Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Menos secretarias e menos diárias
Vereadores de Araricá querem a redução de secretarias no município. Ao todo são 14 pastas. Projeto de indicação pede que o prefeito, Sergio Machado (PMDB), reduza para sete secretarias. Afirmam que o município economizaria R$600 mil por ano nisso. Até aí, ok. Porém, na minha opinião, os parlamentares devem se preocupar primeiramente em diminuir os gastos absurdos com diárias na própria Câmara, que já chegam aos R$165 mil nesta legislatura! Após isso,  daí sim, terão “moral” para ir cobrar de Machado.
CPI das facilidades das guias de ITBI
Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), criada na Câmara de Vereadores de Sapiranga para apurar supostas denúncias de recebimento de propina na Prefeitura de Sapiranga para a liberação facilitada de guias do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (IBTI), foi finalizada. Presidente da CPI, vereador Nico (SDD), disse que as denúncias de Bruna Blos (PP) foram evasivas, sem quaisquer provas das irregularidades. “A vereadora ainda causou danos morais à Prefeitura e aos servidores que fazem este trabalho”, disse Nico. Já Bruna, frisou que somente recebeu as denúncias e repassou ao plenário, não sendo ela a autora das acusações. 
Arlem lamenta
Prefeito de Nova Hartz, Arlem Tasso (PT), utilizou seu perfil em rede social da internet para lamentar mais uma casa destruída pelo fogo na cidade. Nova Hartz não possui equipamentos e nem uma sede do Corpo de Bombeiros, ficando “refém” do serviço prestado por outros municípios, como Sapiranga. O prefeito esteve reunido mais uma vez na semana passada no Governo do Estado cobrando providências.   
Bruna e o PP
A informação que você leu nesta coluna na semana passada, falando que a vereadora sapiranguense Bruna Blos “nem é mais tão PP assim e deve mudar  de sigla em breve”, é apenas uma opinião deste colunista. Em nenhum momento as palavras saíram da boca de Bruna para este espaço opinativo.
Campo Bom
Em Campo Bom, Alexandre Hoffmeister (PP) é o nome mais cotado para ser o presidente da Câmara em 2015.
Não confere
Vereador de Araricá, Paulo Foss (PP), disse na sessão da Câmara que uma das maiores empresas do município, a Plastibordo, demitirá funcionários. Mas, de acordo com os proprietários da empresa, a informação não procede.  
Vítimas de alagamentos
Vereador de Nova Hartz, Cléo Hendges (PROS), sugere ao prefeito Arlem Tasso que seja concedida a isenção de pagamento de parcela do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para proprietários de imóveis vítimas de enchentes e alagamentos na cidade.
Pedidos de informações
Artigo do Regimento Interno da Câmara de Sapiranga foi alterado e agora não há mais necessidade dos pedidos de informações serem aprovados em plenário. A Mesa da Casa ficará responsável por repassar os pedidos à Prefeitura. Foram contrários à proposta Aquelino, João Moraes, Dico e Gemêos (todos PT) e Bruna Blos (PP).
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Base não se entende…
A base governista na Câmara de Sapiranga parece não se entender. É comum ver vereadores do PP, PMDB e PTB olhando um para o outro na hora de votações, tentando adivinharem como devem votar. E, com isso, muitas vezes se atrapalham, indo uns para um lado e os demais para outro. Nesta semana, Bruna Blos (que nem é mais tão progressista assim e deve mudar de sigla em breve) ironizou o fato. Foi repreendida por Rubinho (PP), que cobrou de Bruna que vá em secretarias cobrar ações e não fique fazendo pedidos protocolados só para “aparecer em jornal”.  
Eles reconhecem…
Assunto publicado no Repercussão de semana passada, com o título “Colapso no transporte público em Nova Hartz”, foi comentado por vereadores nova-hartzenses. Membro da base governista, Valentin (PT), reconhece que essa é uma das carências na cidade e frisa que vai lutar com os colegas e a administração por melhorias no sistema. Como é bom quando existem políticos que, ao invés de criticarem jornais, aceitam a crítica construtiva.
Na hora “H”
A eleição para a Presidência da Câmara de Vereadores de Araricá de 2015 pode ser decidida aos “48 minutos do segundo tempo”. Rumores dão conta de que não é descartada a hipótese de uma chapa encabeçada por Sérgio Arruda (PP). No entanto, este colunista acredita que na hora “H’’ o vencedor será Gilberto (PROS).
Reconhecimento
Recebemos nesta semana o troféu bronze do programa estadual Q Comércio 2014, desenvolvido pelo SEBRAE/RS e pela FCDL/RS. Fruto de uma série de técnicas de gestão aplicadas e a busca contínua pela Qualidade. Agradecemos a todos assinantes, leitores e empresas que apostam em nosso trabalho diferenciado na região. Vamos continuar lutando por esse jornalismo imparcial e qualificado, que você acompanha desde o início de 2013 no Repercussão.   
Agora vai!
A esperada inauguração da Unidade Básica de Saúde do bairro Liberdade, em Nova Hartz, finalmente foi agendada. A obra, conquistada pelo ex-prefeito, Antônio Elson Rosa de Souza, iniciou em 2012, mas somente agora está pronta para entrar em funcionamento. Os moradores agradecem.
Demandas serão realizadas
Pedidos do vereador Gelson (PROS), de Araricá, ao prefeito Sergio Machado (PMDB), devem ser realizados em breve. Entre as solicitações, Gelson pediu que fossem criadas vagas de estacionamento para veículos de transporte escolar em frente a todas escolas e creches do município, servindo de embarque e desembarque. O prefeito garante que as placas já estão compradas e que a Prefeitura apenas está fazendo o suporte metálico antes de colocá-las. 
Em sintonia…
Vice-prefeito de Araricá, Edemar da Cunha (PSDB, foto), que é cogitado para concorrer à Prefeitura em 2016, frisa que é cedo para falar no assunto. Cunha garante estar em sintonia com Sergio Machado, atual prefeito.
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Políticos andam de carro.
Moradores de ônibus!
Um dos graves problemas que os moradores de Nova Hartz enfrentam há décadas é a ausência de um sistema de transporte público decente. Nenhum governo (seja do PMDB, PDT ou do PT) enfrentou o problema de frente no Município. Todos taparam o problema com uma peneira. E a consequência de tanto descaso é o atual serviço oferecido aos cidadãos de Nova Hartz. Tem motorista de ônibus que trabalha até de chinelo. 
Passos lentos também em Sapiranga
Mas a ausência de um sistema de transporte público eficiente não é um problema exclusivo de Nova Hartz. Em Sapiranga, onde PMDB, PT e PP governam há mais de 30 anos, também há inúmeros problemas. Pelo menos, estudos foram realizados, mas a licitação para escolher o novo concessionário, está travada e não há previsão para o problema ser resolvido. Enquanto isso, quem sofre é o cidadão que anda de ônibus, claro!

Filas de bancos
Vereador João Moraes (PT, foto), de Sapiranga, pede que a Prefeitura faça uma rigorosa fiscalização nas instituições bancárias da cidade, visando cobrar o cumprimento de leis municipais que estipulam o tempo de espera do cidadão em filas. “As pessoas chegam a esperar horas em filas, enquanto deveriam ser atendidas em 20 minutos”, frisou.
Nem tão certo…
Um vereador de Sapiranga disse a este colunista que a eleição de Vilmar Machado (PTB) para a presidência da Câmara em 2016 não está “tão certa assim”. O vereador anônimo disse que pode ser criada uma chapa de um “blocão oposicionista”.
Menos em diárias
Vereador de Araricá, Flávio Maciel (PMDB), voltou a cobrar na tribuna da Câmara nesta semana que sejam diminuídos os valores em diárias para os vereadores da cidade.
Pode ter problemas em 2015 e 2016
Prefeito de Araricá, Sergio Machado (PMDB, foto), pode ter problemas nos próximos dois anos para passar projetos fundamentais pela Câmara de Vereadores. Bancada do PROS, composta por Max, Gelson e Gilberto, parece ter se colocado novamente como oposicionista. Sobraram do lado do prefeito os governistas Adriano (PMDB) e Clóvis (PSDB).   
Não foi convidada e rebateu…
A relação entre a prefeita de Sapiranga, Corinha Molling (PP), e a vereadora Bruna Blos (PP), é cada vez pior. No último final de semana, Bruna utilizou sua rede social para reclamar que não havia sido convidada por Corinha para a abertura oficial da 31ª Festa das Rosas.
Reta final da reforma em Campo Bom
Vereador e presidente da Câmara, Marinho de Moura (PPS) está contando nos dedos os dias que faltam para os vereadores voltarem a utilizar o Plenário principal da Casa. Único ar-condicionado do Plenarinho não dá conta de amenizar o calor dos moradores e assessores que acompanham os trabalhos semanais.
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Hora de arregaçar as mangas
A presidente reeleita, Dilma Rousseff (PT), não precisa de tempo para dar início às séries de transformações que o País necessita. O seu partido está no governo há 12 anos e as reformas reivindicadas pelos setores produtivos e políticos são pedidos antigos e estão, na sua maioria, aguardando pela apreciação de Dilma ou dos deputados federais e senadores. Não é hora de debate ou discussões. O momento pede ações contundentes e resolutivas.
As diárias e a Repercussão
Enquanto Sandro Seixas (PP) elogiou a matéria de divulgação do uso das diárias na Câmara de Sapiranga feita pelo Repercussão, o vereador Beto Goertet (PP) não gostou da publicação e criticou o veículo. Beto disse que em 4 mandatos na Câmara articulou mais de 8 mil consultas e cirurgias, tendo pago do seu bolso por inúmeras. A fala de Beto não pegou bem e já rola nos corredores da Câmara comentários de pedido de cassação do vereador. Sobre a matéria das diárias, Nico (SDD) frisou que não tem nada a esconder e que o Repercussão apenas informou a população sobre o que está no Portal da Transparência.
Diárias em Campo Bom
Vereadores de Sapiranga deveriam observar exemplo de seus colegas de Campo Bom. Até a presente data, apenas Marinho de Moura (PPS) e Maximiliano de Souza (PMDB) utilizaram diárias para missões oficiais à São Paulo (Francal), além da Marcha dos Prefeitos, em Brasília. Câmara campo-bonense ainda sente os reflexos da Farra das Diárias.
Não vai mais…
O atual presidente da Câmara de Vereadores de Araricá e vereador de primeiro mandato, Gelson (PROS, foto) admite com exclusividade para esta coluna: não vai mais concorrer em eleições futuras. Em outras palavras, Gelson diz que se “desgostou da política”. No pleito de 2012, ele foi o segundo mais votado de Araricá, com 199 votos.
Merenda Escolar em Araricá
Vereador governista, Adriano Sperb (PMDB, foto) criticou o oposicionista, Paulo Foss (PP). O progressista havia dito na semana passada que a merenda escolar do município estava um caos. Da tribuna, Sperb criticou: “O vereador mentiu. Temos que ser coerentes e uma das coisas que não se pode falar mal é da merenda escolar de Araricá, que está excelente”, disse. Este colunista também foi averiguar a situação junto às nutricionistas da cidade e constatou que realmente não existe nenhum problema na merenda de escolas municipais.
Abacaxi logo no início…
Tudo leva a crer, conforme já adiantado por esta coluna, que Vilmar Machado (PTB) será o presidente da Câmara de Sapiranga em 2015. E ele terá um abacaxi para descascar de cara: a volta do 2º assessor para cada vereador, que deve ser reivindicada fortemente pelos parlamentares em janeiro.
Valentin em Nova Hartz
Na Câmara de Nova Hartz, a presidência em 2015 deve ficar com Valentin (PT). Ele já tem o apoio de Benedito e Adriano (ambos PT), Jamir (PSB) e Willian (PDT).
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse



  •   
  •  

Brigas de vaidades…
O que ficou claro na votação de projeto que limitava e reduzia valores de diárias para os vereadores de Sapiranga é que a maioria dos parlamentares votou contra apenas por considerarem oportunismo político de Guto (PMDB) em colocar o projeto só no final do ano para votação. As brigas de vaidades são grandes na Câmara de Sapiranga e não é de hoje. Pensar em melhorias para a cidade, que é bom, fica em segundo plano para vários vereadores. E depois ainda acham ruim quando em época de eleições a população não quer nem ouvir falar em política. 
Mudanças? Nem tanto… 
A primeira sessão na Câmara de Vereadores de Campo Bom, depois de iniciada as reformas, transcorreu sem problemas. O espaço acanhado do Plenarinho não impediu os debates inflamados de oposicionistas e governistas, especialmente, sobre as eleições de domingo. Isso comprova que para fazer política não é necessário luxo ou qualquer aparato tecnológico, que claro, auxilia. Por exemplo, os notebooks dos vereadores foram substituídos pela velha e boa prancheta, papel branco e caneta.
“Chororô”
Líder da bancada do PT em Sapiranga, vereador João Moraes disse que a publicação nesta coluna na semana passada, levantando hipótese do PT ir de chapa pura (prefeito e vice) nas próximas eleições municipais, causou repercussão entre várias lideranças. Moraes disse que outros partidos, que sonham em compor a chapa com o PT, já ligaram para ele “chorando”, pois não gostaram de saber da possibilidade. O petista, no entanto, diz que a sigla está focada em eleger Tarso e Dilma.
Voltaram atrás…
Após diversas reclamações da população, Prefeitura de Sapiranga e Amirosas decidiram voltar atrás e baixar os valores dos ingressos da 31ª Festa das Rosas. Antes tarde do que nunca. 
Ponto facultativo
Flávio Maciel (PMDB), de Araricá, quer que a Secretaria Municipal da Educação analise para o próximo ano o calendário escolar, para que seja oferecido o ponto facultativo aos professores da cidade no dia 15 de outubro, dia em que é comemorado o Dia do Professor.
Araricá, onde tudo pode acontecer
Se tem uma cidade onde se pode utilizar a frase “onde tudo pode acontecer”, essa é Araricá na área política. Impressionante as reviravoltas e novas hipóteses que são levantadas a cada semana pelos dirigentes partidários para as eleições de 2016. Um exemplo claro ocorreu no pleito eleitoral de 2012, quando o PSDB, do vice-prefeito Edemar da Cunha e do vereador Clóvis, estava fechado até o último momento com o PP e, de repente, decidiu apoiar o PMDB.  
Já de olho em melhorias para 2015
Deputado estadual reeleito, Fixinha (PP, foto), já está a todo vapor no pós-eleições. Encaminhou uma série de emendas ao orçamento do RS em 2015, entre elas R$1 milhão para aquisição de equipamentos e melhorias no Hospital Sapiranga, R$5 milhões para a construção da RS-010, além de verbas para a elaboração dos projetos do Hospital Regional e  o asfaltamento da “Estrada Velha”, que interliga Sapiranga, Araricá e Nova Hartz.
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Resultado influenciará PT
O resultado do segundo turno das eleições para governador do RS pode definir algumas coisas também na região. Uma delas é: se Tarso Genro (PT) virar o jogo contra Sartori (PMDB), o ex-prefeito de Sapiranga, Nelson Spolaor (PT), suplente de deputado estadual, pode assumir cadeira na Assembleia Legislativa ou então ser secretário de Estado. Isso poderia abrir caminho para o petista Egon Kirchheim ser o candidato da sigla para a Prefeitura em 2016.
Pode haver união…
Em caso de derrota de Tarso Genro, também já é ventilada por alguns petistas da cidade a hipótese de Spolaor e Egon se unirem em 2016. Um seria o vice do outro, em uma “chapa pura” do partido, visando derrubar o PP na Cidade das Rosas. Agora, resta saber quem abriria mão nesta situação e aceitaria ser o vice. Egon Kirchheim frisou para este colunista nesta semana que o seu nome está à disposição da sigla há um bom tempo para concorrer a prefeito. “Tenho clareza que precisamos ter um acordo interno. Divididos já perdemos uma eleição. Mas, afirmo que se o Spolaor quiser ser o meu vice, aceito na hora!”, ironizou Egon.
Luxo em reforma
Será de laminado (um dos acabamentos mais caros da construção civil) o futuro piso da Câmara de Vereadores de Campo Bom. A medida, segundo o presidente, Marinho (PPS), beneficiará diversos moradores e visitantes alérgicos, que logo que entram no Plenário revestido de carpete, começam a espirrar. Ex-presidente, Max de Souza (PMDB), tentou reforma em 2013, mas não conseguiu.
PMDB
O PMDB de Sapiranga está mobilizado para eleger José Ivo Sartori no segundo turno. Diversas atividades já foram realizadas na cidade. Uma mobilização geral deve acontecer no dia 25 de outubro (sábado), um dia antes das eleições.
Blocão
Partidos de oposição ao PT em Nova Hartz, como o PMDB, PROS e o PSC, podem articular uma grande união na tentativa de ganhar a Prefeitura nas eleições de 2016.
Criatividade no agradecimento
O deputado estadual reeleito Lucas Redecker (PSDB) inovou na forma de agradecer ao eleitor pelos votos recebidos. No lugar de suas placas de campanha, Redecker deixou sua mensagem de agradecimento aos eleitores (foto). Ele foi eleito o segundo deputado mais votado para a Assembleia. Em Sapiranga, por exemplo, saltou de 592 votos em 2010 para 2.932 em 2014. Neste ano, Redecker teve o apoio de Bruna Blos (PP) na cidade.     
Se ninguém der pra trás…
Está tudo acertado para Gilberto Elsenbach (PROS, foto) ser o presidente da Câmara de Araricá em 2015. O vereador já conta com o apoio de seus colegas de partido, Gelson e Max, e ainda de Ari e Paulo Foss (ambos PP), totalizando a maioria (5 votos). Aliás, isso já seria uma aproximação das duas siglas para concorrerem juntas à Prefeitura da cidade em 2016?
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

A velha política
E as velhas práticas continuam. Mais uma vez, as ruas ficaram sujas com os milhares “santinhos” dos candidatos no dia da votação. Equipes das Prefeituras da região montaram verdadeiros mutirões para limpar a sujeira deixada por praticamente todos os partidos e candidatos.
Spolaor se credencia novamente
Se tem uma coisa que nem os partidos coligados na Prefeitura de Sapiranga podem negar é a força com que o oposicionista Nelson Spolaor (PT) saiu deste pleito eleitoral. O ex-prefeito fez no município 35,88% dos votos válidos para o cargo de deputado estadual. Importante ressaltar que os 16.195 votos de Spolaor foram conquistados contra outros 700 concorrentes a deputado estadual. 
Sem todos os apoios
Spolaor também não teve o apoio de pelo menos dois vereadores do partido e de outra importante liderança da sigla em Sapiranga, Egon Kirchheim. O PT, portanto, virá com tudo para tentar retomar a Prefeitura em 2016. Porém, antes disso, Egon e Spolaor devem decidir dentro do partido quem será o candidato. O debate já começou acalorado no facebook de Egon nesta semana. 
Não vão entregar de graça
O que impressionou na Cidade das Rosas foi a queda na votação do deputado federal Renato Molling (PP), de 21 mil para cerca de 14 mil votos, reflexo bem provável do primeiro ano de governo de sua esposa, Corinha Molling (PP), a frente da cidade, e da concorrência ao cargo com Giovani Feltes (PMDB). Lideranças progressistas de Sapiranga, no entanto, garantem que o período de Corinha na Prefeitura foi para colocar a “casa em ordem”. Os progressistas destacam que vem muita obra por aí e citam que Sapiranga será transformada nos próximos dois anos.
Briga boa até o final
Até os 48 minutos do segundo tempo, os progressistas Fixinha e Marcel Van Hattem (de Dois Irmãos), disputavam a última vaga do PP na Assembleia Legislativa. Por 351 votos, Fixinha levou a melhor e vai para seu sexto mandato como deputado estadual. Já Marcel, tem chances de assumir uma vaga na Assembleia caso Sartori vença e o PP vire governista, colocando secretários no governo. Há ainda a possibilidade de um deputado progressista eleito assumir vaga no Tribunal de Contas.
Feltes x Molling
Em âmbito regional, ninguém saiu mais fortalecido das eleições 2014 do que o ex-prefeito de Campo Bom, Giovani Feltes (PMDB). Em um comparativo com o atual deputado, Renato Molling (PP), a liderança do PMDB foi o preferido do eleitorado em Campo Bom e Nova Hartz. Já Molling foi o mais votado em Sapiranga e Araricá. Entretanto, nestes dois municípios, Feltes fez sombra para Renato Molling. 
Ozéias, Victor e Selistre dividem votos
Com Ozéias Cardoso (PMDB), Victor Souza (PC do B) e Vicente Selistre (PSB), na disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa, os votos acabaram fragmentados e deixaram os três partidos com a sensação de terem fracassado. Pior ainda para o PMDB de Campo Bom, que parece ter investido pesado na campanha de Ozéias. Da tribuna da Câmara de Vereadores, Ozéias e Victor avaliaram positivamente a caminhada. 
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Três votos para Dilma Rousseff
Com milhões de reais disponíveis para os prefeitos apresentarem projetos e obterem recursos para a realização de obras nos municípios, está fácil adivinhar em quem os prefeitos Faisal Karam, Sergio Machado (ambos do PMDB) e Arlem Tasso (PT), votarão nas eleições de domingo. Com aliança consolidada a nível nacional, PMDB e PT são aliados desde o governo do ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva.
Para confundir o eleitor
As eleições em Sapiranga, no entanto, confundem o eleitor. Mesmo com o PP integrando a chapa da atual presidente, Dilma Rousseff, aqui pelo Rio Grande do Sul os progressistas apoiam Aécio Neves (PSDB). Nos comitês de Renato Molling e Fixinha (ambos do PP), os cartazes demonstram o apoio deles para o candidato tucano. Aécio ainda conta com a força da prefeita de Sapiranga, Corinha Molling, e do vice-prefeito de Campo Bom, Marcos Riegel.
Até de avião
Na busca pelo voto, candidato a deputado estadual, Ozéias Cardoso (PMDB), decidiu levar a sua campanha para o ar. Avião monomotor sobrevoou Campo Bom durante os últimos dias, com mensagem de apoio gravada pelo prefeito, Faisal Karam, pedindo voto ao atual vereador. Ação incomum demonstra o poderio econômico do PMDB frente de outras candidaturas na cidade.
Será?
Candidato a deputado estadual da região, que pediu para não ter o nome revelado, disse a este colunista que se fizer menos do que dez mil votos em seu principal colégio eleitoral irá largar a política. Será?
Agradecimento
Agradecemos aos candidatos a deputado federal e estadual de vários partidos, que optaram por veicular publicidades de suas campanhas no Repercussão, o que comprova a imparcialidade e excelência no trabalho prestado. 
Oftalmo para a comunidade
Vereador Max (PROS), de Araricá, solicita que a Prefeitura, por meio da Secretaria da Saúde, firme convênio com um especialista em Oftalmologia ou com Clínica da Visão, para atender a grande demanda da comunidade.
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Jornal Repercussão valorizado
Nenhum outro jornal semanal da região recebeu tantos candidatos para as eleições de outubro quanto o Jornal Repercussão. Até esta semana, passaram pela redação, em Sapiranga, pelo menos 12 candidatos aos cargos de deputado estadual e federal. E de todos os partidos. Sem contar que o Repercussão foi o único que entrevistou os candidatos a governador, Tarso Genro (PT), Ana Amélia Lemos (PP) e José Ivo Sartori (PMDB). Além destes nomes, ainda ouvimos os candidatos ao Senado, Olívio Dutra (PT) e Lasier Martins (PDT). Também estivemos no debate com os candidatos a governador, organizado pela Feevale e pela AMVRS. Uma bela prova de isenção jornalística em um período crucial para a democracia.
Doações de campanha
Está no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) os  dados de todos os doadores de campanha dos candidatos que disputam as eleições de outubro. É só acessar e conferir. Chama atenção de quem avalia quem são os doadores de campanha, a relação tênue (para não dizer outra coisa) entre políticos e empreiteiras/entidades. Maior empresa de pavimentação do Vale do Sinos é uma das principais doadoras do candidato, Tarcísio Zimmermann (PT), por exemplo. Esta empreiteira, aliás, é uma das principais doadoras, também, de outros candidatos.
Missão
O ano de 2014 ainda nem acabou, mas Guto (PMDB), de Sapiranga, garante que já se sente com a missão cumprida como presidente da Câmara de Vereadores. Entre os seus principais feitos no cargo, ele destaca o repasse da Câmara (autorizado nesta semana) de R$25 mil para o Hospital, visando climatizar a ala do SUS.
Candidata
Candidata a deputada estadual, Maria de Lourdes (PP), ex-prefeita de Ivoti, passou pela sede do Repercussão nesta semana. Ela apresentou suas propostas de campanha. 
Lixo eleitoral
Ainda bem que na eleição de 2016 para prefeitos e vereadores, os famigerados cavaletes estarão proibidos. Prática polui paisagem urbana.
Se vira nos trinta…
Mesmo com o baixo efetivo, já ressaltado várias vezes pelo Jornal Repercussão, a Polícia Civil de Sapiranga “se vira nos trinta”. Delegado Ernesto Clasen garante para essa coluna que 11 dos 18 assassinatos deste ano na cidade já foram elucidados pelos policiais. O número representa 61% dos casos esclarecidos. Com um quadro maior de servidores, a Civil poderia ficar ainda melhor.  
Referência para a região
Surpreende a organização e a estrutura do Acampamento Farroupilha de Sapiranga. O evento, organizado pela Secretaria da Cultura, que tem como titular Luís Fernando Hanauer (foto), cresce a cada ano e se torna referência para outros municípios. Dezenas de piquetes estão instalados no Parcão. Araricá também está com um evento exemplar. 
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Cada um defende o seu
A chegada das eleições deixa o clima quente até mesmo nas Câmaras de Vereadores da região. É comum, nas últimas semanas, ver cada vereador defendendo o “seu peixe” (candidatos a deputados, senadores, governadores e presidente) com unhas e dentes na tribuna. Discussão acalorada ocorreu nesta semana em Sapiranga, entre os progressistas Bruna Blos e Rubinho, e também em Araricá, entre Adriano Sperb (PMDB) e Ari Schrepp (PP).
Capacetes e Alimentação Diferenciada
Dois projetos de lei do vereador Clóvis Hilário (PSDB, foto), de Araricá, foram sancionados pelo prefeito Sergio Machado (PMDB). Um deles proíbe a entrada com capacete ou qualquer ocultação do rosto em estabelecimentos privados e públicos de Araricá. O outro projeto dispõe sobre a alimentação diferenciada para crianças com diabetes, no cardápio oferecido pela rede municipal de ensino. A responsabilidade ficará a cargo das Secretarias da Educação e Saúde.
Êxito de Corinha 
Depois de inúmeras idas até a capital, na EGR, Corinha viu o Estado, finalmente, iniciar a construção da rua de acesso à Escola Técnica.
Ciclovias 
Prefeito de Campo Bom, Faisal Karam, conseguirá mais um êxito. Está prestes a dar início na construção de 3,5 km de ciclovia em 2014.
A Mesa Diretora
Foi esta coluna “mexer no assunto” e os ânimos ficaram quentes entre os vereadores de Sapiranga. Porém, a Mesa da Câmara em 2015 deve ter sim Vilmar Machado (PTB) como presidente, conforme adiantado neste espaço há duas semanas. Uma possível chapa de oposição, liderada por Bruna Blos (PP) e Balardin (PTB), e composta ainda por vereadores petistas, foi negada pela progressista e pelo petebista nesta semana.
Semana do Ciclismo
Vereador João Moraes (PT, foto), de Sapiranga, criou projeto de lei que institui a Semana Municipal do Ciclismo, no mês de agosto. O objetivo do petista é incentivar mais o uso da bicicleta na cidade, na forma de exercício físico e também como meio de transporte. Moraes também quer que a Prefeitura construa mais ciclovias na cidade. A proposta agora aguarda a sanção da prefeita, Corinha Molling (PP). 
Rifas ou cartões de meio-frango
Cartaz na porta do gabinete do vereador de Campo Bom, Jair Wingert (PSB), deixa claro. O socialista (foto) não compra rifas ou cartões de meio-frango. E não adianta insistir.
Sem diárias
Flávio Maciel (PMDB), vereador de Araricá, garante que sua ida recente à Brasília foi a passeio e, com isso, não pegou valores em diárias dos cofres públicos. 
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

“No meu dinheiro, mando eu”
Vereador Camilo (PSB) de Sapiranga disparou na tribuna contra Bruna Blos (PP) nesta semana: “O meu dinheiro quem administra sou eu e faço o que bem entender, vereadora!”. Bruna pediu cópia do áudio da sessão da Câmara de semana passada, quando Camilo disse que levou três pessoas para realizarem exames de saúde e pagou do seu próprio bolso. “Não compactuo com esse tipo de coisa, de pagar exames. Isso não faz parte da ética na política”, disse Bruna. Camilo reiterou que “Bruna só quer destruir os colegas vereadores, ao invés de se preocupar com projetos para a cidade e menos com essas coisinhas”, frisou Camilo. 
Troca de acusações
A sessão de Sapiranga também teve a troca de ofensas entre João Moraes (PT) e Nico (SDD). Moraes disse que Nico fica trocando toda hora de partido para estar no poder e que só saiu do PT porque o partido perdeu a Prefeitura. Além disso, deu a entender que Nico negocia cargos. Já Nico, rebateu questionando de onde vem o dinheiro para as campanhas “milionárias” de Moraes e ainda frisou que o PT o “torrou” quando ele votou a favor dos 180 CC’s no início do governo Corinha. “PT governava com 285 CC’s e não queria que aprovássemos 180 CC’s para a Corinha poder iniciar o seu governo. Dai já é demais!”, disse Nico.
Mesa 2015
Vereador de Sapiranga, João Moraes (PT), comentou na tribuna assunto publicado nesta coluna na semana passada: “Para mim não tem nada definido sobre a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores em 2015”. Outro vereador já confidenciou a este colunista que a briga vai  ser grande para a disputa da presidência. “Deveremos ter umas três chapas inscritas”, disse o parlamentar.
Troca de postes
Max (PROS), de Araricá, vai à AES Sul pedir a troca de postes na Rua Rodolfo Dreyer, pois os mesmos já estão causando perigo aos moradores e comunidade.
Cristas baixas
Em Campo Bom, tudo se encaminha para uma nova vitória do PMDB em 2016. Enquanto PP e PPS atuam como coadjuvantes no governo Faisal, PC do B e PSB tentam milagre da multiplicação. Oposição tem só 11 mil votos. 
Lançamento de candidaturas
Os candidatos a deputado estadual, Nelson Spolaor (PT, foto acima à esquerda), e Victor Souza (PCdoB, foto acima à direita) lançaram suas candidaturas em eventos para simpatizantes no último final de semana. Spolaor recebeu, entre outros apoiadores, o governador Tarso Genro. Já Victor, teve a presença de nomes como João Derly. 
“Eu queria concorrer sem partido. Só pelo meu nome. Partido é tudo a mesma coisa. Lá em Brasília, o PMDB está mamando no governo, assim como as outras siglas”. Guto (PMDB), presidente da Câmara de Sapiranga
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse



  •   
  •  

“Projeto ficou bom”, diz Sismus
Não resta dúvidas que os funcionários públicos de Sapiranga têm perdas salariais históricas. Agora, na minha opinião, projeto de insalubridade aprovado nesta semana na Câmara só favoreceu os servidores, pois manteve ou adicionou insalubridade aos funcionários que, até então, não recebiam o benefício. O próprio presidente do Sindicato dos Servidores Municipais (SISMUS), Paulo da Luz, garantiu para esta coluna que “agora o projeto ficou bom”.   
Aspiração política…
O presidente do SISMUS liderou um grupo de dezenas de servidores que foram à Câmara para reivindicar os seus direitos na segunda-feira (17). Vereadores da base disseram que o projeto já estava acordado com Paulo desde a reunião na sexta-feira (14) e não entenderam a movimentação do sindicato. Alguns, inclusive, disseram que Paulo tem intenção política de concorrer a vereador nas próximas eleições e teria ficado “enciumado” por ter sido os parlamentares que conseguiram as modificações no projeto em favor dos servidores e não ele. O presidente do SISMUS nega a informação de concorrer e diz que não é filiado a nenhum partido político. Paulo ressalta que graças à mobilização do SISMUS, os direitos não foram retirados dos servidores.
PMDB culpado
Em Campo Bom, o responsável pela não reposição das perdas salariais para os servidores públicos da cidade, pelo menos para o presidente do Sindicato, Silberto Mauer, tem nome: PMDB. Liderando um grupo de mais de 40 servidores na sessão da Câmara, Mauer criticou a falta de diálogo da Prefeitura com os funcionários públicos. Segundo o sindicalista, este é um problema que se arrasta há mais de dez anos.
Entendida
Vereadora Bruna Blos (PP, foto) frisou que estudou muito o polêmico projeto sobre a insalubridade dos servidores municipais. Bruna explicou detalhes da proposta aos servidores que estavam no plenário e se mostrou irritada com a atitude de vereadores que votaram contra o projeto. “Não voto por gritos da plateia e nem pela emoção. É muita irresponsabilidade de alguns vereadores”.   
Estado fica devendo mais uma vez
 E não foi desta vez que o governo do Estado cumpriu o acordado. Em fevereiro, Faisal Karam, Marcos Riegel e o presidente do Consepro, Pedro Duarte, ouviram do próprio secretário de Segurança Pública, Airton Michels, que Campo Bom receberia duas viaturas “nos próximos dias”. Na segunda (17), Pedro voltou para o município com apenas uma das viaturas acertadas no encontro anterior.
Disputa de espaço
O evento era festivo e marcava a inauguração da copa e banheiros do Campo do São Francisco, no Bairro Oeste, em Sapiranga. Mas, em uma discussão política, dois vereadores presentes na ocasião, Valmir Monteiro (PMDB) e Aquelino de Jesus (PT), quase saíram no soco. Os dois parlamentares residem no próprio bairro.
Mudanças não param
Novas mudanças devem ocorrer nos próximos dias no secretariado de Corinha Molling (PP) em Sapiranga!
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Trem só daqui a 30 anos?
Infelizmente, o título desta matéria praticamente dá um banho de água fria em quem pensava que a extensão do trem até Sapiranga, passando por Campo Bom, estaria concluída em um futuro bem próximo (entre 7 e 10 anos). Pois, nome influente na Trensurb relatou para esta coluna que o sonho de mobilidade da região deve demorar ainda cerca de 30 anos para sair do papel. “O estudo de viabilidade está sendo feito, porém, a obra terá um custo caro e não tenho esperanças que isso seja realizado antes dos próximos 30 anos”, disse a fonte, que pediu para ter o nome preservado.
 
Nem “os grandes” conseguem…
Um dos argumentos utilizados para o pessimismo dessa fonte é de que regiões bem mais populosas sempre serão prioritárias para investimentos dos governos. “Até mesmo essas regiões enfrentam dificuldades em conseguir os bilionários recursos federais para as obras”, concluiu a fonte.
Nova troca
Mais um secretário deixa o governo de Corinha Molling. Desta vez, Maurício Regla (foto), do Planejamento Urbano, pediu a sua exoneração. Regla alegou assuntos de sua vida profissional para o desligamento e disse para este colunista que o diálogo e confiança no governo de Corinha continuam firmes. Em seu lugar fica o funcionário de carreira Edison Conceição.
Super secretária
Os êxitos que o governo do prefeito Faisal Karam vem obtendo na educação é reconhecido pelos vereadores oposicionistas. Um deles costuma até dizer da tribuna que a secretária de Educação e Cultura, Eliane dos Reis (foto), é uma super secretária. Outros, mais sonhadores, dizem até pensar em uma aproximação com o PMDB se Eliane for a candidata do partido nas eleições de 2016.
Jogador caro…
Em Araricá, vereador Sérgio Arruda (PP) foi para a tribuna e criticou os altos gastos com diárias da Câmara em 2013. “Só utilizei uns 3 mil e pouco”, disse. O seu colega, Max (PROS), presidente da Casa em 2013, aproveitou para dar a sua opinião: “Prefiro ser um jogador caro e trazer benefícios para o time! Qual time quer um perna de pau?”. Max referiu-se às articulações de emendas parlamentares que diz ter feito em Brasília nas suas idas. “Também estou intermediando a vinda de empresas para Araricá”, finalizou.
AES Sul castiga em dose dupla
Depois de deixar consumidores de Campo Bom por até seis dias sem energia elétrica, a AES Sul volta a castigar o campo-bonense. Adiou duas vezes a ida até o município para explicar os motivos da demora para restabelecer o serviço. Audiência deve ocorrer na sexta (21), na Câmara de Vereadores.
Reunião da EGR e Corepe
Encontro da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) com o Conselho Comunitário das Regiões de Rodovias Pedagiadas (Corepe) ocorre nesta quinta-feira, em Sapiranga. Um dos membros do Corepe da RS-239 é o vereador Dico (foto, PT de Sapiranga). 
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Assunto já ficou chato!
Esta coluna segue acompanhando os desdobramentos da novela do segundo assessor para os vereadores em Sapiranga Nesta semana, Rubinho (PP) disse na tribuna que “não aguenta mais ouvir falar no assunto”. Os petistas João Moraes e Cleidi do Prado foram além e lembraram o presidente da Casa, Guto (PMDB), que o acordo para elegê-lo ao cargo máximo da Mesa Diretora da Câmara envolvia a colocação do segundo assessor. É nítido que Guto não sabe o que fazer. Olha para um lado e vê a pressão dos colegas para a aprovação da proposta. Olha para o outro e vê a população dizendo não para os gastos a mais.  
Dança das cadeiras em Nova Hartz
O discurso usado foi de que é para melhorar o trabalho. Mas, para o PMDB da cidade, a mudança é devido aos problemas de desempenho de secretarias, em especial, a de Obras e Serviços Urbanos. Uma das fórmulas encontradas pelos partidos (PT e PDT) para não ferir nenhum companheiro com uma desonrosa demissão foi a reforma administrativa, anunciada na quarta-feira (5), pelo prefeito, Arlem Tasso. Ficam as pessoas e se troca apenas a função. 
Políticos Atletas
Durante homenagem aos patrões de CTGs e organizadores das atividades tradicionalistas em Campo Bom, Marcos Riegel e o deputado estadual João Fischer (ambos do PP), mostraram o lado atleta. Riegel, com um medidor de distância na guaiaca, mostrou ter percorrido 25 km em um dia de evento. Fixinha lembrou que veio com o pai em 1978, de Sapiranga até o Parque do Trabalhador, pela Av. dos Municípios, de bicicleta.
Nova secretária!
A contabilista Ane Moller Dapper (foto) é a nova secretária Geral de Governo de Corinha Molling (PP). Ane é nome conhecido na sociedade e atualmente também é conselheira regional de Contabidade. Sou suspeito em falar, pois também é minha amiga pessoal. Pessoa honesta, de caráter e muito articulada. Ane garante que entra no cargo público para auxiliar no desenvolvimento de Sapiranga e auxiliar na busca de recursos.  
O “homem da solução”
Sobrou até para o presidente da ACISA em Sapiranga, Luiz Paulo Grings. Audiência promovida pela entidade na semana passada reuniu órgãos de segurança e poder público. Mas, teve vereador que não gostou muito e levou para o lado político. Nesta semana, Rubinho (PP) foi para a tribuna e disparou: “O Grings é o homem da solução, pois se comprometeu em conseguir a verba para reativar as câmeras de segurança! Por que não coloca o nome dele para concorrer em uma próxima eleição?”.
Grings responde…
Por telefone, Luiz Paulo Grings disse para essa coluna que o objetivo da ACISA é apenas ajudar no desenvolvimento da cidade. “Não me comprometi em conseguir a verba, mas queremos ajudar. Aliás, o vereador é que é pago para buscar soluções. A nossa solução a gente já dá, que é pagar os impostos que, por sinal, são bem caros”. Grings ainda informou que todos vereadores foram convidados para a audiência e apenas quatro compareceram. 
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Agora vai?
A polêmica do segundo assessor para cada vereador em Sapiranga parece estar resolvida ou, ao menos, quase (falta a votação). Embora não admita abertamente, o presidente da Câmara, Guto (PMDB), não resistiu à pressão de vários colegas. Inclusive na semana passada, conforme publicado nesta coluna, Guto disse que o segundo assessor não seria colocado. Mas, como na política tudo pode mudar, Guto agora propõe a não utilização de diárias para compensar o gasto com os assessores. Uma ideia simples que deixo: não para os assessores a mais e não para o uso de diárias! 
Maciel mira o PDT em Araricá
A declaração do vereador Flávio Maciel (PMDB) na sessão da Câmara de Araricá foi direta: ele não concorre a mais nenhum cargo pelo partido na cidade. É nítido que Maciel está incomodado há tempos na sigla, mas só não muda de partido porque perderia o mandato de vereador. Maciel, que na próxima eleição tem o desejo de concorrer a prefeito de Araricá, afirmou para este colunista que já flerta com o PDT do município.
Desconto no salário!
Flávio Maciel, inclusive, tem sido pivô de polêmicas em Araricá. Alvo de uma possível CPI, que investigará trabalhos do vereador quando prestava serviços no ramo jurídico da Prefeitura entre 2007 e 2012, o vereador ainda tenta garantir o salário cheio do mês de fevereiro na Câmara. É que Maciel não compareceu na primeira sessão do ano, no dia 5 de fevereiro, pois estava em viagem particular. O presidente da Casa, Gelson (PROS), já disse: Maciel terá descontado no contracheque a ausência na sessão!
Redução Diárias
O racha fica em evidência na Câmara de Araricá. É praticamente Maciel contra todos. Nesta semana, o peemedebista teve rejeitado por cinco votos e duas abstenções o seu projeto, que reduzia em 50% o valor das diárias de vereadores. Os parlamentares garantiram que não foram chamados por Maciel para debater o assunto e lembraram que em dezembro já reduziram o valor das diárias em 20%.  
Para março
Azedou a audiência pública organizada por vereadores de Campo Bom para cobrar da AES Sul explicações do péssimo atendimento prestado após os temporais de 31 de janeiro. O encontro ficou para depois da programação gauchesca, no Parque do Trabalhador, no dia 12 de março.
Sem a AES Sul
A AES Sul, mostrando não estar preocupada com os prejuízos, não mandaria representantes.
Arlem e Sergio com Dilma
Os prefeitos Arlem Tasso (do PT de Nova Hartz) e Sergio Machado (do PMDB de Araricá), receberam da presidenta Dilma Rousseff (PT, foto), um caminhão-caçamba cada. O repasse ocorreu em Caxias do Sul, na semana passada, durante visita de Dilma ao Estado.
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Irritação de Guto…
A raiva do presidente da Câmara de Sapiranga, Guto (PMDB), era tanta pelo “furo” dado por esta coluna na semana passada (de que dois vereadores quase foram as vias de fato em reunião a portas fechadas quando o assunto era o segundo assessor) que as críticas sobraram para o Repercussão. Com medo de “manchar” o ano de sua presidência, Guto disse que esta coluna mentiu sobre o episódio. Não satisfeito, o presidente foi além e disparou contra o jornal: “tinha que ter ligado pra mim e perguntado o que aconteceu, pois a Câmara que banca o jornal”. Quanta audácia e uma colocação totalmente infundada!  
A verdade…
A Câmara contribui, sim, anualmente com vários jornais através de assinaturas, mas o valor passa longe de bancar nossas despesas. O que Guto ainda não entendeu é que com o Repercussão é diferente. Não vamos deixar de publicar a verdade por a Câmara ter X ou Y número de assinaturas. Este é um dos quesitos (publicar a verdade) que nos faz, em um ano de existência, ter ganho o respeito da comunidade, do setor empresarial e político da região. E mais, por que ligar para Guto se outros quatro vereadores (sendo que dois deles, inclusive, são favoráveis ao segundo assessor) já haviam confirmado o ocorrido para este colunista? O que os outros vereadores falam não vale? 
Guto se retratou…
Na terça-feira (18) o vereador Guto procurou o jornal para pedir desculpas pela sua postura agressiva. Ele ressaltou que o Repercussão fala a verdade, mas que foi mal informado por outros vereadores sobre o episódio. “Houve sim uma discussão, mas só isso”, resumiu Guto. Sobre o segundo assessor, ele descartou. “Não votaremos isso”. 
CPI deve ser instalada em Araricá
Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) deverá ser aberta nas próximas semanas em Araricá. Os vereadores Gelson, Gilberto e Max (os três do PROS), Clóvis (PSDB), Adriano (PMDB) e Paulo e Ari (ambos PP) solicitaram para a Prefeitura um pedido de informação sobre os serviços prestados pelo colega Flávio Maciel (PMDB) ao município entre os anos de 2007 e 2013. Eles questionam a forma como o advogado (e hoje vereador) foi contratado na época, bem como cópias de contratos, empenhos, notas fiscais e pagamentos dos seus serviços. 
Maciel tranquilo…
O vereador Flávio Maciel garante estar tranquilo com uma possível investigação. “Os serviços foram prestados da melhor forma possível para a Prefeitura, tudo de forma transparente”, frisou. Maciel trabalhou prestando assessoria para a regularização fundiária na cidade no ano de 2010. Antes disso, entre 2007 e 2008, respondia como procurador do município.
Segundo assessor e trocas
Corinha Molling (PP) opinou sobre a proposta do segundo assessor para os vereadores. “O dinheiro não vai sair daqui!”, disse sorrindo. – A prefeita também anunciou Antônio Carlos Pinto como novo secretário de Assistência Social. – Outra mudança confirmada é na Saúde. Janete Hess deixa o comando da pasta. No seu lugar entra Emerson Leite (ex-coordenador da Farmácia Municipal). – Corinha Molling disse ainda que anunciará nos próximos dias o substituto de Flávio Konzen, que pediu exoneração na Fazenda. 
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Baixaria em Sapiranga
A pressão é tanta para a votação do segundo assessor na Câmara de Sapiranga, que um dos vereadores contrários à proposta recebeu ofensas durante reunião a portas fechadas nesta semana. Um dos seus colegas viu no Repercussão da última semana que ele havia se posicionado contra o aumento de cargos e disparou duras críticas ao parlamentar no encontro, ocorrido minutos antes da sessão da Câmara. Rumores de que pouco faltou para os dois irem as vias de fato. O vereador ofendido inclusive disse para essa coluna que fez um Boletim de Ocorrência (B.O.) na Polícia. 
Nem compareceu…
Já Sandro Seixas (PP) sequer quis participar da reunião entre os vereadores. O relógio já marcava 14h de segunda-feira (10) e Seixas estava lá, solitário na sua cadeira da Câmara, esperando a reunião acabar e a sessão iniciar. Era nítida a irritação de Seixas no momento. 
Emprego
Com o fechamento do Calçados Myrabel, em Sapiranga, o deputado estadual Fixinha (PP, foto) voltou a cobrar  dos governos estadual e federal soluções para as demissões das indústrias calçadistas. “Não é possível que permaneçam assistindo o fechamento de empresas e não façam nada”, frisou Fixinha. Ele ainda lembrou dos mais de 700 mil pares de calçados brasileiros parados há quase um semestre na fronteira com a Argentina.  
Novo horário 1
A Câmara de Araricá mudou o horário das sessões. A partir de agora, os encontros dos vereadores ocorrerão nas segundas-feiras às 17h30. 
Novo horário 2
Em Sapiranga, João Moraes (PT, foto) luta para que as sessões da Câmara voltem a ocorrer nas segundas-feiras, às 19h. Atualmente é no mesmo dia, porém às 14h. Moraes já tem o apoio dos petistas Dico, Gêmeos, Aquelino e Cleidi, além de Bruna Blos e Sandro Seixas(PP).
Funcionalismo cobra Prefeitura
A mais nova luta dos servidores municipais em Sapiranga é a garantia da insalubridade e da periculosidade. Em campanha, a prefeita Corinha Molling (PP), do alto do caminhão de som, disse que lutaria pelos funcionários públicos que ainda não recebem um salário mínimo. Acredito na vontade da prefeita e este deve ter sido um dos motivos para ela ter dado aval para o estudo do técnico de segurança do trabalho, contratado pela Administração. Agora, que é uma equação difícil de fechar, isto é.
Dinheiro pelo ralo
A piscina comunitária do bairro Aurora, em Campo Bom, não poderia nem ter sido construída naquele local pelo risco que representa aos usuários. Os R$ 63.702,45 investidos na obra ficarão sub-utilizados durante a manutenção que a CEEE pretende executar no espaço. Porém, não se pode esvaziar o importante papel social que a piscina cumpriu neste tempo. O que se tem a lamentar é o fechamento de um local que recebeu recursos públicos.
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Incompetência da AES Sul
Deixar centenas de famílias sem energia elétrica há uma semana é um descaso sem precedentes. Soa como um deboche, especialmente em Campo Bom e Sapiranga. Protestos ainda são registrados nos municípios, por moradores inconformados com tal situação. E é por aí mesmo. É inadmissível em um país que se diz democrático tolerar que empresas privadas administrem “do jeito que entendem” um serviço essencial, como o fornecimento de energia elétrica. A multa que a AES Sul deve tomar precisa ser pesada! Assim como os seus lucros.
Outra execução em Sapiranga
Um rapaz de 19 anos foi executado na Vila São Paulo na terça-feira (4) à noite. É a quarta morte violenta registrada pela Polícia Civil da cidade só neste ano. E pelo andar da carruagem, tanto a polícia militar quanto a civil, continuarão registrando casos brutais como este. Mesmo com os esforços do major Carpes e do delegado Clasen, sem o apoio humano e financeiro da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado ficará difícil combater o inimigo. A principal limitação no momento é a falta de soldados e agentes.
Pedágio
Vereadores de Campo Bom estão inconformados com a isenção de pedágio concedida pela EGR na praça da RS-239. Alexandre Hoffmeister (PP) disse que encaminhará novos pedidos solicitando a isenção para todos os proprietários de veículos com placas de Campo Bom. Victor Souza (PCdoB) disse que houve avanços com a criação da EGR, mas que o trecho de Campo Bom precisa de investimentos.
Radar móvel
Após matéria no Repercussão da semana passada, dizendo que a Prefeitura de Sapiranga estaria estudando adquirir um radar móvel, vários leitores enviaram e-mails ao jornal sendo favoráveis à medida. 
Fogo amigo
2014 inicia com PT atacando o PT. Vereador da sigla disparou na sessão da Câmara contra chefe da unidade de Sapiranga. Disse que os responsáveis não vem atendendo os pedidos e esclarecimentos dos vereadores.
EGR demonstra fraquezas
Sem um corpo de engenheiros, arquitetos e topógrafos aptos para tal demanda, o presidente da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), Luiz Carlos Bertotto, pediu que os técnicos da Prefeitura de Sapiranga façam o projeto da pista lateral necessária, junto ao futuro Campus do IFSul.
PT faz “comício” em Nova Hartz
Tarcísio Zimmermann e Nelson Spolaor (candidatos a deputado estadual em 2014 pelo PT) ficaram lado a lado durante a assinatura das obras de saneamento em Nova Hatz. E olha que não faltaram candidatos desfilando pelo município. Edegar Pretto (deputado estadual) e Dionilso Marcon (deputado federal ), ambos do PT, prestigiaram o ato do prefeito, Arlem Tasso.
“Faço parte da Mesa Diretora porque ela não é um órgão ligado à Prefeitura. Ela é um órgão fiscalizador da Prefeitura.”
vereadora Cleidi do Prado (PT), dos motivos que a levam compor a Mesa Diretora da Câmara de Sapiranga
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Climatização nos hospitais
Na terça-feira (28), o programa Balanço Geral, da TV Record, mostrou o sufoco que os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) enfrentam no Hospital Sapiranga em dias tórridos. A realidade não deixa de ser diferente, também, em Campo Bom. Somente agora, com o Hospital de Caridade de São Roque (novo gestor do Dr. Lauro Réus) é que 30 aparelhos de ar condicionado serão instalados. Agora eu pergunto: porque os gestores precisam aparecer (de forma negativa) na televisão (caso de Sapiranga) para tomar providências? O calor não iniciou hoje e muito menos no ano passado. Todos sabem que no verão faz 40 graus. Aliás, a culpa é principalmente dos Governos Estadual e Federal, que não fazem os repasses que deveriam para a área da saúde nos municípios e em hospitais que atendem pelo SUS. 
Faltou investimento no Lauro Réus
Nos últimos 14 anos os prefeitos de Campo Bom se preocuparam somente em deixar as contas em dia no Hospital Dr. Lauro Réus. Isso foi confirmado pelo prefeito, Faisal Karam, durante a inauguração do Centro Materno Infantil, na segunda (27). Disse, em alto e bom tom, que o hospital não recebia investimentos em infraestrutura há mais de 14 anos. A última grande obra ocorreu no ano 2000.
Acertos
Uma das grandes ações que vêm ocorrendo em Nova Hartz é a construção das 213 unidades do Loteamento Ipê Amarelo. Mesmo com alguns atrasos e percalços, o prefeito Arlem Tasso (PT, foto) vem dando continuidade a esta grande obra, que trará mais qualidade de vida aos moradores. 
Só no Brasil
Deixo meus cumprimentos ao prefeito de Araricá, Sergio Machado, pela construção da calçada junto a ponte da Rua José Antônio de Oliveira Neto. Mas, não posso deixar de observar que a passagem foi construída apenas de um lado. O prefeito revelou que vai construir a passagem do outro lado ainda este ano. O ruim do Brasil é esta morosidade no serviço público. Prefeitos tendo que se “virar nos 30” com a verba que recebem para administrar.
Corinha tem problemão
Não bastassem os problemas de obras paradas e de pouca verba para novas ações, a prefeita de Sapiranga, Corinha Molling, trava uma verdadeira queda de braço com a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). Tudo em razão da rua lateral que o Estado precisa construir para facilitar o acesso a uma das obras mais importantes de Sapiranga nos últimos 20 anos: o Instituto Federal Sul Riograndense (IFSul). E tudo indica que a obra não vai sair no prazo esperado pelas lideranças de Sapiranga. Somente com uma pressão dos deputados Fixinha e Renato Molling (ambos do PP) e outras lideranças da Região Metropolitana, como o ex-prefeito da Cidade das Rosas, Nelson Spolaor (PT), hoje no primeiro escalão do governo estadual, é que esta obra fundamental sairá do papel.
Vereadores de Araricá já reduziram
Vereadores de Araricá procuraram este colunista nos últimos dias e informaram que reduziram em 20% o valor das suas diárias na última sessão de 2013. Flavio Maciel (PMDB) agora luta pela redução do valor em 50%.
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Ficha limpa tira secretário
Valdir Cardoso (foto ao lado) não é mais o secretário da Assistência Social de Sapiranga. A informação para essa coluna vem diretamente da prefeita Corinha Molling (PP), que falou direto de São Paulo, onde participou nesta semana de feira do setor coureiro-calçadista. Todos os cargos de confiança (cc’s) e funções gratificadas (fg’s) da Prefeitura tinham até o dia 10 de janeiro para apresentarem a documentação junto ao Departamento Pessoal (DP), comprovando a Ficha Limpa perante órgãos cíveis e criminais.
A lei é válida para todos…
Corinha foi informada pelo DP que, com a lei do Ficha Limpa valendo, Valdir não está apto para continuar no cargo. A prefeita afirma que ainda não falou com Cardoso sobre a situação, mas garante que “a lei é válida para todos”. O novo titular da pasta deve ser anunciado nos próximos dias. Este colunista tentou contato com Cardoso, mas o seu celular permanecia desligado durante essa quarta-feira.
Está devendo
Se tem uma área em que o governo do prefeito, Faisal Karam (PMDB), deixa a desejar, é a habitação. Além da conhecida área irregular de moradias na Av. São Leopoldo, outra ocupação que inspira cuidados é a da Rua Alvorada, no bairro Aurora. Essa última, por sinal, está cravada justamente embaixo de linhas de transmissão. Um perigo para as famílias.
PROS na TV
Vereadores do Partido Republicano da Ordem Social (PROS), Gilberto Elsenbach, de Araricá, e Cléo Hendges, de Nova Hartz, apareceram na televisão nos últimos dias, durante propaganda da sigla. 
PP Campo Bom
O Partido Progressista (PP) de Campo Bom já definiu: nas eleições de outubro vai apoiar Fixinha para deputado estadual e Renato Molling para deputado federal.
Nota 7 para Sergio Machado
Questionado pela reportagem, o novo presidente da Câmara de Vereadores de Araricá, Gelson da Silva (PROS), avaliou o governo do prefeito Sergio Machado (pmdb). “O serviço do posto de saúde do centro precisa evoluir”, disse. Gelson afirma que, às vezes, os moradores procuram médico e determinados remédios sem sucesso. “Dou nota 7”.
Sergio projeta 2014 melhor
O prefeito de Araricá, Sergio Machado, reconhece que ainda há muito para melhorar na cidade, mas cita as inúmeras ações positivas realizadas em seu primeiro ano de governo, como o pagamento de dívidas herdadas de 2011 e 2012 e a diminuição da folha de pagamento da Prefeitura. Machado projeta um 2014 bem melhor do que 2013.
Trapalhadas da EGR
O ano começa e a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) deixa campo-bonenses furiosos. Em novembro, a estatal anunciou que iniciaria o cadastramento de motoristas interessados na isenção junto ao pedágio da RS-239. Dias após o anúncio, a estatal voltou atrás. Reunião do Corepe no próximo mês será “quente” entre as lideranças.
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

O ano promete!
Eleições e Copa do Mundo. Somente citando esses dois grandes eventos que ocorrerão no Brasil neste ano, já é possível afirmar que o 2014 promete muito “pano para a manga” no país. Dilma Rousseff será reeleita presidenta da República? Será que teremos novas manifestações neste ano, como o histórico “Vem Pra Rua” de 2013? E no Governo do Estado, será que Ana Amélia Lemos (PP), Vieira da Cunha (PDT), ou algum outro nome, conseguirá derrubar o petista Tarso Genro do Piratini?    
Entrou cortando…
O novo presidente da Câmara de Sapiranga, Alvacir Grooders, o Guto (PMDB), nem bem assumiu o posto e já cortou cargos de confiança para chamar concursados, por determinação do Ministério Público (MP). Um dos cargos escolhidos para a exoneração foi da vereadora Bruna Blos (PP). Bruna, aliás, foi a única que não votou em Guto para presidente. Ela se absteve, mas garante que não tem nada contra Guto. Bruna não é favorável ao fato do PP não ter vereador na Mesa Diretora de 2014. Guto, por sua vez, garante que o corte do cargo de Bruna não foi retaliação.
Vicente Selistre
O socialista e presidente do Sindicato dos Sapateiros de Campo Bom, Vicente Selistre, já está com os olhos em outubro. Selistre concorrerá a deputado estadual e garantiu a este colunista estar feliz com a receptividade de sua pré-candidatura. O socialista garante que os apoios ao seu nome aumentam a cada dia.
Nova Hartz
 Um possível racha entre o prefeito de Nova Hartz, Arlem Tasso (PT) e o seu vice, Nelson Bauer (PDT), informado pela oposição no último mês, parece mesmo que não procede. Bauer assumiu a Prefeitura nas férias de Tasso e os dois garantem estar em “sintonia plena”.
Faisal Karam
O prefeito de Campo Bom, Faisal Karam (PMDB), assumiu a presidência da Associação dos Municípios do Vale do Rio dos Sinos (AMVRS).
Presença incomum…
A presença da vereadora Cleidi do Prado (PT, foto) como 1ª secretária na Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Sapiranga para 2014 provocou a ira de várias lideranças petistas na cidade, que lamentaram o fato para este colunista. Os “caciques do PT” afirmam que a postura da vereadora deveria ser de oposição ao governo da prefeita Corinha Molling (PP), visto que PP e PT são eternos rivais na Cidade das Rosas. 
Contradição e mudança de partido
A assessoria de Cleidi informa que a busca pelo espaço na Mesa foi aprovada em conversa com o presidente do PT, Egon Kirchheim, e com os outros vereadores da sigla (que também votaram na chapa da qual Cleidi participou e elegeu Guto do PMDB de presidente). No entanto, Kirchheim diz que desconhece qualquer conversa sua com Cleidi para tratar da participação dela na Mesa e disse que o assunto não foi discutido dentro do partido. A assessoria da vereadora reafirmou que ela continua no partido e não está ensaiando uma saída da sigla. 
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Quase uma virada de mesa!
Sessão da Câmara de Vereadores de Nova Hartz da última segunda-feira (16) pegou fogo, a começar pela eleição da presidência da Casa para 2014, que quase escapou das mãos de Benedito (PT). Minutos antes da sessão, a oposição, formada por Colombo, Osmar e Jairo (todos PMDB), Pedrinho (PSC) e Cléo Hendges (PROS) ainda corria atrás do voto de Willian Bauer (PDT), para aplicar uma verdadeira “virada de mesa”. No próprio momento da inscrição de chapas, Cléo encostou no ouvido de Bauer e disse “vem com a gente, a presidência será tua!”. 
Filho do vice
A proposta da oposição, no entanto, não seduziu Willian, que é filho do vice-prefeito, Nelson Bauer (PDT), o “Alemão”. Aliás, antes da sessão, vereador da oposição relatou a este colunista que o prefeito Arlem Tasso (PT) e o seu vice estariam rachados, e que o voto de Willian não seria em Benedito. Sobre o racha, Arlem e Alemão garantem não existir e que é invenção da oposição. Nelson, inclusive, assumirá a Prefeitura nas férias de Arlem, início de janeiro.
Sapiranga
Já começa a passar dos limites o número de supressões das falas dos vereadores de Sapiranga aprovadas neste ano na Câmara. “É o único momento em que o vereador pode se manifestar na tribuna e reivindicar, daí ainda cortam esse espaço”, disse Gilberto Gêmeos (PT). Nesta semana, mais uma supressão foi aprovada, para irritação do público presente. Dico e Gêmeos, ambos do PT, foram contra.
Tudo misturado
Impressiona a composição da chapa inscrita para a Mesa da Câmara de Sapiranga do ano que vem. PMDB (Guto), PDT (Vilmar Machado) e PSB (Camilo). Até aí tudo normal. A surpresa é a presença do PT, rival eterno do PP na cidade. A petista Cleidi do Prado, que já vota projetos de acordo com a bancada governista, faz parte na chapa. Apesar de comandar o governo, nenhum progressista aparecerá na Mesa da Casa. Acordos?
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Perdão de Natal preocupa
O Natal é o período onde o comércio mais vende e obtém resultados. E é também por este fato, que o major da Brigada Militar de Sapiranga, Adriano Zanini,  está preocupado. É comum a reicindência de detentos do regime semiaberto aptos ao benefício da saída temporária durante o Natal, que cometem crimes em dezembro. Sem emprego e renda, buscam no furto e no roubo uma forma de levantar recursos para presentear esposa e filhos. A medida favorece presos que tenham cumprido um terço da pena (e que não sejam reincidentes) ou metade (no caso de reincidentes).
Marinho será o presidente em 2014 
Somente uma quebra de acordo entre peemedebistas ou uma briga de vaidades tira a presidência da Câmara de Campo Bom do vereador do PPS, Marinho de Moura. A vitória do empresário do setor calçadista já é cogitada até por integrantes do bloco oposicionista – PCdoB e PSB. A eleição da Mesa Diretora de 2014 é na próxima segunda-feira (16). 
Peso de líder
Beto Goetert (PP), de Sapiranga, destacou da tribuna outra conquista na área da saúde para Sapiranga. Citou articulação do deputado federal Renato Molling (PP) na chegada de mais três médicos cubanos para aumentar o quadro de profissionais no município. A rede municipal de saúde conta com 104 médicos.
Berço de ouro
O clima anda carregado na Câmara de Sapiranga. Durante debate acalorado na sessão da segunda (9), teve vereador que perdeu as estribeiras e, de forma preconceituosa, disse que a vereadora Bruna Blos (PP) nasceu em berço de ouro e que não conhece a realidade das vilas da cidade. O motivo da discussão? O pagamento do 13° salário dos vereadores.
PMDB apresenta executiva
A nova executiva do PMDB de Sapiranga foi até a redação do Repercussão apresentar seus integrantes. Para a eleição de 2014, a pretensão é eleger um deputado estadual do município. Integrantes da sigla declararam apoio a Alceu Moreira e Giovani Feltes para deputados federais. O presidente municipal do PDMB é Carlos Woiciechovski. Ainda integram a executiva: Valmir Monteiro, Alvacir Grooders, Carlos Diefenbach, Antonio Ornes, Carlos Schmidt, José Dri, Jorge Borges, Delson Civa, Elizeo Borges, João Guedes e Pedro Santos.
O Sarney (ex-presidente) fez um governo sério e responsável. O problema é que ao invés de lançar candidato apoiou o Fernando Henrique Cardoso (FHC).”Pedro Simon (PDMB), senador do Estado sobre escolhas do partido
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

Ainda o 13º…
Devido à grande repercussão da matéria de semana passada aqui no Repercussão sobre o 13º salário dos vereadores de Sapiranga, questionei o que cada um dos três parlamentares, que são contra a proposta, farão quando receberem os seus benefícios, no próximo dia 15/12. 
Vereador Sandro Seixas (PP) disse que irá devolver o 13º salário aos cofres públicos. Já Balardin (PTB), disse que somente após receber o subsídio irá definir o que fazer com o dinheiro e fez duras críticas a “alguns” colegas. “Tem vereador que foi favorável ao 13º salário e está mandando famílias me procurarem, dizendo que vou distribuir o 13º salário para essas pessoas”, frisou o petebista, em tom de irritação. Bruna Blos (PP) frisou que irá esperar o pagamento para então, definir o que irá fazer. “Nem sei se realmente os vereadores irão receber o 13º salário. Fui contrária ao pagamento e depois não fiquei sabendo de mais nada sobre o tema”, frisou Bruna.
Zona mista
A gestão da RS-239 gera tantas controvérsias em Campo Bom, que na sessão da Câmara de Vereadores de segunda-feira (3), Alexandre Hoffmeister (PP) e Victor Souza (PCdoB), foram para a sala ao lado do plenário terminar o áspero debate. Deoclécio Schuetz (PMDB), teve que sair do seu lugar e pedir que os colegas diminuíssem o `volume’ do polêmico assunto. Depois, tudo voltou ao normal.
PMDB X PT
A campanha de rua para as eleições 2014 não iniciou, mas vereadores do PMDB de Campo Bom tratam de colocar lenha na fogueira. Contrariados com o anúncio do fechamento da Escola Estadual Quatro Colônias,  peemedebistas são autores de pedido de esclarecimentos, também protocolado no Ministério Público, sobre o encerramento das atividades da escola que atende cerca de 30 alunos, do 6º ao 8º ano.
Empresas para Araricá
Vereador Gilberto Elsenbach (PROS) tem lutado para a instalação de novas empresas no município. Juntamente com o prefeito Sergio Machado (PMDB), Gilberto articula reuniões com empresários para atrair novos empreendimentos ao município. 
Direito de resposta de Bruna Blos:
“Em esclarecimento às equivocadas colocações do Presidente Beto, na matéria da página 4 do Jornal Repercussão do dia 28/11, destaco que o Projeto do Lixo, se aprovado, prioriza a conscientização da população acerca do descarte correto do lixo e será passível de multa apenas o indivíduo que jogar lixo no ambiente público. O foco não é a aplicação de multas, e sim, erradicar o risco de alagamentos, proporcionando nova conduta de educação ambiental, bem como, a preservação da saúde pública”, diz Bruna Blos (PP). 
Dívidas negociadas em Nova Hartz
Câmara de Vereadores de Nova Hartz autorizou o prefeito Arlem Tasso (PT, foto) a parcelar dívida história de energia elétrica com a empresa Rio Grande Energia (RGE). O débito gerado é dos anos de 1999 a 2005, referente a iluminação pública, energia elétrica dos semáforos e consumo mensal.   
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

13º salário…
Sou contra o 13º salário para vereadores em Sapiranga e não digo isso por estar “jogando para a torcida”. Como já relatei, na semana passada, se o discurso da prefeita Corinha Molling (PP) é de que falta dinheiro e os cofres foram pegos “vazios”, vereadores (tanto da base governista quanto da oposição) deveriam abrir mão do benefício e exigir que a verba fosse aplicada na infraestrutura e saúde do município. Com todo o respeito, mas o vereador não é obrigado a cumprir carga horária  na Câmara e pode sim ter outro trabalho. Vários parlamentares, aliás, comparecem na sede da Casa Legislativa somente no dia da sessão!   
Precedentes…
A iniciativa de pagar o benefício aos parlamentares abre, inclusive, precedentes para que vereadores de legislaturas passadas entrem na justiça, visando garantir o 13º salário não pago. Questionado por este colunista sobre isso, o presidente da Câmara, Beto Goetert (PP), não descartou essa hipótese. Quem pagará essa conta gigante? 
Cobranças
Vereador da base governista de Sapiranga, Valmir Monteiro (PMDB), foi para a tribuna e criticou a forma como a área do esporte vem sendo tratada na cidade neste ano. “Grande parte dos desportistas da cidade me colocou aqui na Câmara para representá-los e não posso ficar quieto. Estou recebendo muitas cobranças e, inclusive, já relatei para a prefeita. Espero que em 2014 tudo melhore”, frisou Monteiro.
Sugere daí…
Nas últimas sessões, vereadores de Campo Bom têm feito sugestões (construtivas) à imprensa. Pois bem, também deixo minhas sugestões (construtivas) e com vistas ao bom uso do dinheiro público.
…e eu daqui!
A primeira seria extinguir para sempre a concessão de diárias aos vereadores. A segunda seria acabar com o pagamento de salários (como na Europa). Por fim, administrar pensando no povo e não na próxima eleição.
Foto no facebook causa polêmica
Uma foto postada no facebook pelo ex-prefeito de Sapiranga, Nelson Spolaor (PT), gerou polêmica. Spolaor estava em frente à Escola Dr. Décio Gomes Pereira, com famílias que, segundo ele, estariam tentando matricular os seus filhos e, para isso, teriam de esperar ao relento a noite inteira no local. 
“Oportunismo político”
Questionada sobre o fato, a prefeita Corinha disse que não há necessidade da comunidade ficar ao relento para esperar a vaga, uma vez que as mesmas estão asseguradas. “Entendemos que isso foi uma forma de buscar a autopromoção, ao invés de ajudar. Lamentável que isso tenha ocorrido, porque só serviu para causar confusão nas escolas e junto às famílias”, disse Corinha, rebatendo Spolaor.
Diversificação em Nova Hartz
A base econômica do município (o calçado) é questionada pelos moradores. População exige que as lideranças da cidade busquem novos modelos de negócios para que os trabalhadores não fiquem reféns do setor coureiro-calçadista.
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse


Geral

Poder – Felipe Laux



  •   
  •  

“Quanto mais difícil, melhor” 
Não estamos aqui somente para criticar os governos. Acontece que, quando ocorre a crítica construtiva, situações podem ser melhoradas para o futuro. E a Festa das Rosas de Sapiranga precisa avançar em alguns pontos. Parece que a simpatia e a vontade de resolver os problemas, sempre demonstrados na pessoa da prefeita Corinha Molling (PP) não reflete em alguns membros do primeiro escalão da Prefeitura. Algumas vezes, até fica parecendo que esses “alguns” seguem por aquele ditado do “quanto mais difícil para a comunidade, melhor”.     
Situação Incômoda
Em uma das situações inconvenientes ocorridas no evento, em especial na tarde para a Terceira Idade, idosos vindos do Bairro Oeste, Vila Irma e Santa Fé, foram impedidos de entrarem pelo portão do Parque na Av. 20 de Setembro, tendo que se deslocar até a entrada principal, na Av. Mauá. Por que isso se nem ingresso foi cobrado neste dia? Se numa tarde muito quente é complicado para jovens e adultos caminharem alguns metros, imagine para os idosos. Uma situação tão simples e pequena, gerou transtorno. Tenho certeza que a prefeita não concorda com essas “ordens”. Aliás, em discurso, Corinha pediu paciência da comunidade, mas já prometeu mudanças no evento para 2014. 
Verdades
Sempre haverá coisas para se fazer e se acima critiquei, também tenho que ser justo em elogiar os acertos. Se a administração de Corinha diz que pegou os cofres “vazios”, ficaria no mínimo estranho uma festa com atrações de grande renome neste ano, enquanto obras inacabadas foram herdadas e precisam de solução. Dinheiro investido em lazer da comunidade é muito bom. Mas, a festa não pode gerar grandes prejuízos financeiros à cidade, como relatado em anos anteriores, para que áreas como infraestrutura, saúde, educação e segurança pública não fiquem desassistidas.  
Wingert e as ambulâncias
O vereador de Campo Bom, Jair Wingert (PSB), comparou os últimos governadores do Estado, através do repasse ou não de ambulância para o município. Ele acredita que a nova unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chega em boa hora. “Quantas ambulâncias a ex-governadora Yeda Crusius (PSDB) ou o Germano Rigotto (PMDB) repassaram para o município? Vamos refletir sobre esta questão”, disse. 
Primeiras ações de Guto
Uma das primeiras ações do presidente da Câmara de Vereadores de Sapiranga em 2014, Guto (PMDB), será a volta dos dois assessores para cada vereador. Desde o início do ano, por medida de redução de custos, os vereadores têm somente um assessor em seus gabinetes. Cada assessor ganha R$1,9 mil mensais, mais vale-alimentação de R$300,00. Até o momento, a economia feita mensalmente é de R$33 mil mensais.   
Jamais!
A informação de que o secretário da Assistência Social de Sapiranga, Valdir Cardoso, já estaria articulando uma dobradinha com Egon Kirchheim (PT) na disputa pela Prefeitura em 2016, não procede. É o que diz o próprio Cardoso que, ao ser questionado, usou a palavra “jamais!”. Valdir disse que continuará ao lado de Corinha (PP), com quem garante ter um ótimo diálogo. Apesar de ser cedo, ele acredita no bom trabalho e na reeleição da progressista.
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse



  •   
  •  

Novo comando no PT de Sapiranga 
Egon Kirchheim (foto) é o novo presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) em Sapiranga. Eleito por consenso, Kirchheim já tem um sonho: concorrer a prefeito da cidade em 2016. Resta saber se o seu principal adversário dentro do partido, que é o ex-prefeito Nelson Spolaor, abrirá o caminho desta vez. Em caso de insucesso no ano que vem, nas eleições para deputado estadual, Spolaor pode querer concorrer novamente ao cargo no Palácio das Rosas. Em visita ao Repercussão, Egon falou que buscará a unidade dentro da sigla a partir de agora e que “as ruas” irão dizer quem será o candidato em 2016.  
Nova Hartz, Campo Bom e Araricá
Em Nova Hartz, o jovem vereador Valentin (foto) foi eleito o presidente do PT, demonstrando que o partido pode já estar pensando na sucessão de Arlem Tasso, em 2020. Em Campo Bom e Araricá, os escolhidos para presidir a sigla são Ivo de Souza e Dilmar da Silva, respectivamente.
Repercutiu 1
Não citando diretamente essa coluna, vereador de Sapiranga, Nico (SDD, ex-PT), disse em tom respeitoso na tribuna que, enquanto estiver à frente do SDD na cidade, o partido não será uma “sigla de aluguel” ou de negociação de cargos. Ele referiu-se ao publicado neste espaço no dia 10/10, quando questionei se o Solidariedade (SDD) viria para fazer a diferença no município ou se somente seria um “partido a mais”.
Repercutiu 2
Reportagem dos canis da semana passada gerou debate na Câmara de Vereadores de Campo Bom. Victor (PCdoB) questionou informação apresentada pelo Repercussão, de que o município possui previsão orçamentária de R$ 326 mil (em 2014) para a área médica veterinária. Ozéias Cardoso (PMDB), contrariado com o tom áspero do comunista ao abordar o tema na tribuna, retrucou e disse que a gestão do governo Faisal é marcada pela transparência. 
Acabou o silêncio da Dra. Tânia…
A ex-secretária de Saúde de Sapiranga, Dra. Tânia Mylius, falou em sua página do facebook o motivo de seu pedido de demissão à prefeita Corinha. Ela frisou que não concorda com a vinda dos médicos cubanos e, por isso, decidiu ser coerente, deixando o cargo. De acordo com Tânia, esse programa do governo federal fere a Constituição Brasileira. Ela disse ainda que a sua decisão não tem nada a ver com  problemas na Prefeitura e também citou um artigo de sua autoria, recentemente publicado no Repercussão, onde deixou claro ser contra a vinda dos médicos cubanos. 
Festa das Rosas 1
Número de visitantes do primeiro final de semana da 30ª Festa das Rosas deixou a desejar. No entanto, essa não é a mesma opinião do coordenador geral do evento, Flavio Konzen, que relata que o número ficou acima do esperado.  
Festa das Rosas 2
A Rústica das Rosas ocorre no próximo domingo (17), às 9h30. Proposta do vereador Sandro Seixas (PP) incluiu as categorias para servidores públicos e garis na competição.
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse



  •   
  •  

A política e o prefeito Faisal
Durante entrevista coletiva no Hospital Lauro Réus, o prefeito de Campo Bom, Faisal Karam (PMDB), voltou a repetir um discurso utilizado apenas por gestores competentes: de que não pretende concorrer em uma próxima eleição. Todos ouviram. Principalmente os repórteres dos jornais e rádios que lá estavam. Humildemente, discordo do prefeito Faisal. 
Chegou lá aos 61 anos
Como no Estado, ou tu é maragato ou ximango (gremista ou colorado), do PMDB, PT, PP, ou alguma outra sigla, usarei o exemplo do ex-governador, Olívio Dutra. O petista venceu a disputa em 1998 e foi eleito governador aos 61 anos. Pedro Simon (do mesmo PMDB do Faisal), ainda cogita concorrer ao Senado, aos 83 anos. Se o prefeito acredita estar fora de uma disputa, aos 53 anos, está completamente enganado. O que conta é a experiência e capacidade de governar. Caso a candidatura do ex-prefeito de Caxias do Sul, e pré-candidato ao Piratini, José Ivo Sartori (também do PMDB), vença o PT, do governador, Tarso Genro, serão de gestores como, Faisal Karam, que o PMDB gaúcho precisará para integrar o grupo de secretários. 
“Peitaço!”
Prefeito de Nova Hartz, Arlem Tasso (PT, foto) deu um verdadeiro “peitaço”, tudo em prol da redução de custos da Prefeitura. Diminuiu o valor de suas diárias, do vice, de secretários e ainda de servidores em geral. Arlem garante que foi obrigado a tomar esta medida devido a diminuição da verba vinda do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). 
Atestados
Proposta do vereador de Araricá, Flávio Maciel (PMDB, foto), frisa que servidoras do município não terão mais descontados  de seus salários as faltas ocasionadas por motivo de doença do filho, desde que justificadas por atestado médico. Atualmente é descontado do salário das mães as faltas. “A servidora não pode ser penalizada duplamente, cuidando do filho e ainda ter o seu salário reduzido”, disse Maciel. 
PMDB + PROS em Araricá
Talvez ainda seja cedo para falar algo,  pois muitas águas vão rolar até 2016. Mas, já me arrisco a apontar a dobradinha para as próximas eleições municipais de Araricá. Com um diálogo permanente e uma boa sintonia, Sérgio Machado (PMDB, foto), pode ter como o seu vice o atual vereador da cidade, Maximiliano Gomes da Silva, recordista de votos na história da cidade, com 246 em 2012. Max era do PP (partido de oposição do governo de Machado) e agora foi para o PROS, partido que promete não ser nem oposição e nem situação, lutando apenas pelos anseios da comunidade.     
“Teve alguns petistas que disseram que não iríamos conseguir médicos cubanos para Sapiranga. Essa semana já chegaram os dois primeiros”.Gilberto Goetert (PP), presidente da Câmara de Sapiranga
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse



  •   
  •  

Para esclarecer
Duas semanas atrás, neste espaço, foi publicado que “que a Polícia Civil de Sapiranga ainda não obteve a mesma atenção do governo Corinha (PP) que recebia do ex-prefeito, Nelson Spolaor (PT)”. O delegado, Ernesto Clasen, esclarece que mantém um diálogo permanente com a prefeita Corinha Molling, sempre na procura de aperfeiçoar as ações na área da segurança pública. “Todos os pedidos meus à Corinha foram atendidos”, conta.
Apartidário e homicídios
Ernesto Clasen, que é chefe da Polícia Civil no município, aponta que não existe qualquer inclinação partidária na corporação e que isso seria inadmissível. O delegado também diz que está debruçado no esclarecimento dos 11 homicídios em Sapiranga e, que nos próximos dias, divulgará conclusões de parte dos assassinatos de 2013. “Temos diversos crimes esclarecidos e não apenas um”, destacou. 
Articulações políticas
E o 2013 já vai se encaminhando para os seus finalmentes. Com o final de ano chegando, as articulações políticas entre os vereadores ficam ainda mais aquecidas. Tudo isso para negociar quem será o presidente da Câmara de cada cidade e ainda quem formará a Mesa Diretora de cada Casa Legislativa no próximo exercício (2014). É bem certo, porém, que lá atrás, no final de 2012, no pós-eleições, os parlamentares já se reuniram e deixaram acertado quem assumirá a presidência nos quatro anos seguintes de governo. Portanto, a eleição para a Presidência no final de cada ano não passa de uma mera “formalidade”. No meio do caminho, no entanto, podem acontecer as reviravoltas!    
PMDB em Sapiranga…
Na Cidade das Rosas, conforme já acertado, a presidência da Câmara em 2014 ficará com o PMDB. Vereador Guto (foto) é um dos cotados para assumir o cargo. O partido definirá nas próximas semanas, pois também tem em outra cadeira da Casa o vereador Valmir Monteiro. 
PPS em Campo Bom…
Marinho de Moura (foto) é o mais cotado para assumir a Câmara de Campo Bom. Ozéias e nem Paulo Tigre, ambos do PMDB, não devem disputar a Presidência da Casa. O PMDB deve definir nas próximas semanas qual dos dois será candidato a deputado estadual.
PROS em Araricá…
Gelson da Silva (foto), que saiu do PP recentemente e foi para o PROS, assumirá a cadeira de Presidente da Câmara no próximo ano. Maioria dos vereadores já abriram o  voto para Silva que, conforme publicado na semana passada, levou consigo para o novo partido Max (ex-PP) e Gilberto (ex-PMN).
  
PT em Nova Hartz…
Ninguém deve fazer sombra para o petista Benedito (foto) para a Presidência da Câmara de Vereadores em 2014 de Nova Hartz. Ele substituirá Jamir Pelicioni (PSB). 
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse



  •   
  •  

Segurança questionada
A onda de assassinatos das últimas semanas em Sapiranga colocou em alerta as forças de segurança do município. Além disso, os crimes em sequência (três em um período de 13 dias) deixaram grande parte da população muito assustada. Para “ajudar”, a situação fica ainda mais crítica com a carência no número de funcionários na Polícia Civil do município, ocasionando a demora nas investigações. Essa informação é do próprio delegado Ernesto Clasen para o Jornal Repercussão. O comandante da Polícia Civil ainda afirma que a ajuda do governo Corinha (PP) não tem sido a mesma que recebia do ex-prefeito, Nelson Spolaor (PT).   
Vereadores “vão pra cima” 
Na sessão de segunda-feira (16), vereadores como Camilo (PSB), Dico (PT) e Bruna Blos (PP) lamentaram os crimes ocorridos e cobraram justiça imediata. Camilo sugeriu um debate sobre segurança pública na Câmara de Vereadores, com representantes dos órgãos de segurança da cidade. O socialista também cobrou um maior envolvimento da Guarda Municipal nas ruas de Sapiranga. 
Partido SDD
O partido político Solidariedade (SDD) nem bem começou em Sapiranga e já pode atrair mais dois vereadores da cidade, atualmente insatisfeitos com os seus partidos. No entanto, um destes parlamentares disse que não ficou satisfeito com algumas “peças” que compõem o novo partido e está “pensativo”, mas garante simpatizar com Antônio Rezene, o Nico (ex-PT e o primeiro vereador a ir para o SDD, dia 04/10). 
Câmara Mirim
Vereador Flávio Maciel (PMDB) de Araricá, teve aprovado projeto que institui a Câmara Mirim. Nove vereadores mirins titulares e nove suplentes serão escolhidos entre alunos de 10 a 15 anos, através de eleição nas escolas. 
O trabalho…
Cada vereador mirim  será acompanhado por um vereador da atual legislatura e poderá destacar proposições que vão de encontro ao anseio das escolas e comunidade. 
Nova era no Dr. Lauro Réus…
Ao anunciar o novo gestor do Hospital Dr. Lauro Réus, em Campo Bom, o prefeito Faisal Karam dá prosseguimento em uma nova era na administração da Saúde do município. Com excessão de Novo Hamburgo, será uma das únicas cidades capaz de resolver cirurgias por vídeo (algo inimaginado nos tempos do Mãe de Deus). Além deste pequeno detalhe, tem ainda a oferta de novas especialidades e ampliação de serviços. 
…alívio para os vereadores
Com praticamente toda a base aliada presente no ato em seu gabinete, quem não escondia a alegria eram os vereadores. A “vidraça” do governo PMDB – os vereadores – foram os mais cobrados nestes anos em que o projeto de ampliação era chamado de “projeto de papel”. O tempo e a paciência, junto com o time de técnicos da Prefeitura (funcionários), possuem peso extraordinário nesta que é uma conquista do peso de uma Copa do Mundo para Campo Bom e municípios vizinhos, que utilizarão a estrutura do Lauro Réus no futuro. 
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse



  •   
  •  

Visita inesperada
A “visita surpresa” dos vereadores de Sapiranga ao Hospital (pg. 5) para “meter pressão por melhorias”, não pegou bem com a diretoria da Casa de Saúde, que afirma sempre estar com portas abertas e disponível para os parlamentares. Alguns vereadores pediram na tribuna o afastamento do presidente do Hospital, João Wolff, e disseram que ele se nega a recebê-los para dar explicações. 
Somente assuntos econômicos!
João Wolff, explica o porque não recebe os parlamentares. “Eu não discuto e nem interfiro em atendimentos. O Hospital tem uma equipe capacitada para resolver essas questões. Se os vereadores quiserem saber o porque o Hospital estava fechando há 7 anos e agora está bem, dai sim, me procurem. Posso falar de assuntos econômicos, ou seja, como estão as contas da entidade e o que foi feito para recuperar a mesma”, disparou Wolff.    
Ausente!
No auge das manifestações no país em junho (e que atingiram a Câmara de Vereadores de Campo Bom), o líder comunitário, Paulo Leites, cobrava uma postura de mais diálogo da Câmara campo-bonense. Foi impedido de ingressar na Câmara e obteve liminar na Justiça. Mas na segunda-feira (23), ele não exerceu o seu direito de acessar à Casa.  Não viu o tucano, João Paulo, assumir por 30 dias a vaga de Jair Wingert.
Juventude
Votação que afastou Jair Wingert fez aumentar a voz da juventude na política campo-bonense. Antes representados por Valter Lemos (PCdoB, 32 anos) e Ozeias  Cardozo (PMDB, 33 anos) os vereadores agora têm a companhia de João Paulo Berkembrock (PSDB), 25 anos (foto). Ao lado do nova-hartense, William Bauer (PDT), 23 anos, são os vereadores mais jovens com mandato.
PCdoB em ebulição
 Um novo ânimo foi injetado no PCdoB campo-bonense, com o anúncio da filiação do ex-jornalista da RBS, André Machado. O vereador, Victor Souza, por exemplo, diz que o nome do comunicador é expressivo. Aliás, este é um dos temas centrais (as eleições de 2014), que também nortearão os debates na escolha do novo diretório municipal do partido, neste sábado (28), às 14 horas, na Câmara de Vereadores. Definições precisam ser tomadas e anunciadas. Quem será o presidente em 2014: Valter Lemos, Victor ou outra liderança comunista?
Eleição da Mesa Diretora terá disputa
As articulações para a eleição da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Campo Bom também promete. Vereador do PCdoB confidenciou ao Jornal Repercussão que o partido – mesmo com bancada maior do que PP – acabou integrando a Mesa em 2013. Encontro com integrantes do PPS deve oficializar esse desejo dos comunistas.
Câmeras de segurança em Sapiranga
Mais uma vez o assunto das câmeras de segurança da cidade voltam à pauta. Desta vez, Bruna Blos (PP) fez requerimento para que o ex-presidente do Consepro, Rosnei Porcher, seja convocado para dar explicações sobre a verba recebida para reativação do sistema em 2012.
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse



  •   
  •  

Decisão a favor da democracia
Decisão antidemocrática da Câmara de Vereadores campo-bonense está relacionada à resolução que proibiu o líder comunitário, Paulo Leites, de assistir às sessões. E o reconhecimento de tal descalabro (como diria um vereador campo-bonense) foi apontado pela juíza, Marcia Regina Frigerri, da 1ª Vara da Comarca de Campo Bom. Trecho do mandado de segurança obtido por Leites (e entregue nas mãos do presidente, Max de Souza) aponta que a Câmara é local público e qualquer cidadão pode se expressar.
Estranha preocupação
A preocupação extrema do vereador de Araricá, Adriano Sperb (PMDB), para projeto que institui distância mínima de postos de combustíveis na cidade, passou dos limites e começa a estranhar. Sperb ficou raivoso com o veto de vereadores para a diminuição da distância entre os postos, que ficaria em 800 metros. Projeto de Lei do Município foi mantido e diz que postos devem estar distantes 2,5km entre si. Sperb acusa, sem qualquer prova, os seus colegas de receber propina para vetar o projeto. Nesta semana, o vereador acusou até mesmo a imprensa de ganhar dinheiro para não abordar o assunto. O desespero total de Sperb com o projeto já causa estranheza. 
Cena atípica
Cena que não é vista todo o dia ocorreu durante assinatura da ordem de início para estudo do trem até Sapiranga. Dois grandes rivais na cidade, deputado federal Renato Molling (PP) e ex-prefeito Nelson Spolaor (PT) dividiram a mesa principal. Molling tentará reeleição para o cargo em 2016, enquanto Spolaor disputará vaga para deputado estadual.
Araricá
Policial Militar Luciano Ramos (foto) foi homenageado na sessão da Câmara pelos serviços prestados através do Proerd para crianças da cidade. Proposta de homenagem foi de Flavio Maciel (PMDB). 
Nova Hartz
O jovem vereador de Nova Hartz, Cléo (PT), sonha alto. Ele disse para este colunista que “não se vê concorrendo a vereador em 2016”. Sombra para Arlem Tasso?
Honra ao Mérito Farroupilha
Câmara de Nova Hartz homenageou dois tradicionalistas da cidade, Michele Blazek e Gilnei José da Silva. A proposta da medalha de Honra ao Mérito Farroupilha Rodrigo Cottica Brizola foi proposta pelo vereador Valentin (PT), que na foto aparece à direita entregando a homenagem para Gilnei.
O pioneirismo de Campo Bom agora atinge situações inéditas: a de suspender vereador em uma atitude antidemocrática e arbitrária.” Vicente Selistre, suplente de deputado, sindicalista e membro do PSB
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse



  •   
  •  

O ano começou…
A prefeita de Sapiranga, Corinha Molling (PP), parece ter começado a tirar obras e melhorias do papel. Com o trabalho questionado nos primeiros meses do ano, a prefeita anunciou nos últimos dias uma série de melhorias, como o início das obras da escola técnica federal e a manutenção da rede de iluminação pública (que inclusive foi cobrada no mês passado por este colunista). Também foi aprovado por vereadores que a Prefeitura contrate agentes comunitários de saúde e o valor de contrapartida para reiniciar a obra da Av. Travessão Ferrabraz. Além disso, obras de habitação, escolas e postos de saúde estão em andamento. Corinha diz que pegou as finanças da Prefeitura no “vermelho total”.
A demanda sempre existe!
O segundo vereador mais votado de Sapiranga, Balardin (PTB), reconhece que Corinha começa a “encontrar os caminhos para resolver os problemas deixados”. Porém, o vereador cobra melhorias no asfalto de ruas como a Presidente Kennedy, 25 de Julho, Deodoro Alfredo Reich e Joaquim Nabuco.
Mais conselhos
Entre as emendas sugeridas e que foram reprovadas na sessão extraordinária de ontem (24), em Campo Bom, estão a criação do Conselho e do Fundo de Promoção da Igualdade Racial e o Conselho e Fundo da Cultura. O Conselho e Fundo da Juventude também proposto pelos vereadores Valter Fernandes Lemos e Victor de Souza (ambos PCdoB) foram rejeitados.
Estande gaúcho
Presidente da Câmara de Vereadores de Campo Bom, Max de Souza (PMDB), destacou a importância das empresas calçadistas campo-bonenses permanecerem no estande coletivo do Estado nas grandes feiras. Utilizou o exemplo do estande de Sapiranga (que esteve em um espaço exclusivo), mas que, no seu entendimento, não teve o mesmo volume de visitações do que o estande gaúcho no qual Campo Bom estava.
Canil Municipal em Araricá
Vereador de Araricá, Ari (PP) trabalha para que seja feito um canil municipal em Araricá. O progressista cita o alto número de cães abandonados pelas ruas do município. Outra reivindicação de Ari é que a única farmácia comercial da cidade flexibilize os horários e passe a fazer plantões.
“O asfalto de ouro”
Adriano Sperb (PMDB), de Araricá, disparou críticas contra o colega de partido, Flávio Maciel, que havia frisado o alto preço dos asfaltos que serão feitos na região central de Araricá. “Nem licitação foi feita ainda!”, disse Sperb. 
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse



  •   
  •  

Campo Bom e a segurança
A entrega da nova Sala de Operações da 3ª Companhia do 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM), de Campo Bom, nesta sexta-feira (19), mostra o quanto a Prefeitura possui preocupação com o tema segurança pública. O capitão da Brigada Militar campo-bonense, Luciano da Cunha Veríssimo, destaca que sem a parceria, a realização não seria possível. Aliás, o tema da violência urbana tem mobilizado a todos (até em virtude dos últimos fatos que ocorreram em Campo Bom nos últimos meses, com assassinatos brutais e roubo a banco).
Investimento milionário
Em recente material de divulgação enviado à imprensa, a Prefeitura de Campo Bom reiteira que desde 2009, mais de R$ 2,5 milhões dos impostos pagos pelos campo-bonenses foram direcionados à pautas envolvendo a segurança pública (dever este do Estado), mas que o município (e os gestores) tem a consciência de que o trabalho precisa ocorrer de forma conjunta, ouvindo todos os atores e lideranças.
Araricá
Max (PP) de Araricá teve aprovado na Câmara o seu projeto de Lei, que cria a Semana Municipal de Combate e Prevenção dos Diabéticos e Hipertensos, através de palestras e debates. 
Max também sugeriu ao prefeito Sérgio Machado (PMDB) que adquira um veículo para o Posto de Saúde do Bairro Imperatriz. 
INSS…
O vereador Valentin (PT)de Nova Hartz,  solicitou que a Câmara de Vereadores envie ofício ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). 
…em Nova Hartz
O objetivo do petista é que seja instalada na cidade uma agência do INSS. Atualmente, a população do município precisa se deslocar para outras cidades, como Sapiranga.
Transporte Universitário
A vereadora de Sapiranga Bruna Blos (PP) protocolou na Câmara de Vereadores indicação para implantação de transporte universitário na cidade. Por lei, os veículos escolares do próprio município poderiam ser utilizados no transporte dos universitários. A proposta já esteve no material de campanha de Bruna em 2008, quando a progressista ficou como suplente.  
Falecimento
Deixo neste espaço o meu pesar para a família de Mara Therezinha Zimmer de Souza,  assessora do vereador de Sapiranga Vilmar Machado (PTB), que faleceu na última sexta-feira (12). Mara era uma pessoa excelente! 
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse



  •   
  •  

Cobranças à EGR
Vereadores de Nova Hartz e Sapiranga estiveram na última terça-feira (9) na sede da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). Os petistas Valentin, Adriano e Benedito (Nova Hartz) e João Moraes, Aquelino, Dico e Gilberto Gêmeos (Sapiranga) cobraram do presidente do órgão, Luiz Carlos Bertotto, melhorias na RS-239. Os nova-hartzenses pedem a construção de um viaduto na entrada da cidade. Já os sapiranguenses cobram passarelas ligando o Bairro Oeste e a Vila Irma, pavimentação nas laterais da rodovia, melhorias na sinalização e a colocação de redutores de velocidade. 
Já passou da hora!
Não é de hoje que vejo lideranças da região (deputados federais, estaduais, prefeitos, vereadores e entidades) cobrando soluções para RS-239. Só nos resta saber quando o Governo do Estado atenderá essas demandas. O pedágio é cobrado, mas soluções que é bom, nada! O Repercussão já noticiou  as condições precárias da RS-239 e os inúmeros acidentes que ocorrem diariamente na via.
Precisa ordem
Presidente da Câmara de Vereadores campo-bonense, Max de Souza (PMDB), diz que não compactua com manifestos que fogem da ordem e se tornam agressivos, como vem ocorrendo nas últimas sessões. “Em caso das contestações fugirem do controle, chamaremos a Brigada Militar novamente”, destacou. Ele demonstrou preocupação com o que chamou de ofensiva político-partidária da oposição.
Francal 1
O vice-prefeito, Marcos Riegel, e os vereadores Marinho de Moura (PPS), Max de Souza e Deoclécio Shuetz (ambos do PMDB), além da secretária de Indústria, Comércio e Turismo, Ieda Lauxen, foram até São Paulo para a abertura da 45ª Francal. Campo Bom custeou o aluguel de estandes para cinco empresas locais em São Paulo. 
Francal 2
 Quem também custeou o aluguel para empresas irem até a Francal foi a Prefeitura de Sapiranga. Neste ano, um estande coletivo com 13 empresas e uma área institucional divulga o calçado de Sapiranga. Prefeita Corinha Molling (PP) visitou o evento e disse que os expositores sapiranguenses “são só sorrisos”.
Conquistas do passado!
Vereador Ari (PP) de Araricá comentou o fato de ter sido veiculado nesta coluna na semana passada que a cidade estava virada em um “canteiro de obras”. De acordo com o progressista, tudo isso foram conquistas da administração passada. “Pela água tratada já lutamos desde 2009 e o asfalto da Serraria Ferrabraz também deixamos garantidos. Tudo com a ajuda do deputado federal Renato Molling (PP)”, disse. 
Superfaturamento
Vereador de Araricá, Flávio Maciel (PMDB), sugeriu criação de comissão para fiscalizar asfalto que será feito pela região central da cidade. Pelos cálculos, ele disse que pode haver superfaturamento na pavimentação. 
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse



  •   
  •  

Partido em segundo lugar
A sintonia política entre a vereadora mais votada de Sapiranga em 2012, Bruna Blos (PP), e o deputado estadual Lucas Redecker (PSDB), anda “de vento em popa”. Na sessão da Câmara da Cidade das Rosas desta semana, Bruna convidou Redecker para usar a tribuna. Os dois políticos afirmam que “o jeito de pensar política deve ser renovado e as ideias colocadas à frente das siglas partidárias”. Apoiada por Redecker nas eleições de 2012, já é possível notar uma movimentação de apoio da jovem progressista para o tucano nas eleições a deputado de 2014.
Normas retrógradas
O sistema de participação da Câmara de Vereadores de Campo Bom precisa ser reiventado. Um bom exemplo que poderia ser copiado da vizinha Novo Hamburgo é a Tribuna Popular. Lá, 15 minutos antes da sessão começar, o cidadão pode se inscrever previamente, garantindo o direito de ter 10 minutos para expor seu ponto de vista sobre temas latentes na sociedade. Com um Regimento Interno rígido, manifestantes foram calados duas semanas atrás, pelas normas que vedam a participação dos moradores.
Troca de farpas
Sem ter Moção de Apoio à Projeto de lei  que tramita no Congresso Nacional colocado em votação, oposição contestou. No uso da tribuna o presidente da Câmara de Campo Bom, Max de Souza (PMDB), disse que faltou conhecimento dos oposicionistas. “Bastava apresentar requerimento de urgência”, explicou. O alvo da divergência é a proposta que destina parte dos recursos de multas para o custeio das tarifas do transporte público.
Nova Hartz
Vereadores de Nova Hartz aprovaram na sessão de segunda-feira (1º/07), projeto de Lei que autoriza a destinação por parte da Prefeitura de R$28 mil para o Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública (Consepro) da cidade. Os recursos serão repassados diretamente para a Brigada Militar, como contrapartida à realização da segurança  do órgão na 12ª Kolonie Hartz Fest.
Empresa é a culpada!
Em discurso forte e repetitivo, vereador Camilo (PSB) de Sapiranga frisou nas duas últimas sessões que a culpada pela morte do jovem Lauro Campos de Moraes, que caiu de moto em um buraco nas obras inacabadas da Travessão Ferrabraz, é a empresa responsável pela obra, que deveria ter sinalizado o local.  
Outro racha em Araricá?
Pode ter outro político da base do prefeito de Araricá, Sérgio Machado (PMDB), insatisfeito com o “andar da carruagem”. Enquanto isso, Machado transforma a cidade em um verdadeiro “canteiro de obras e melhorias”.
“Tenho muito orgulho de falar deste modo. Foi assim que me elegi quatro vezes. A população confia em mim.”
Sadi Santos,
vereador do PMDB de Campo  Bom após errar a pronúncia de uma palavra e ser vaiado por manifestantes na Câmara
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse