Dia a dia

Chuva deve continuar nos próximos dias, mas não há risco de alagamentos


  •   
  •  

Região – A chuva deve continuar nos próximos dias, mas não há risco de causar alagamentos. A informação é do climatologista de Campo Bom Nilson Wollf.

Até às 10h da manhã desta sexta-feira (14), eram contabilizados cerca de 4,6 milímetros de chuva para o dia, deixando a média do mês de setembro com 123,2 milímetros, volume até então menor do que o habitual para o período, que é de cerca de 163 milímetros.



A chuva deve continuar pelo menos até terça-feira, mas de maneira intermitente, cessando por alguns períodos. “Domingo pela manhã a chuva ameniza, mas pela tarde e inicio da noite ela deve retornar e seguir até terça feira”, afirma Wolff.

O volumetria de precipitação esperada até terça-feira fica em torno de 30 milímetros. “A tendência é que chova até terça em torno de 30 milímetros, distribuindo aproximadamente 10 milímetros de chuva no sábado, mais uns 10 na segunda-feira, somados ao que choveu na sexta. Mas o acumulado deve ficar em torno de 30 milímetros”, comenta o climatologista.

As temperaturas para o final de semana devem-se manter estáveis. “As temperaturas vão se manter estáveis, mínimas na média de 17, máxima de 22 graus. Apenas no domingo a temperatura deve chegar aos 26 graus, mas após a chuva já cai”, alerta Wolff.

Na Segunda (17) e terça-feira (18), as temperaturas devem ter mínima de 15 graus, com máximas de 20. Na madrugada de quarta (19) para quinta-feira (20) – feriado, o termômetro marcará uma baixa, chegando até os 9 graus, por conta de uma forte pressão polar, com ar mais seco e frio, resultando em um tempo mais firme.

Após isso, a expectativa é que a temperatura aumente. “No final de semana seguinte vai ser bastante quente, as máximas devem ultrapassar os 30 graus centigrados, principalmente no domingo (23) e na segunda-feira (24) da outra semana”, comenta Nilson Wolff.


Ao cessar na terça-feira (18), a tendência é que a chuva retorne apenas no dia 27 de setembro. “Tem mais uma chuva prevista para o dia 27 com base nos dados apresentados de sexta, mas a possibilidade ainda é baixa”, explica Wolff.

O climatologista explica por qual motivo não há riscos de alagamentos até então

Nilson Wolff explica que chover em um curto espaço de tempo resulta em alagamentos. “O problema e se chove muito no curto espaço de tempo, em dois, três dias. Isto causa enchentes, mas não há previsão de anomalia nos próximos dias”, disse.

Ele também apresenta o motivo para as enchentes ocorridas no começo do mês. “O que causou os alagamentos foram os primeiros dias de setembro, incluindo o último dia de agosto, quando choveu bastante. O acumulado da enchente foi de 153 milímetros, isso somando os mais de 30 milímetros do último dia de agosto”, explica Nilson Wolff.

A expectativa é que não ocorram alagamentos nos próximos dias. “O acumulado até terça-feira pode chegar a 30 ou 40 milímetros, não causando nenhum trastorno de alagamentos, até porque a chuva esta pausada, ela não esta muito forte, ela é constante, mas não é muito forte, então a terra consegue absorver bem,” finaliza o climatologista.

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 172
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse