Dia a dia

Mamãe que deu à luz em ambulância do SAMU é só felicidade


  •   
  •  

Campo Bom – Uma situação inusitada, ocorrida no último dia 20 de agosto, fez com que Laura dos Santos Bassani, de 21 anos, se lembrasse deste dia para sempre e tivesse uma história a mais para contar aos seus filhos. Grávida de pouco mais de 37 semanas, ela não poderia esperar o que aconteceria naquela segunda-feira, 20.

Como estava próxima das semanas finais de gravidez, foi se deitar sabendo que Maria Clara poderia nascer a qualquer momento.



Por volta das 4h da manhã, Laura, sentindo que estava chegando a hora do nascimento de Maria Clara, decidiu chamar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para levá-la ao hospital Lauro Réus, em Campo Bom. Ela já tinha experiência, afinal, havia passado, dois anos antes, pelo parto de Gianlluca. Entretanto, cada parto é diferente do anterior, e ter dado à luz anteriormente, não poderia prepará-la para o que estava por vir. O SAMU chegou rápido à residência de Laura, no bairro Celeste, e com todo o cuidado necessário, conduziram-na até a ambulância. Deslocando-se rapidamente pela cidade, a técnica de enfermagem Marluce, percebeu que não haveria tempo de chegar ao hospital. Notando que precisaria realizar o parto, pediu ao motorista, Edu Ribas, que lhe auxiliasse. E, após algum tempo, todos puderam conhecer Maria Clara, com seus 2,750kg.

Como é a rotina familiar

Embora Maria Clara tenha decidido nascer durante a madrugada, é uma criança calma, com exceção de quando quer mamar ou precisa ser trocada. Ela e sua mãe, assim como os familiares, estão se adaptando na nova rotina. Até quem antes era o bebê da casa, Gianlluca, de 2 anos, está aceitando bem. “Nós estávamos um pouco apreensivos como ele reagiria, mas foi tranquilo. Ele foi até o hospital nos buscar para vir para casa, achou um pouco estranho, mas em casa já quis conhecer de perto, passar a mão, beijar. Ele aceitou bem, sabe que é parte da família. E que é tão amado por nós quanto ela é”, explica Laura. É difícil dizer quem está mais feliz com a chegada de Maria Clara. “Todos estão muito felizes e só de chamego com a nossa pequena”, conclui.

Laura agradece

“Queridos, não há palavras que resumam melhor o que vocês fizeram por todos nós do que ‘gratidão’, vocês foram os anjos escolhidos por Deus aqui para realizar esse parto, por ter nos salvado, principalmente a Maria Clara que estava com o cordão umbilical enrolado ao pescoço. Vocês foram incríveis mesmo, e sempre estarão marcados no meu/nosso coração e lembranças boas da mente. Quero dizer também que profissionais humanizados como vocês são o que precisamos para que a saúde pública seja sempre aplaudida, e não algo visto como um terror para os pacientes. Aliás, Campo Bom está de parabéns pelo ótimo/excelente trabalho prestado a comunidade campo-bonense. Um forte abraço nosso aos dois, Marluce e Edu Ribas.”

 


 

 

 

 

 

Texto: Taylor Abreu

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 402
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse