Dia a dia

Produção de empresas daqui ganha vitrine na Fimec 2017


  •   
  •  

Até esta quinta-feira (16) | Empresas de Campo Bom e Sapiranga marcam presença na 41ª edição da feira

Região – Esta edição da Feira Internacional de Couros, Produtos Químicos, Componentes, Máquinas e Equipamentos para Calçados e Curtumes – Fimec, que é a maior feira do setor coureiro-calçadista da América Latina, tem a presença de empresas da região, expondo seus produtos – como calçados e máquinas – desde terça-feira (14) até esta quinta-feira (16). Além de dar às empresas uma oportunidade de expor seus produtos para vários clientes do Brasil e de outros países, prospectando novos clientes, a Fimec também dá espaço para as empresas realizarem lançamentos de produtos na Fenac, em Novo Hamburgo.



Uma das empresas presentes na Fimec é a sapiranguense Lauther, que produz componentes de peças para máquinas de costura e já participa na feira há doze anos. “Nosso objetivo é buscar novos clientes, já conquistamos clientes do Brasil todo e de fora do Brasil, na feira. A Fimec é uma vitrine, temos clientes que vêm da Colômbia para nos visitar na feira”, conta Luís Evanir Lauthart, 51 anos, proprietário da Lauthart.

De Campo Bom, a Fimec contará com a presença de empresas como a Usaflex, que está na Fábrica Conceito, que mostra o funcionamento dos equipamentos utilizados na produção de calçados em tempo real. A Usaflex produz calçados predominantemente em couro, direcionados ao público feminino.

Rubras na Fimec


Outra empresa local que está presente na 41 ª edição da Feira é a Rubras Laminados Brasileiros, que fica na RS-239, nº 31, no bairro Amaral Ribeiro, em Sapiranga. “Sempre participávamos da Fimec, e há uns cinco anos, deixamos de participar. Voltamos agora devido a questões de acessibilidade, a Feira está voltada para proporcionar um bom custo-benefício aos expositores, oferecendo um bom espaço por um custo melhor. Hoje em dia as feiras custam muito, e em tempos de recessão, é a primeira coisa que os empresários fazem, cortar custos. Mas retornamos à Fimec porque ela proporciona clientes de todo o Brasil e de outros países”, comenta Kátia Souza, gerente de vendas da Rubras.

Crédito da foto: Assessoria de Impresa/Fimec

Quer ler o restante desta notícia? Assine a edição impressa do Jornal Repercussão. Ligue para: (51) 3064-2664

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse