Dia a dia Posts em destaque

Nova Hartz aprova lei para fortalecer atuação do NAE


  •   
  •  

Agora é lei | Núcleo especializado ganha apoio em lei

Nova Hartz – Esta semana, os vereadores aprovaram o projeto de lei que eleva de patamar a atuação do Núcleo de Apoio Especializado (NAE). O NAE é responsável por atender cerca de 200 crianças e adolescentes da rede municipal de ensino e que possuem as mais variadas deficiências, transtornos, adversidades e dificuldades no aprendizado. Com a aprovação da lei, o NAE se transforma em uma política pública amparada em lei e que precisará ser continuada pelos próximos gestores municipais que assumirem a Prefeitura de Nova Hartz.



Para as responsáveis diretas pelo funcionamento do NAE, Claudia Melina Reuter, que é coordenadora do Programa Municipal de Educação Inclusiva e Andreia Fucolo Aires, coordenadora do NAE e do Programa de Educação Inclusiva da Prefeitura, a meta para os próximos meses é lutar pela ampliação do espaço e da estrutura física. “Precisamos de salas e ambientes maiores”, destacam as profissionais. A meta para os próximos meses também é qualificar o atendimento e oferecer atividades de arteterapia. “Qualificando a estrutura, teremos condições de atender mais crianças no NAE”, projetam.

NAE busca ofertar oficinas aos alunos


Claudia e Andreia revelam que através da ampliação da estrutura física do NAE – ação que deve ser avaliada pelo próximo governo – possibilitaria a implantação do contraturno, ofertando às crianças projetos pedagógicos e oficinas, além do atendimento clínico que é ofertado atualmente pelo NAE. “O próximo passo é lutar pelo fortalecimento e ampliação do atendimento. Queremos oferecer oficinas para auxiliar na aprendizagem do aluno assistido pelo NAE. Assim, conseguiremos oferecer mais tranquilidade às famílias que deixam seus filhos conosco”, avaliam as profissionais.

Quer ler o restante desta notícia? Assine a edição impressa do Jornal Repercussão. Ligue para: (51) 3064-2664

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse