Geral Posts em destaque

Vai e vem de semáforos continua em Campo Bom


  •   
  •  

Campo Bom – Um dos problemas mais recorrentes no trânsito de Campo Bom é a falta de cronometragem nos semáforos espalhados pela cidade. Oriundos de um contrato mal sucedido com a empresa Signasul, os semáforos apresentam diversos defeitos em seus cronômetros.

O secretário de Obras, Serviços Urbanos e Trânsito, Patrick Ruppenthal (foto), explicou que a maior preocupação da Prefeitura, atualmente, são os semáforos. “É o que a população mais nos cobra e a nossa prioridade é essa. Caso não consigamos resolver de forma amigável, iremos para a esfera judicial”, projeta Patrick.



Em uma avaliação do contrato feito, em 2015, com a empresa Signasul, Patrick classificou de “péssimo o contrato estabelecido com a empresa”. “Mesmo assim, a empresa se propôs a fazer a pintura das faixas. Não seria o mesmo sistema”, explicou.

Instalação de placas em fase de licitação

Sobre a falta de placas de identificação nas esquinas das ruas da cidade, a Prefeitura informa que o município está com uma licitação em andamento para uma parceria com a iniciativa privada, para que haja a manutenção do serviço. A parceria consistirá em uma concessão do espaço. A empresa que vencer a licitação coloca a placa e explora o serviço de propaganda.

Algo semelhante aconteceu em Sapiranga, onde a empresa responsável possuía a concessão do serviço e explorava o espaço para anúncios. Com o fim da parceria na Cidade das Rosas, a Prefeitura iniciou um trabalho de colocação destas placas.


Manutenção das faixas e placas são baratas

Segundo informações da Prefeitura, o custo para a colocação de uma placa de identificação de rua, completa, é de R$200,00. Já para a pintura de uma faixa de pedestre, o valor médio é de R$250,00. Não há a estimativa de quanto será gasto para a adequação em todo o município. “O contrato feito em 2015 para colocação de novas faixas foi um total insucesso, o que gerou um déficit muito grande, que vem sendo vencido aos poucos” – comenta o secretário de Obras.

O serviço de pintura de faixas de pedestres é realizado diariamente e, segundo a Prefeitura, todos os dias surgem novas faixas na cidade. “Faixas que necessitam de pintura urgente, nós mesmos estamos pintando. Mas, se for o caso, vamos cobrar ressarcimento da Signasul na justiça”, cita.

Relatos de problemas na sinalização do município podem ser alertados no telefone: 3597-1202.

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse