Dia a dia Posts em destaque

Irmãos que não se viam há 30 anos se reencontram em Campo Bom e comemoram


  •   
  •  

Campo Bom – Quanto tempo você ficaria sem ver um parente seu?! Mais especificamente um irmão?! Para Eva Mendes Melha, de 85 anos, sentado ao centro da foto ao lado, esse tempo superou 30 anos.

Ao se tornarem adultos, cada irmão foi para um lado, e com o tempo ficaram sem contato, foram três décadas longe uns dos outros e nenhuma comunicação.



Essa distância teve fim na primeira semana de janeiro deste ano, quando os irmãos de Eva, Edilia (vermelho), 75, Santina (preto), 60, e Agenor Mendes, 63, ao lado de sua esposa Neiva, 55, vieram visitar Eva em Campo Bom.

A visita foi possível graças a tecnologia atual, que possibilitou que através de um aplicativo de mensagens instantâneas, os irmãos pudessem se comunicar. “No velório do meu irmão Antônio, meu sobrinho veio até mim e me disse que uma irmã da mãe estava vindo do Mato Grosso visitar parentes no Rio Grande do Sul, e ele tinha dado meu número. Quando essa prima que estava com meu número ligou, eles já estavam em Gramado, e foi uma correria. Em 2015 eles vieram nos visitar, e desde então me adicionaram no grupo da família Mendes. Então eu fui pegando os contatos dos tios e tias que não conhecia, e fomos conversando. O primeiro foi o tio Agenor, então fomos conversando. Aí depois surgiu a Tia Santina e com ela a Edilia, e aí fomos conversando e marcando de eles virem para cá”, explica Maria Helena, filha de Eva.

Um dos irmãos de Eva, Agenor Mendes, de 63 anos, relata que pretende visitar a irmã novamente. “Foi o momento mais feliz da minha vida eu ter ido aí encontrar minha irmã. Graças a Deus eu encontrei ela feliz, faceira, com saúde. Que Deus sempre abençoe a família dela. Eu não quero demorar para visitar de novo, para tomar um chimarrão com a Eva”, promete Mendes.

Bom dia e envio de mensagens agora virou rotina entre os irmãos

Após começarem a conversar, não pararam mais. “O tio Agenor nunca mais parou de mandar bom dia, e nós também não. Todos os dias de manhã, a mãe sempre pergunta para mim ‘ninguém deu bom dia hoje? ’, aí eu ligo o telefone, entro no Whats e deixo ela escutar os áudios, gravo áudios dela também dando bom dia para eles. Faço videozinhos daqui com ela para mandar para eles, tiro fotos dela e assim vai indo. Foi a coisa mais maravilhosa que aconteceu ter entrado em contato com eles e eles puderem ter vindo aqui ver a mãe”, conta a servidora pública aposentada, Maria Helena.

Festa de Aniversário Antecipada

Aproveitando a visita dos irmãos de Eva, Maria decidiu antecipar as comemorações do aniversário de 85 anos de sua mãe, que ocorreriam no dia 7 de fevereiro. Foi uma correria para aprontar tudo, mas deu certo, e no último dia 6 de janeiro, todos puderam aproveitar os doces como bolo, torta de bolacha, pudim, doces feitos à base de gelatina, entre vários outros pratos, além, é claro, a companhia da família, que foi o mais importante daquela tarde de domingo.


A festa ainda gerou momentos de alegria e descontração, e alguns até engraçados, como quando segundos antes de assoprar as velinhas, Eva enfiou a mão no bolo, sem querer, é claro, mas que foi registrado por um familiar para posteridade.

A comemoração do aniversário, também teve momentos especiais, onde foram entregues os melhores presentes, como uma das declarações de Eva. “Não teve presente maior de aniversário que ela ganhasse do que a visita deles (irmãos). Ela mesmo disse para mim, ‘o melhor presente de aniversário foi eles terem vindo’”, explica Maria.

A comemoração seguiu durante toda a tarde, terminando com chimarrão e conversa na área da frente da residência, localizada no bairro Jardim do Sol, em Campo Bom.

Embora a visita tenha sido curta, ela foi especial, e marcou o reencontro de irmãos que não se viam há trinta anos, e outros há mais tempo. “Uma das tias nem se lembrava da mãe, pois elas se viram quando pequenininhas, então a mãe adorou a visita deles”, finaliza Maria Helena.

Texto e fotos: Taylor Abreu

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 410
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse