Dia a dia Educação Esporte

Jovens atletas sapiranguenses se destacam nas Paralimpíadas Escolares de São Paulo


  •   
  •  

Sapiranga – As Paralimpíadas Escolares 2018, evento oficial do Comitê Paralímpico Brasileiro, ocorreu de 21 a 23 de novembro, em São Paulo, reunindo 989 jovens paratletas de 12 a 17 anos do país.

Sapiranga enviou uma delegação de 12 pessoas, sendo sete alunos/atletas competidores. Quatro deles conquistaram medalhas. Higor Camargo Farias, 15 anos, da escola Waldemar Carlos Jaeger, conquistou o ouro no salto em distância e nos 250 metros rasos. Alan William de Souza, 13 anos, do Pastor Rodolfo Sanger, conquistou o 3º lugar na bocha adaptada.



Alan, além do bronze, foi selecionado para treinar no Centro Paralímpico Brasileiro. Ele passará 15 dias em São Paulo em janeiro e junho para uma imersão no esporte e experimentar a rotina de um atleta de alto rendimento.

Progresso motivou seleção

“Alan foi selecionado devido ao seu grande progresso, por já ter participado nas Paralimpíadas no ano passado”, destacou uma das professoras que acompanhou os atletas, Ana Patrícia Andrioli.

Pais e professores orgulhosos

As meninas Paola dos Santos, 15, do Décio e Fabiana da Silva, 15, do Pastor, participaram da equipe de futebol de 7, que conquistou o terceiro lugar. “Voltamos trazendo na bagagem uma experiência única e repleta de emoções, além das conquistas para a delegação gaúcha, especialmente dos nossos alunos paratletas. Muita superação, cooperação e alegria. Uma verdadeira lição de vida”, declarou a professora Ana.

Os atletas se declararam felizes e emocionados com as conquistas.

“Estou feliz pela medalha, me esforcei muito esse ano nos treinos com o professor Flávio Bressam. Agradeço a ele pela persistência comigo. O convite pra treinar no CT em SP me pegou de surpresa, estou feliz e confiante. Agradeço à Deus por me dar essa oportunidade”, destacou Alan.


Para Higor, ganhar as competições e o ouro foi muito emocionante.

“Fiquei muito feliz. Eu gosto mais da corrida e quero continuar a treinar”, disse.

Para as mães, o orgulho é gigante. “É muito emocionante ver essa vitória dele, pois passou o ano treinando, foi puxado. Estamos felizes e muito orgulhosos”, disse Tatiana de Souza, mãe do Alan. “Sou grata a Deus por ter um filho mais que especial, estou muito orgulhosa, uma felicidade imensa por ele. Sempre incentivei”, declarou Patrícia Camargo, mãe do Higor.

Confira algumas fotos dos atletas e das conquistas

Texto: Sabrina Strack

Fotos: Arquivo Pessoal

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 268
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse