Geral Posts em destaque

Moradores devem retornar ao Residencial Dona Augusta


  •   
  •  

Campo Bom – O bloco 1 do residencial Dona Augusta, em Campo Bom, interditado pela Defesa Civil por risco de desabamento no último dia 20, recebeu nova avaliação, conforme laudo técnico do engenheiro Paulo Silvio Klein. O laudo concluiu que não há risco iminente à construção. Assim, conforme o coordenador da Defesa Civil, Paulo Silveira, foi decretada a reocupação do prédio.

A decisão foi tomada, segundo Silveira, após reunião entre Defesa Civil, engenheiros da Kaefe Construção e Incorporação, representantes da Caixa Econômica Federal, e da Casarão Imóveis, responsáveis pelo condomínio. “O laudo técnico concluiu que não há nenhum tipo de risco ou, a curto prazo, de qualquer acidente ou colapso estrutural”, destacou.



A Kaefe ficou responsável por, no prazo de 60 dias, apresentar junto ao órgão municipal de Defesa Civil, a comprovação de que foram atendidas as recomendações. A empresa irá realizar um laudo que apresente um estudo de tensão do terreno. “Eles vão fazer um laudo técnico de solo. E no prazo de 60 dias vão apresentar, para aí sim termos o laudo definitivo”, explicou o coordenador da Defesa Civil de Campo Bom. Hoje, o terreno passa por obras de esgoto, para então serem feitas vigas novas para apoiar as escadas e o conserto das rachaduras.

Caixa Econômica emite nota e confirma laudo

O envolvimento da Caixa Econômica Federal se justifica pelo fato do Residencial se tratar de um empreendimento do Programa de Arrendamento Residencial. Em nota, a instituição corroborou as conclusões do laudo e informou que, após avaliação da estrutura, foi determinado que não há nenhum tipo de risco estrutural iminente. A Caixa ainda esclarece que, durante os próximos dias, a construtora Kaefe vai permanecer no local para avaliar e recuperar as fundações do bloco, atingidas por recalque estrutural. Assim como irá realizar vistoria para eliminar os vazamentos existentes.


Famílias retornam após decreto

Em 28 de março, o Município de Campo Bom emitiu decreto municipal sobre a liberação do retorno das famílias ao bloco 1, do Residencial Dona Augusta. Assinado pelo prefeito, Luciano Orsi, o documento considerou o Laudo Técnico nº L18022, realizado pelo engenheiro civil, Silvio Paulo Klein, da empresa Estrutural – Consultorias e Projetos, que avaliou a estabilidade estrutural de edificação residencial do empreendimento e concluiu não haver risco de acidente ou colapso estrutural. Assim, considerando a necessidade das pessoas normalizarem suas vidas, e ocuparem suas residências, foi decretada a retirada da interdição da totalidade do prédio, e também requerida a apresentação, em 60 dias, dos laudos pedidos pela Defesa Civil. A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil e a Diretoria de Planejamento Municipal irão fiscalizar e controlar todas as medidas propostas no laudo.

Texto: Sabrina Strack             Fotografia: Prefeitura de Campo Bom

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse