos (o Rubinho), valoriza a sanção do seu projeto de lei que prevê que a empresa concessionária ou permissionária de energia elétrica tenha obrigatoriedade de alinhar e retirar fios inutilizados nos postes.

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse