Dia a dia Entretenimento

Princesa da 35ª Festa das Rosas conta detalhes de sua vida e da participação e escolha como soberana


  •   
  •  

Sapiranga – Bruna da Silva Pacheco, de 24 anos, não tem o costume de participar de concursos como a escolha da corte, mesmo assim, em sua primeira participação se saiu bem, conseguindo se tornar uma das soberanas. “Esse foi o único concurso em que participei. Concursos de beleza, de um modo geral, sempre achei muito bonitos e interessantes, porém jamais foram uma prioridade. Esse concurso de soberana, foi diferente, pois foi a chance de divulgar e representar a minha Cidade das Rosas que me acolheu e é tão bela”, conta a Princesa.

Ela atualmente estuda Direito, e tem como sonho passar em um concurso público para as áreas de defensoria, promotoria ou magistratura, mas o que poucos sabem, é que poderia ter seguido uma área bem diferente. “Fiz dois anos do curso de biomedicina e desisti quando tive que calcular quanto tempo uma pessoa tinha morrido”, confessa. Ela conta ainda que tem hobbys artísticos. “Gosto de pintar, fazer velas aromáticas, tenho o dom mais puxado para a arte. E adoro aromas”, explica.



Bruna é natural de Porto Alegre, mas adotou Sapiranga. “Nasci em Porto Alegre. Lá estudei e arrumei meu primeiro trabalho. Adotei Sapiranga como a minha cidade, desde o dia em que me mudei. O que eu mais gosto, além das rosas é claro, são as nossas cachoeiras, os balneários e toda a beleza natural”, conta.

Expectativa para a Festa e mensagem da soberana

Bruna confessa que sente um frio na barriga com a chegada da 35ª Festa das Rosas. “A expectativa para a Festa das Rosas é grande demais. Estou ansiosa pra o grande dia, o sentimento é de alegria, euforia e gratidão. Acredito que o frio na barriga faz parte da realização de um sonho, para que dê tudo certo e seja um sucesso“, pontua.


Além disso, a Princesa reserva um espaço para deixar uma mensagem relembrando sei reinado e dando dicas para futuras soberanas. “A todas as meninas que sonham e desejam participar da Corte das Rosas, não tenham medo de tentar. Lutem para realizar esse sonho. É um sonho mágico, ser princesa é felicidade e orgulho. Poder representar o nosso município é gratificante. Recebemos um carinho imenso das pessoas e o melhor de tudo é ver os olhinhos das crianças brilhando. Passem sempre para elas essa magia e encanto como em um conto de fadas. Nós podemos fazer um mundo melhor e mais receptivo”, finaliza a Princesa da 35ª Festa das Rosas.

Texto: Taylor Abreu

Foto: Junior Silva

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 66
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse