Geral

Informática distante para 35% das escolas estaduais



  •   
  •  

Região – Das 17 escolas estaduais existentes em Araricá, Campo Bom, Sapiranga e Nova Hartz, quatro estão com os laboratórios de informática funcionando parcialmente e dois estão completamente desativados. O problema mais grave está na Escola Estadual La Salle, de Campo Bom, onde sequer é possível ligar os equipamentos. Desde o início do ano, os alunos convivem com a precariedade em que a escola presta atendimento.
Na Escola Mathilde Zatar a diretora, Rejane Knak, explica que o impedimento ao uso do laboratório de informática aos alunos ocorre pela falta de uma pessoa habilitada para orientar os estudantes. “Isso dificulta o acesso deles ao laboratório. Muitos professores não levam as turmas, pois não existe alguém apto à instruir.”, destaca.
Conforme a coordenadora adjunta da 2ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Rosana Santos, há uma reestruturação em curso nesta área. “Incentivamos os professores a trabalhar eles mesmos com os alunos. Na parte de conserto, mesmo contando com uma pessoa específica na manutenção dos computadores, as escolas têm automia de gerir seus recursos”, conta.
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse