Dia a dia Posts em destaque

Cuidado! RS-239 tem radar que multou mais de sete mil motoristas

SENAC Novo Hamburgo

SENAC Novo Hamburgo

  •   
  •  

Pé no freio | KM-32 da rovodia é o que registra maior índice de multas

Região – Entre janeiro a agosto de 2015, o conjunto de pardais instalados na RS-239 (os controladores de velocidade do KM-32 na divisa de Araricá e Sapiranga) multaram 7.046 motoristas. O trecho, que é uma descida em ambos os sentidos, tem o limite de velocidade estabelecido em 80 KM/H.


Guilherme Pilger

O maior índice de autuações foi registrado no sentido Taquara/Campo Bom: foram 4.608 motoristas multados entre janeiro e agosto de 2015 para um fluxo de veículos que ultrapassa os quatro milhões.

No trecho entre Campo Bom e Nova Hartz (que abrange cerca de 21 quilômetros de rodovia), existem cinco controladores de velocidade – todos praticamente concentrados em Sapiranga. O levantamento foi repassado pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER) no início do mês. O DAER lembra que a instalação de novos pardais depende de estudos da EGR.

Jornal Repercussão noticiou diminuição da fiscalização na RS-239

No início de 2015, o Jornal Repercussão publicou uma reportagem sobre a queda de 60% dos pardais da RS-239. Até 2010, a RS-239, entre a Vila Brito, em Campo Bom e a empresa Metalsinos, em Araricá, contava com nove controladores de velocidade em um trecho de pouco mais de dez quilômetros.

Associado ao controle de velocidade na rodovia e à falta de investimentos na RS-239, estão os acidentes. Conforme o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), entre o KM-17, em Campo Bom, e o KM-37, em Nova Hartz, foram registrados de janeiro a setembro, 234 acidentes, com cinco vítimas fatais e 161 feridos, além de 428 veículos envolvidos. No total, ao longo de toda a RS-239, o CRBM registrou 16 mortes em 2015.

Dados do Detran/RS revelam que entre 2011 e 2014, a RS-239 registrou 140 mortes na rodovia, que liga o Vale do Sinos ao Vale do Paranhana, Serra e Litoral Norte.

Multas das lombadas eletrônicas:

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse