Dia a dia Polícia Política Posts em destaque

Consepro mobiliza empresários para erguer a nova delegacia em Nova Hartz


  •   
  •  

Nova Hartz – Desde 2017, o Consepro tem unificado esforços com empresários locais e junto com a Prefeitura e Câmara de Vereadores, busca viabilizar a construção de uma nova delegacia para a Polícia Civil. Há mais de 20 anos, os servidores públicos da segurança atuam em uma casa alugada, que ao longo dos anos, foi apresentando sinais de esgotamento. Tal cenário, levou a atual estrutura da Delegacia da Polícia Civil de Nova Hartz figurar, sem dúvidas, entre as que possuem uma estrutura distante da real necessidade que os policiais civis – e a população – merecem e necessitam.

No momento, engenheiros da Prefeitura atuam na finalização do projeto arquitetônico que está em andamento junto à Secretaria de Planejamento e Captação de Recursos. Integrantes do Consepro destacam que a parceria com a Prefeitura, Câmara de Vereadores e Polícia Civil foi fundamental para a proposta de construção de um novo prédio evoluir. A direção do Consepro entende as carências estruturais enfrentadas pelos policiais civis, e ressalta que a Delegacia de Nova Hartz está aberta até hoje, muito em virtude dos empresários, que por 22 anos têm pago o aluguel do espaço.



A intenção das lideranças e empresários locais é iniciar as obras imediatamente e concluí-las até o fim de 2019.

O prédio terá 250 metros quadrados e ficará ao lado da Brigada Militar, na Rua Pedro Álvares Cabral, no bairro Centro.

O prefeito de Nova Hartz, Flavio Jost, reforçou que a obra é de fundamental importância, pois os atuais servidores estão em instalações bastante precárias. “Esta é mais uma iniciativa público/privada e que certamente propiciará uma maior segurança aos servidores e à comunidade que necessita do espaço”, cita Jost.

 

 

 


 

 

Delegado de Nova Hartz avalia

O delegado responsável pela Delegacia de Nova Hartz, Fernando Pires Branco, liderou junto com o Consepro de Sapiranga, uma completa reformulação institucional e estrutural na Polícia Civil sapiranguense. E, agora, novamente, é um dos pilares da reorganização de outra DP, a de Nova Hartz. “A importância de revigorar a DP de Nova Hartz é muito grande, tendo em vista que a Polícia Civil não tem um prédio adequado para o seu funcionamento. Com o novo prédio, que foi projetado pensando não somente o presente, mas também o futuro, poderá se pensar numa expansão da estrutura e dos serviços da Polícia Civil em Nova Hartz, como, por exemplo, algum dia se atender um anseio da população por um plantão permanente. Dessa forma pensamos que não apenas os servidores contarão com um lugar adequado para o desempenho das suas funções, mas a população terá um espaço com a qualidade e o conforto que merece para ser atendida. Pensamos que haverá uma qualificação significativa dos nossos serviços e da segurança pública como um todo no município”, avalia Fernando Pires Branco, que é o delegado da Polícia Civil de Sapiranga, Araricá e Nova Hartz.

O novo prédio da DP de Nova Hartz contará com sala para o delegado, quatro salas para cartórios, sala para registro de ocorrências isolada do público, sala para acolhimento de grupos vulneráveis (mulheres e crianças vítimas de violência), duas celas, sala de reconhecimento e uma sala para a equipe de invesstigação. Todo o prédio seguirá a legislação de acessibilidade e a meta é tornar a nova DP atrativa, também, do ponto de vista para o bom desenvolvimento do trabalho dos novos policiais civis. “Serão R$ 180.000,00 mil que serão repassados para a obra, uma vez aprovado pela Câmara de Vereadores, através do Consepro e o restante, inclusive mobiliário, será comprado pela iniciativa privada”, disse Jost.

Texto e fotos: Deiviz Luz

Modelo 3D: Reprodução

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 115
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse