Geral Posts em destaque

Jornal Repercussão utilizado na sala de aula como uma ferramenta pedagógica



  •   
  •  

Região – Uma das conquistas do Jornal Repercussão nestes cinco anos de atuação é, sem dúvida nenhuma o crescimento e reconhecimento do projeto Repercussão na Escola.

Criado em 2014, com o objetivo que estudantes acompanhassem semanalmente notícias de suas cidades e para promover o espírito de cidadania dos mesmos frente aos problemas locais, o projeto já atendeu em quatro anos mais de seis mil estudantes de Sapiranga, Araricá e Nova Hartz.

Guilherme Pilger

No Repercussão na Escola, os alunos envolvidos no projeto recebem toda a semana um exemplar do jornal para levar para casa e ainda participam de oficinas.

Fique por dentro

O projeto Repercussão na Escola ainda estimula os pais dos alunos a estarem inteirados em assuntos que influenciam no próprio cotidiano deles, uma vez que os alunos podem levar os exemplares para suas casas.


Durante as aulas, o Jornal Repercussão já foi utilizado em muitas disciplinas como português e até mesmo matemática.

Os estudantes já fizeram o seu próprio jornal, se baseando no Repercussão. Entre os nomes mais variados das publicações, um deles era “Repercussão Júnior”.

Parte integrante do projeto, a Copa Repercussão na Escola (saiba mais na página 14) distribui medalhas e lindos troféus para as equipes vencedoras, tanto na modalidade masculina quanto feminina.

Em 2014, palestras sobre drogadição foram realizadas em parceria com a Brigada Militar para os alunos participantes do projeto Repercussão na Escola.

Reportagens sobre o projeto são veiculadas pelo Jornal Repercussão durante todo o ano, como forma de prestação de contas para as Secretarias Municipais de Educação, que contratam o projeto, e para a comunidade.

O projeto Repercussão na Escola está registrado no Ministério da Cultura e na Fundação Biblioteca Nacional. Para obter o número de registro, o Repercussão teve que passar por várias etapas de documentação.

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse