Geral Posts em destaque

Festa do Sapato 2018 é lançada oficialmente em Campo Bom


  •   
  •  

Campo Bom – Foi na noite desta terça-feira, 24, o lançamento oficial da Festa do Sapato 2018 – que acontece de 30 de maio a 10 de junho, no Largo Irmãos Vetter. Em uma cerimônia alegre e repleta de surpresas a Fundação Cultural de Campo Bom apresentou a programação, as soberanas e também a Mostra Jazz RS, evento que ocorrerá dentro do programa da Festa. A mensagem, lançada como um convite à população, foi “Uma coleção de Amigos e Sapatos espera por você”

Diretoria da Fundação Cultural, voluntária na organização da Festa, autoridades e representantes de diversas entidades da cidade, assim como comunidade local, prestigiaram o evento, ocorrido na Câmara de Vereadores, cujo espaço ficou totalmente lotado. O momento iniciou com a fala do presidente da Casa, Victor Souza (PCdoB). Ele salientou o fato da Festa do Sapato remeter ao histórico da cidade e da sua gente. “Há toda uma vocação da nossa população, principalmente em um momento como esse que a gente vive. Ainda hoje o setor coureiro-calçadista é responsável por cerca de 33%, mais ou menos, da receita da nossa cidade, isso nos orgulha muito”, destacou o presidente da Câmara. O prefeito da cidade, Luciano Orsi, se pronunciou na sequência. O prefeito falou da impossibilidade de dissociar o crescimento de Campo Bom da indústria calçadista.



A festa – novidades, estrutura e atrações

Dentre as novidades deste ano está o Mix de Lojas repaginado, no centro do Largo, com um corredor aberto e vitrines aparentes, promovendo maior integração com os demais setores do evento. O espaço Variedades Mix é uma nova área, que concentrará empresas e profissionais, localizado em frente à Praça de Brinquedos. O artesanato foi deslocado para a área posterior ao palco, junto com as casinhas de artesanato das associações.

No centro do Largo será montada a Praça de Alimentação, que reunirá 18 restaurantes e lancherias, que irão atender durante todo o período da festa, com oferta de pratos quentes e lanches, e ainda opção para levar. A gastronomia é um dos eixos sociais do evento. A renda obtida pelas instituições durante os dias de festa será reinvestida em projetos de âmbito comunitário.

O palco de shows irá valorizar os talentos locais e espetáculos de alto nível cultural. Dentre os confirmados estão Os Modestos, 50 Tons de Pretas, Ana & Jefe Banda, Camila e Dionatã, As Aventuras do Fusca à Vela, Caravana Belessa e Banda Valente. O show de abertura, no dia 30 de maio, ficará a cargo de Rodrigo Soltto – com seu piano transparente. Toda a estrutura da festa começa a ser montada nos próximos dias.

Soberanas

As Soberanas da Festa – Musa Thainá Martin e as Madrinhas, Gabriela Zorzanello e Eduarda Moraes – receberam flores das mãos de Paula Grohe, uma das primeiras soberanas da festa, e convidaram a comunidade para prestigiar o evento e todas as suas atrações.

Voluntariado é a base da Festa do Sapato

O presidente da Fundação Cultural, Olegário Trott, também fez uso da palavra. Trott frisou diversas palavras que para ele definem a Festa e a organização do evento: voluntariado, solidariedade, patriotismo, determinação, fé, esperança, liberdade, comprometimento, otimismo. “Tudo isso misturado define muito bem o espírito dos membros da Fundação Cultural. E é com esse sentimento que nós saudamos a todos que vieram nos prestigiar”, declarou Trott, que ainda agradeceu a todos os voluntários, os coordenadores de comitês e ao conselho gestor, que buscou recursos para que fosse possível a realização da festa. “Pela primeira vez nós tivemos que adiar por um ano a nossa festa, todos sabem, foi uma decisão corajosa, mas sábia. O clima ainda não está perfeito para uma festa, mas já está mais confortável”, pontuou o presidente.


Sr. Olegário ainda revelou que neste ano a festa ocorrerá toda dentro do Largo, com o objetivo de diminuir a interferência que ocorria, em edições anteriores, no sistema viário do Município. “Durante a montagem e desmontagem, praticamente nada vai ser alterado no trânsito. Poderá acontecer alguma coisa durante os dias de festa”, declarou.

Mostra Jazz RS

A cerimônia seguiu surpreendendo os presentes  com a apresentação do Quarteto New Orleans, de Caxias do Sul, que animou e remeteu à Mostra Jazz RS, evento que durante três dias, – 5, 6 e 7 de junho – dentro da programação da Festa do Sapato, irá mostrar a música do estado em forma de jazz. “Um momento imperdível e com entrada franca”, salientou a coordenadora de comunicação da Festa do Sapato, Débora Trierweiler. A intenção é movimentar ainda mais a cidade e a programação, que está recheada de apresentações de grupos deste estilo musical.

Desafio é fomentar o turismo

Conforme o presidente da Fundação Cultural, Olegário Trott, o turismo que a Festa do Sapato proporciona é o desafio para os moradores da cidade. “A Festa acontece a cada dois anos. E em momento de festa, temos notado que temos um certo impulso e desenvolvimento dentro de Campo Bom. Mas dois anos de intervalo é muito tempo. Trazemos para Campo Bom algo em torno de 100 mil pessoas. E se a gente pensar nisso, em trazer o turista dentro de um projeto de turismo comercial, num intervalo de tempo menor, quem sabe nós aceleramos o nosso desenvolvimento”, propõe Trott.

 

 

 

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse