Geral Posts em destaque

Famílias são removidas de residencial popular da Caixa em Campo Bom


  •   
  •  

Campo Bom – Interditado nesta terça-feira, 20, pela Defesa Civil de Campo Bom um condomínio de apartamentos com estruturas comprometidas e risco de desabamento. O Bloco 1 do Residencial Dona Augusta , localizado no bairro Dona Augusta, e que abriga cerca de 36 famílias, apresenta graves problemas na estrutura, com rachaduras e fissuras, problemas na fossa séptica, obstrução nas tubulações, entre outras que, segundo o coordenador da Defesa Civil, Paulo Silveira, oferecem risco a integridade física dos moradores.

A construção, segundo Silveira, se trata de um empreendimento do Programa de Arrendamento Residencial (PAR) e foram os próprios proprietários dos apartamentos que solicitaram que a construtora responsável pelo residencial produzisse um laudo sobre a situação do Bloco 1.  O parecer, emitido pelo engenheiro da construtora sobre as condições de estabilidade da edificação, demonstrou risco de segurança estrutural caso não haja intervenções.



“Quando o laudo chegou ao nosso conhecimento nesta segunda-feira, dia 19, trazido pelos moradores, interditamos o prédio em questão por tempo indeterminado. É uma medida preventiva. Aconselhamos os moradores a não permanecerem nesses imóveis até que uma equipe profissional faça os reparos necessários para garantir a sua segurança”, explica Silveira.

A Defesa Civil do Município está desde segunda-feira, 19, auxiliando na remoção das famílias. Algumas pessoas, principalmente aqueles que têm familiares ou amigos que possam os abrigar, já se deslocaram. Aos demais a Prefeitura está oferecendo abrigo no Ginásio de Esportes do CEI.

Caixa se posiciona


A Caixa Econômica Federal informa que o condomínio Residencial Dona Augusta, pertencente ao Programa de Arrendamento Residencial(PAR), foi construído pela empresa Kaefe Construção e Incorporação no Município de Campo Bom/RS, com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial(FAR).

Devido a apresentação de vícios construtivos a CAIXA já notificou a construtora para recuperação do empreendimento.

Em laudo de engenharia recebido pela CAIXA não há menção à risco iminente para o empreendimento, no entanto, dado a intervenção preventiva da Defesa Civil a CAIXA esclarece que adotará as providências necessárias para verificação da solidez da estrutura e recuperação do empreendimento.

Crédito foto: Defesa Civil de Campo Bom

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse