Dia a dia

Ceia de Natal é o momento de confraternizar com os familiares e amigos


  •   
  •  

Região – A ceia de Natal é o momento em que familiares e amigos são reunidos, para jantarem e esquecerem mágoas passadas, talvez represente um dos momentos mais importantes desta época do ano, ficando atrás apenas do próprio Natal, data que representa o nascimento de Jesus Cristo.

Em alguns lugares do mundo, a ceia de Natal ocorre na noite de véspera, dia 24 de dezembro, em outros, na própria data, dia 25, o fato é que independente da data em que ocorre, sempre se pode contar com momentos de alegria, descontração, afeto e muita comida na ceia.



Acredita-se que a sua origem tenha se dado devido ao costume europeu de receber peregrinos e viajantes para noite de Natal para confraternizar.

Os europeus preparavam muita comida, com diferentes pratos.

O costume mais tarde foi se espalhando pelo mundo e se tornando essencial durante as festividades, adaptando-se às culinárias locais de cada país, estado ou região onde ocorre, tendo alguns pratos se tornado indispensáveis para o momento especial.

Pratos de Natal e seus significados

Peru

A tradição de comer peru no Natal foi uma criação norte-americana. A escolha da ave como prato principal se deu pela quantidade do animal no país.

Relatos afirmam que este hábito nasceu em Massachusetts (EUA), no ano de 1621, quando a ave foi servida no Dia de Ação de Graças.

Por ser fácil de engordar, além de possuir preço mais baixo, foi levada pelos espanhóis para a Europa no século XVI, tornando-se símbolo de alimento de grandes ocasiões. Ela representa fartura.

 


Frutas

Frutas são comuns nesta época do ano. Nas ceias de Natal, são utilizadas em pratos para ornamentar e também torná-los mais saborosos. São comuns em outros alimentos, como panetones, e o tradicional arroz à grega.

No Brasil, as frutas são apreciadas especialmente devido às altas temperaturas, por serem alimentos refrescantes e mais leves.

As frutas secas, comuns em diversos pratos atualmente, eram dadas como presentes na solstício de inverno na Roma. Elas representam fartura, riqueza e proteção, de acordo com antigas tradições.

Vinho

O vinho é uma bebida comum, não só nas ceias de Natal, mas também em diversas outras festividades.

Acredita-se que simboliza fertilidade, conhecimento, prazer, iniciação, entre outras coisas, tendo como representante na mitologia grega o deus Dionísio.

Para o cristianismo, o vinho representa o sangue de Jesus Cristo, a poção da vida. É comum textos bíblicos em que a bebida aparece, sendo a mais famosa, a do milagre da transformação da água em vinho. Ele é considerado uma bebida sagrada, e é indispensável na ceia.

 

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 61
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse