Dia a dia Entretenimento

Vídeo: Pipoca e o Louco de Nova Hartz se apresentam neste sábado, 1º, em prol da ONG SOS Animais


  •   
  •  

Nova Hartz – Será neste sábado, 1º de setembro, a hilariante apresentação do espetáculo “Pipoca e o Louco de Nova Hartz”. O teatro inicia às  19h30, no Espaço Cultural Pastor Wartenberg, com ingressos a R$10,00 para adultos e R$5,00 para crianças. Toda a renda arrecadada com a venda dos ingressos será revertida para a ONG SOS Animais, do município.  Confira abaixo um convite especial, feito pelo próprio Pipoca!

A peça
O divertido espetáculo conta a história de Pipoca, que trabalha em um hotel e cuja patroa, ao viajar, o deixa responsável pelos cuidados com o local. Nesse meio tempo um louco se hospeda no hotel, e é aí que começa toda a bagunça. A história é hilariante e promete fazer os espectadores rirem do começo ao fim. São, no total, sete atores envolvidos com a peça. O espetáculo, que dura em torno de uma hora, possui uma produção diferenciada, com cenários amplos, relembrando um verdadeiro hotel.



A ONG
A ONG SOS Animais, de Nova Hartz, atua no município desde 2001 como trabalho voluntário. E em 2016 foi registrada como uma associação, com intuito de pleitar recursos para a causa animal.

Os voluntários, cerca de 15 pessoas, são todos de Nova Hartz, que possuem como principal objetivo iniciar com as castrações, visando diminuir a procriação e consequente diminuição dos animais nas ruas. A intenção é também iniciar com trabalhos de conscientização nas escolas e bairros da cidade. “90% dos animais que estão nas ruas possuem donos, falta responsabilidade por parte das pessoas. A principal forma de ajudar é cuidar dos seus animais com mais atenção e respeito”, destaca Denise Domingues de Souza, tesoureira da entidade.


A ONG também está se organizando para fazer os blocos de sócio contribuinte e já possuem cofrinhos espalhados pelo comércio, para aqueles que tiverem interesse em ajudar de outras formas. O trabalho pode ser acompanhado pelo Facebook SOS Animais.

Hoje, a ONG, que não possui uma sede, está com cerca de 10 animais em lar temporário, aguardando por adoção. “Nossa cidade é pequena, pretendemos cessar o abandono e maus tratos com os animais. As pessoas tem que ser mais responsáveis e ter a consciência de que um animal não é objeto que pode ser descartado”, pontuou a voluntária.

 

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 48
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse