Dia a dia Polícia Posts em destaque

Caso do preso que roubou e voltou para dormir no presídio ganha novos desdobramentos em Sapiranga


  •   
  •  

Sapiranga – Um indivíduo que participou ativamente do roubo contra um bazar na Rua Edwin Kuwer, bairro Voo Livre, no dia 9 de janeiro, foi preso na semana passada pela Polícia Civil. Com informações do paradeiro do criminoso, agentes da Polícia Civil foram até o bairro Amaral Ribeiro e localizaram o elemento, que foi identificado pelas próprias vítimas como um dos autores do crime. O criminoso que foi preso na terça-feira (22) possui antecedentes por roubo e também foi identificado por testemunhas do crime.

No dia da ação, três pessoas participaram do roubo (dois homens e uma mulher). Enquanto dois elementos entraram no estabelecimento da vítima, que reagiu e entrou em luta corporal com um dos bandido (que está foragido e teria atirado), a mulher aguardou do lado de fora.



Depoimentos indicam que o homem preso repassou informações privilegiadas para o casal de bandidos – que não são de Sapiranga – e que indicou a dupla quem era a vítima e como deveriam proceder no roubo.

Outro detalhe que a Polícia Civil conseguiu apurar é a participação de cada elemento no crime. A investigação aponta que o elemento que atirou na vítima é namorado da mulher que atuou em sintonia com os dois elementos, inclusive, dirigindo o veículo Gol de sua propriedade usado para fugir do local do crime. O casal possui mandado de prisão autorizado pelo Judiciário sapiranguense. Em um recente cumprimento de mandado de prisão pela Polícia Civil de Sapiranga, os agentes foram até o provável endereço do casal, mas não obtiveram êxito na localização dos elementos. Os policiais acreditam que eles fugiram para uma cidade do interior.


Detalhes da ação criminosa

No início de janeiro, dois homens e uma mulher efetuaram um roubo contra um bazar na Rua Edwin Kuwer, no bairro Voo Livre. Na oportunidade, um dos elementos entrou em luta corporal com o proprietário do bazar, que foi baleado na perna direita. Horas após o crime, como se nada houvesse ocorrido, o indivíduo voltou para o Instituto Penal de São Leopoldo para dormir, pois cumpre pena no regime semiaberto.

Agentes da Delegacia de Sapiranga foram até o Instituto na tentativa de prender o elemento, mas foram barrados pela direção da instituição. Após isso, o homem fugiu do local. Desde então, buscas foram efetuadas e o casal que participou do crime continua foragido.

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 248
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse