Desenvolvimento Dia a dia Educação

Proerd forma mais de cem alunos em Sapiranga


  •   
  •  

Sapiranga – A solenidade de formatura dos 140 alunos do 2º semestre do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) em Sapiranga ocorreu na tarde de segunda-feira, 26, no Centro de Cultura Lucio Fleck. O projeto é realizado pela Brigada Militar em parceria com a Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Desporto.

Um dos momentos marcantes da tarde foi o juramento assumido pelos formandos. A instrutora do Proerd de Sapiranga, soldado Fernanda Simone Lemos realizou o ato com os alunos. Com a mão direita erguida os estudantes firmaram o compromisso pronunciando em voz alta a seguinte frase: ”Prometo resistir às drogas e à violência, para o meu bem, da minha família e da minha comunidade”.



Na abertura do evento, a Banda da Brigada Militar do CRPO/VRS, regida pelo sargento Cleomir Cezar Blauth, apresentou o Hino Nacional Brasileiro e músicas populares. A solenidade também contou com a participação dos mascotes do Proerd e Brigada Militar, que animaram as crianças. Quem também animou a tarde dos formandos foi a Banda 4 AM do Centro Sinodal de Ensino Médio de Sapiranga (Unidade de Ensino Duque de Caxias).

A cerimônia teve a participação da prefeita Corinha Molling, que conversou com os alunos sobre a importância de viver em família longe das drogas.”É na família que vocês encontram todo o apoio para continuar seguindo em frente na busca dos objetivos. Este encontro é um grande ensinamento para a formação desses futuros cidadãos”, ressaltou.

O Proerd formou neste semestre cinco turmas do quinto ano das escolas municipais. Os formandos elaboraram redações sobre a resistência às drogas. Cada escola fez uma avaliação inicial, reunindo a comunidade escolar, a qual destacaram os melhores trabalhos, e que posteriormente passaram por uma nova avaliação no 32.° BPM, onde foram selecionadas 25 redações.


A solenidade de formatura do Proerd teve  ainda as presenças do comandante do 32.º BPM – Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel  João  Ailton Iaruchewski; supervisora pedagógica, Gisele Alcantara Barbosa (que esteve representando  a secretária municipal Cláudia Kichler)  da  Secretária Municipal de Educação, Cultura e Desporto; presidente do Consepro de Sapiranga, Flávio Barth; presidente da Câmara de Vereadores, José  Balardin; coronel Carlos Alberto Prado de Andrade, comandante do  CRPO/VRS; representantes de entidades da comunidade e de instituições comerciais, financeiras e industriais; comandantes de órgãos Policiais Militares do Vale do Rio dos Sinos; oficiais e praças da Brigada Militar; clubes de serviço de Sapiranga; equipes diretivas, professores e alunos das escolas municipais; além da comunidade.

O PROERD

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) é uma iniciativa da Polícia Militar no sentido de prevenção para crianças do Ensino Fundamental até o Ensino Médio buscando o combate à criminalidade. Os pais também recebem orientações em reuniões e palestras, representando um esforço cooperativo entre escolas, pais e Polícia Militar.

O Proerd é baseado no Programa Americano chamado D.A.R.E (Drug Abuse Resistance Education). Hoje ele é desenvolvido em mais de 50 países, e cerca de 40 milhões de crianças por ano têm instrução com policiais.

O programa traz noções de cidadania, objetivando prevenir ou reduzir o uso de drogas e a violência entre crianças e adolescentes. A ênfase deste programa está em auxiliar os alunos a reconhecerem as pressões diretas ou indiretas que os influenciarão a experimentar algum tipo de droga ou a participar de atos de violência. A ideia é ensinar as crianças a evitar essas situações nocivas e que podem levar à criminalidade.

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 90
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse