Polícia Posts em destaque

Brigada Militar do RS diz ao Repercussão que houve mal entendido



  •   
  •  

Região – Na sexta-feira (6), a Brigada Militar do Vale do Sinos encerrou o grupo de WhatsApp – exclusivo para jornalistas e veículos de imprensa – e informou que não repassaria mais informações sobre ocorrências até o fim do período eleitoral. Imediatamente, o Repercussão entendeu a decisão como inadequada e publicou em seu site o seu posicionamento sobre o caso.

Porém, no início da noite deste domingo (8), a comunicação social da Brigada Militar do Estado contatou o Repercussão e disse que tal medida – a exclusão do grupo de WhatsApp e a impossibilidade de repassar informações aos veículos – foi na verdade, um grande mal entendido.

O que foi solicitado aos responsáveis pelo relacionamento com a imprensa nos batalhões, apenas foi que, temporariamente, fossem encerrados perfis da Brigada Militar no Facebook e opiniões sobre temas políticos controversos fossem evitados.

Até o momento (desde a sexta-feira, 6), nenhuma informação sobre crimes, prisões ou ações da Brigada Militar no Vale do Sinos foi informada aos veículos de imprensa de toda a região. Tampouco, o grupo de WhatsApp foi reconstituído.


Confira a nota enviada ao Repercussão

*Em relação à divulgação de informações sobre ocorrências e fatos policiais, cada Unidade e Comando permanece tendo autonomia para atender às demandas da imprensa, esclarecimentos, divulgação de dados técnicos e objetivos*.

Major Euclides Neto – Chefe da Comunicação Social da BM

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 304
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse