Dia a dia Política Posts em destaque

Olivar garante que exercerá um mandato discreto à frente da Câmara de Araricá em 2019


  •   
  •  

Araricá – Aos 43 anos, Olivar Ribeiro dos Santos (MDB) volta a ser o presidente da Câmara de Vereadores. Eleito em 2016 para o seu terceiro mandato (antes exerceu a função de 2004 a 2008 e de 2009 a 2012), Olivar possui contato direto com os arariquenses e as demandas da área da saúde.

Concursado há oito anos como motorista da prefeitura, ele conhece as dificuldades de levar moradores, em alguns casos, com saúde debilitada para o principal centro de especialidades médicas do Estado, que é Porto Alegre. “Vou fazer um mandato que respeitará os aspectos da gestão pública e a boa aplicação do dinheiro do contribuinte. A imagem da Câmara estava muito desgastada e manteremos o foco para resgatar esse prestígio junto aos moradores”, avalia o presidente. Os trabalhos reiniciam em 12 de fevereiro.




Jornal Repercussão – O seu trabalho como presidente terá algum enfoque específico?

Olivar – Vamos procurar seguir o mesmo ritmo dos dois anos anteriores. O legado da Câmara foi de mudar um pouco aquela imagem de que tinha de gastança. O Oséas entrou e segurou os custos, o Pedro Kautzmann segurou e eu quero fazer o mesmo. Não vou esbanjar dinheiro sem necessidade. A Câmara de Vereadores possui suas necessidades. Estamos com uma equipe nova e as vezes é preciso se atualizar. Mas, vou segurar o máximo que puder e quero contribuir muito com o município. Vou repassar o recurso para ser aplicado no que for necessário. E vamos seguir nessa mesma linha. Algumas coisinhas agente muda. Isso é normal e cada presidente tem as suas opções.

Jornal Repercussão – Nos dois últimos anos, cada presidente conseguiu poupar uma quantia de recursos. Pretende adotar qual estratégia?

Olivar – Acredito que repassar os recursos não utilizados em um montante só é uma boa. Às vezes, se consegue fazer mais coisas com o recurso repassado de uma vez. Mas, as dificuldades que possuímos e que o município está passando precisa ser avaliado. Vamos manter um diálogo com o prefeito, pois sempre trabalho com essa ideia. O diálogo é tudo e sempre foi assim. Desde que trabalhava em uma empresa privada sempre fui um cara de bom relacionamento com a chefia, com colegas de trabalho e isso faz a pessoa se sentir bem.

Jornal Repercussão – Qual setor a Prefeitura precisa atuar urgentemente para elevar o padrão de vida dos arariquenses?

Olivar – A primeira coisa é a geração de emprego. Se não tem emprego, nada se resolve. Com acesso ao trabalho o cidadão consegue pagar suas contas, o aluguel e um monte de coisas que é possível acessar se a pessoa tem trabalho. Imagina quem não possui trabalho? Temos que lutar por essas causas.


Jornal Repercussão – Recentemente, foi controverso o projeto da desafetação da área de terras para um empresário do município. Acredita que isso é uma questão política ou há fundamento nas queixas de vereadores?

Olivar – As duas coisas. A Prefeitura possui um jurídico e eles não vão estar enviando de qualquer jeito os projetos. Não enviariam de qualquer jeito, pois sabem que amanhã ou depois poderão ser responsabilizados. Agora, cada vereador entende de uma forma. Colocamos em votação e os vereadores decidiram pela aprovação.

Jornal Repercussão – O que ainda é preciso avançar na área da saúde?

Olivar – A crise em geral na economia provocou algumas dificuldades para Araricá na área. Faltou remédios e ocorreu uma redução na disponibilidade do médico 24 horas, que agora atende até a meia-noite. Com isso, o prefeito vai remanejando conforme dá. Acredito que o povo é carente de ser ouvido. O transporte está bom. Estou 11 anos no transporte e levo o pessoal à Porto Alegre e percebo as grandes dificuldades da área que outros municípios enfrentam. Aqui ninguém fica sem ir à Porto Alegre.

Jornal Repercussão – Consideração final.

Olivar – Sou na minha e não sou polêmico. Não gosto de enganar ninguém, prometer e não cumprir. Ando por tudo que é lado e ninguém cobra algo que tenha feito errado.

Texto e foto: Deivis Luz

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 51
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse