Dia a dia

Igreja São Luiz Gonzaga, do bairro São Luiz, organiza Festa do Motorista


  •   
  •  

Festejos iniciam com Santa Missa, celebrada às 8h de domingo, 22

Sapiranga – A tradicional Festa do Motorista, já em sua 28ª edição, acontece no domingo, dia 22, na Paróquia São Luiz, igreja São Luiz Gonzaga, em Sapiranga. Em visita à redação do Jornal Repercussão, o padre Lucimar Braga Macedo, contou que a programação este ano está diferente em relação aos horários.



O domingo inicia com a Santa Missa, às 8h, na igreja São Luiz Gonzaga, no bairro São Luiz, presidida pelo bispo da Diocese de Novo Hamburgo, Dom Zeno Hastenteufel. Após a celebração, às 9h30, inicia a procissão motorizada, que parte do Parque do Imigrante, o Parcão de Sapiranga. “Apesar da missa ser 20na igreja, a procissão sai do ponto que já é tradicional também, do Parque do Imigrante, em função da facilidade de estacionamento”, destaca o padre.

A procissão irá passar por diversas ruas da cidade, saindo do Parcão, e seguindo pela Av. 20 de Setembro, até o bairro Amaral Ribeiro, de onde retorna, passando, por último, na Rua Presidente Kennedy, em direção ao bairro São Luiz, e se encerra em frente à igreja.

Após a carreata, será servido o almoço (churrasco, arroz, aipim e saladas), a partir das 11h30. O cartão, no valor de R$28,00, pode ser adquirido na secretaria paroquial, com os membros das pastorais ou no dia do evento. O padre, entretanto, pede para que a comunidade adquira com antecedência, pois facilita a organização dos almoços. A expectativa para este ano é servir entre 500 e 600 refeições.


Valores revertidos para manutenção da igreja
Ao visitar o Repercussão, o padre pontuou a intenção de divulgar o evento. “A ideia é divulgar a festa para que o povo possa saber um pouco mais e participar”, ressalta. Sobre os valores arrecadados, o sacerdote explica que serão revertidos para a manutenção da igreja e também evangelização. “Os fundos da festa são revertidos no próprio cuidado do ambiente, da igreja, na reforma do salão, algumas coisas que nós ainda precisamos mudar. E mesmo na evangelização, através da ajuda das pastorais e dos movimentos que nós temos alí na paróquia”, explica.

Texto e fotografias: Sabrina Strack

 

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 202
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse