Geral Posts em destaque

Gasolina e etanol acabam em quase todos os postos de Sapiranga, Campo Bom, Araricá e Nova Hartz


  •   
  •  

Região – A correria dos motoristas desde o final da tarde desta quarta-feira (23) na busca por combustíveis aliada à falta de abastecimento dos postos pelas refinarias já causa reflexos no país, estado e também aqui na região. Não há mais gasolina e etanol em quase todos os postos consultados pela reportagem do Jornal Repercussão em Sapiranga, Campo Bom, Araricá e Nova Hartz nesta quinta-feira (24) pela manhã. A possibilidade de faltar combustível na região foi alertada pelo Repercussão ontem no meio da tarde (clique aqui e confira).

Gilvan Skonetzky, gerente de uma rede com seis postos de combustíveis divididos nas cidades de Sapiranga e Campo Bom, disse que gasolina comum, aditivada e o etanol já acabaram nos estabelecimentos. “Acabou praticamente tudo em nossos postos (gasolina e etanol). Ainda resta uma pouca quantidade de gasolina premium no posto ao lado do museu de Sapiranga. Diesel temos um pouco, mas já deve acabar nesta manhã. Não há previsão de quando seremos reabastecidos com mais combustíveis”, disse o gerente.



Já Bruna Machado, gerente de um posto na divisa dos bairros Sete e Amaral Ribeiro, em Sapiranga, disse que os combustíveis acabaram no estabelecimento nesta quarta-feira por volta das 21h30. “Só resta diesel S10. Não sabemos quando irão nos reabastecer”, frisou Bruna.

Douglas Schelle, gerente de uma rede com postos em Sapiranga, Igrejinha e Três Coroas, afirmou que os combustíveis também já acabaram nos postos pelos quais é responsável.

Sandro Jost, que gerencia postos de combustíveis em Nova Hartz, citou para a reportagem que gasolina e etanol também já estão em falta no município. Ainda restava um pouco de diesel em um dos postos.

Em postos onde ainda restava gasolina aditivada, casos de um na entrada do Bairro São Luiz, outro próximo à rótula da empresa Paquetá e um estabelecimento próximo ao Centro de Cultura de Sapiranga, longas filas de veículos se formavam. Porém, por volta das 8h desta quinta-feira, os motoristas que aguardavam na fila do posto de combustíveis da entrada do Bairro São Luiz foram avisados que até mesmo a gasolina aditivada terminou. Já no posto de combustíveis próximo ao Centro de Cultura a gasolina aditivada era “racionada” e os motoristas só eram autorizados a abastecer no máximo R$20,00 por veículo.

 


 

 

 

 

 

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse