Dia a dia

Suspenso edital lançado em abril para nova área azul em Sapiranga


  •   
  •  

Sapiranga – E a novela “Zona Azul de Sapiranga” continua. No início de maio, a notícia foi de que o edital para contratação da nova operadora havia sido lançado, em 26 de abril. Isso após quase dois meses em análise.

Mas, edital lançado não é sinônimo de processo em vias de ser encerrado. Isso porque, agora, conforme a procuradora geral do Município, Mirian Monteiro, o Edital está suspenso para revisão de planilha tarifária e demais condicionantes legais. Essa verificação será realizada por recomendação da Auditoria Técnica do Tribunal de Contas do Estado.



Uma nova publicação deve ocorrer, porém ainda não há uma data definida. Conforme a procuradora, esse tipo de procedimento é normal em processos de licitação, segundo ela, extremamente concorridos como esse. “Trata-se de controle do órgão de fiscalização, perfeitamente normal. Por ora, está suspenso, e pretendemos republicar o mais rápido possível”, destaca Mirian.

A licitação, como já divulgado anteriormente, irá contar com aumento de vagas em vários locais, nas ruas Carlos Biehl, 28 de Fevereiro e 7 de Setembro, a partir da Padre Réus. Assim como na Getúlio Vargas, entre a 7 e a 28 de fevereiro.

Informações e justificativas

Conforme Mirian Monteiro, procuradora geral do Município, o pedido de revisão de edital de licitação é um processo de controle que acontece normalmente neste tipo de concorrência. A procuradora explica, de forma sucinta, o motivo desta suspensão. “Dentro das atribuições do TCE, foram pedidas informações e algumas justificativas. Assim, o Departamento de Trânsito e Transportes precisa revisar os pontos, que são técnicos. Após, retorna para resposta e novo encaminhamento ao TCE, e posterior publicação”, esclarece.


Nova licitação ainda sem data

O novo projeto também deixa em aberto a possibilidade de compra de ticket nos comércios do Centro ou através de aplicativos para celulares. Serão 372 vagas a mais, com a inclusão de ruas que antes não faziam parte do sistema. Assim, serão 903 vagas de estacionamento rotativo no centro.

O secretário de Planejamento, Habitação, Segurança e Mobilidade de Sapiranga, Carlos Maurício Regla, explica que os pontos que serão revisados são bastante técnicos e que a Administração está trabalhando para a liberação rápida do processo. “Estamos tratando disso para que não tenha problema na licitação. A gente está fazendo o mais rápido possível para que a área azul retorne o quanto antes. Não posso dizer um prazo, porque agora vai ser feita uma nova licitação”, pontua.

A Rek Parking, empresa que assumiu a operação da zona azul em 2012, ficou responsável pela administração do sistema durante 10 anos. Mas, no fim de 2017, a empresa rescindiu o contrato alegando prejuízos financeiros. Desde o dia 1º de janeiro deste ano a cobrança de estacionamento não é mais realizada.

Texto: Sabrina Strack             Fotografia: Arquivo JR

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 176
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse