Geral Posts em destaque

Família Strack reconhecida pelo desenvolvimento de mudas



  •   
  •  

Campo Bom – A agricultura está no sangue da família Strack já há muitos anos. Desde a década de 1950, quando se instalaram em Campo Bom, o sustento sempre veio da terra. Os métodos evoluíram, mas o gosto pela atividade permaneceu. Dois dos irmãos Strack focaram em áreas ainda pouco exploradas e apostaram em negócios próprios.

Vilson Strack e o filho, Evandro, sempre trabalharam com agricultura até que, em 2002, depois de construída a primeira estufa, terceirizaram a produção de mudas durante três anos. Ao fim da parceria, continuaram com o negócio.

Evandro, que hoje gerencia o empreendimento, com estufas também em Parobé, lembra que o início foi difícil, até aprender sobre fornecedores e burocracias. A empresa hoje atende praticamente todo o estado e emprega 12 pessoas.

O outro irmão, Carlos, e o filho, Deivis, iniciaram no ramo das mudas em 2012, depois de anos trabalhando com calçados. “Sempre tínhamos o gosto por trabalhar com mudas em casa. Depois de vender meu negócio calçadista, em 2010, resolvemos entrar nesse ramo”, relembra Deivis, da Viveiro Casa Verde, empresa que se especializou na produção e venda de mudas de flores, temperos e chás.

Strack abre loja para melhor atendimento


Em 2014 foi aberta a loja para atendimento direto ao varejo, demanda que vinha sendo sentida desde o início, quando as pessoas ainda eram atendidas diretamente na porta das estufas. Na loja são oferecidas as mudas de hortaliças, produzidas por eles, também linha de jardinagem e decoração. “A aceitação foi melhor do que o esperado, bastante movimento desde o início, com pessoal vindo de Tramandaí, Gramado e Porto Alegre para comprar aqui”, comemora Strack.

Viveiro projeta loja maior e outra estufa

O Viveiro hoje trabalha com diversos tipos de produtos e linha de jardim, como plantas, flores, vasos, terra, e utensílios. No início, a empresa tinha uma estufa, hoje já são cinco, totalizando 2.200 metros. “Aumentamos bastante a venda desde então. Ampliamos o mercado na rua, atendemos bastante floriculturas, todos os Vales, dos Sinos, Paranhana e do Gravataí. Trabalhamos com atacado e varejo, e desde o início, participamos da feira do Agricultor em Campo Bom, assim como da Festa das Rosas em Sapiranga”, explica Deivis. Para o futuro, o plano é ampliar a loja interna para atendimento ao cliente e construir ainda mais uma estufa para suprir melhor as necessidades.

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse