Geral Posts em destaque

Feira do Agricultor de Sapiranga será licitada e obras devem iniciar em breve


  •   
  •  

Sapiranga – Conforme noticiado pelo Repercussão em julho do ano passado, um dos objetivos da Prefeitura é construir um amplo e moderno espaço para a realização da feira do agricultor, já tradicional na cidade e que reúne diversas famílias produtoras desde 1985. O espaço enfrenta limitações físicas e sanitárias, o que, hoje, impõe restrições à comercialização de laticínios e produtos que necessitem de um controle térmico constante.

Em julho de 2017, a localização da nova estrutura ainda era incerta. Hoje, o projeto começa a sair do papel e a previsão para início das obras é junho deste ano. O recurso, disponibilizado pelo Ministério da Agricultura, através de emenda do deputado Renato Molling, é de um milhão de reais, mais 1% de contrapartida do município. O novo prédio terá 584m² e será construído no mesmo local do existente, sendo que a estrutura será montada por cima do atual prédio, para evitar o deslocamento da feira e manter os agricultores atuando. “O projeto da parte arquitetônica está concluído. Orçamento concluído. Tivemos que terceirizar o projeto estrutural porque a estrutura vai ser metálica”, revela Maurício Regla, secretário de Planejamento, Habitação, Segurança e Mobilidade.



Estrutura ampla e moderna

O novo pavilhão será bem mais amplo do que o atual e acatará exigências do Ministério da Agricultura. “O projeto foi todo desenvolvido em cima disso, para que a vigilância sanitária também possa atuar e não ter problemas para os produtos”, pontua Regla. De acordo com o secretário de Agricultura, Valdes Cavalheiro de Araújo, o prédio contará com oito espaços destinados para as agroindústrias, conforme determinado pela legislação e 24 espaços para as famílias produtoras, que vendem hortaliças e frutas. “Teremos ainda dois depósitos, espaço para garganta e descarga, um espaço para colocação de mesas, onde, no futuro, poderemos vender alimentos prontos para o consumo”, explica Araújo.


Administração está atenta aos prazos pré-eleitorais para encaminhar obras do pavilhão

Regla confirma que o convênio para início das obras está assinado. “Temos que correr agora. Não podemos licitar obras depois de determinada data. (3 meses antes do pleito). Tenho um prazo de licitação para cumprir”, explica o secretário. Assim que for liberado o projeto estrutural, a documentação será encaminhada para a Caixa. Após aprovado, é autorizada a licitação. A previsão é de que as obras iniciem ainda em junho deste ano.

Texto e fotografia: Sabrina Strack

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse