Geral

A retomada da Festa e a entrada gratuita


  •   
  •  

Sapiranga – O ano era 1997 e Sapiranga não convivia com a Festa das Rosas há dez anos. Naquela época, o então prefeito, Renato Molling, e sua equipe, buscavam retomar a tradição que havia rendido à Sapiranga o título de Cidade das Rosas. “É sempre importante lembrar disso e dar o mérito ao seu esforço por valorizar este evento que tanto representa para o turismo e a economia do Município”, destaca a prefeita, Corinha Molling.

No entendimento de Renato Molling, a Festa das Rosas é a oportunidade da família sapiranguense e de toda região poder assistir bons shows de forma gratuita. “Muitas vezes, as pessoas não têm acesso a shows grandes, com artistas consagrados e badalados. É um custo alto entre R$ 80,00 a R$ 100,00. Na Festa, é possível assistir aos shows de forma gratuita. Além disso, se aproveita de toda uma infraestrutura para se divertir com as crianças e toda a família”, contextualiza Renato.



Além de ser o principal interlocutor do Município junto ao Ministério do Turismo, em Brasília, Renato explica que tem atuado para ajudar o Município a contar com bons equipamentos de diversão e lazer no Parque do Imigrante – que é o tradicional local da Festa.

Pistas de skate e nova quadra esportiva


“Temos articulado recursos para melhorar a infraestrutura do parque, que evoluiu bastante. Conseguimos recursos nos ministérios que possuem e onde há. Temos a consciência de que há necessidades em todas as áreas, mas precisamos buscar o recurso onde ele está disponível. E temos sempre feito isso”, destaca o deputado.

Visitação ao Morro Ferrabraz
Questionado sobre a lei que prevê um horário de visitação ao Morro Ferrabraz, Renato acredita ser uma boa medida. “O tema foi debatido pela comunidade e respeito o que foi decidido. Se não tiver segurança suficiente, tem que se fazer algo”, comenta Molling.

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse