Dia a dia Polícia

Homem se identifica como policial e tenta entrar na Caixa de Nova Hartz



  •   
  •  

Nova Hartz – A Polícia Civil busca explicações para uma situação particular que ocorreu junto à agência da Caixa Econômica Federal no município. Na sexta-feira (3), no período da tarde, um indivíduo, de terno e gravata, chegou até a agência e tentou acessar o local pela porta-giratória do banco. Se dizendo policial, de São Paulo, logo que os vigilantes solicitaram a identificação do suspeito, o indivíduo virou as costas e foi embora, sem dar qualquer outra pista que pudesse ajudar no esclarecimento do enigma.

Logo que a Polícia Civil de Nova Hartz foi acionada, os agentes encaminharam a imagem do suspeito captada pelo circuito interno do banco para grupos de WhatsApp de policiais. Tudo para tentar identificar quem era o suspeito.

Em janeiro de 2017, a mesma agência foi alvo de um grande roubo, quando o local foi dinamitado.

Quadrilhas são especializadas


A Polícia Civil de Nova Hartz explicou que quadrilhas de Santa Catarina e São Paulo, que se caracterizam pela violência, costumam levantar informações dos alvos para futuras ações criminosas. “Essas quadrilhas atuam com forte armamento e agem após verificar a segurança dos bancos. A atitude dos gerentes do banco foi a correta, de informar a polícia, pois pode ter até inibido alguma ação criminosa de quadrilhas”, explicou um policial civil de Nova Hartz.

Fotos: Caixa em Janeiro de 2017 e suspeito que se apresentou como policial

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 346
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse