Dia a dia Posts em destaque

Araricá estimula crianças com música, sons e alegria



  •   
  •  

Sensações | Projeto aplicado nas escolas de educação infantil contribui no desenvolvimento das crianças e constrói o saber

Araricá – Para estimular o desenvolvimento cognitivo e de motricidade dos bebês de 0 a 3 anos, a Secretaria de Educação iniciou em junho um trabalho diferenciado com as crianças. Uma vez por semana (nas terças, quintas e sexta-feira), a professora, Sônia Reichert, percorre as três escolas de Educação Infantil de Araricá. Durante um turno, a professora ajuda a estimular as sensações do cérebro e auxilia na construção do saber das crianças, usando diferentes tipos de instrumentos (que vão de relógios antigos, materiais sonoros, até chegar na música). “A música é uma portadora de uma grande gama de possibilidades para as crianças absorverem sensações. Com a música faço diversas atividades”, conta a professora Sônia.

A secretária de Educação, Cátia Helena da Silva, conta que a ideia do projeto surgiu após uma conversa com as equipes das escolas de Educação Infantil. “A Sônia veio até nós e sugeriu esta proposta. Isso acaba estimulando a construção cognitiva e motora das crianças”, comenta.

Para trabalhar a motricidade das crianças vale até levar instrumentos domésticos como pegador de massa e prendedores de roupa. “Despertamos a parte sensorial das mãos das crianças, permitindo que elas manuseiem diferentes materiais e texturas. Ainda tem os momentos onde contamos histórias onde eles aprendem a enxergar o começo, o meio e o fim das histórias. Depois incentivamos as crianças a contar a história”, detalha a professora.


Atividade complementa trabalho diário

Além de usar a música e diferentes instrumentos nas atividades, a professora Sônia Reichert trabalha os sons onomatopaicos com o auxílio de instrumentos e figuras que são levadas para a sala de aula. “Mostro o barulho que faz o telefone, o sino e a madeira. Estas atividades que desenvolvo com as crianças complementa o trabalho que os professores desenvolvem diariamente com os pequenos”, pondera Sônia.

Outro grande diferencial das atividades aplicadas pela professora é a técnica de shantala (massagem indiana). “Como sou formada em massoterapia, uso a técnica para melhorar a socialização das crianças. Assim, elas percebem melhor o esquema corporal. A técnica ajuda ainda a melhorar o funcionamento de órgãos da criança, diminuindo cólicas, além de acalmar e relaxar profundamente as crianças” destaca.

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse