Geral

Entenda quando deve ocorrer a vacinação



  •   
  •  

Prevenção | Especialista destaca a importância de vacinar seu pet

Por Felipe Cemim, veterinário da Tierplatz

Guilherme Pilger

Prevenção é sempre a melhor opção, tanto é que na medicina humana existem as chamadas clínicas de imunização, ou de vacinação. A importância de prevenir doenças também existe na medicina veterinária. O número de doenças passíveis de prevenção por meio de vacina aumentaram nos últimos 20 anos.

As vacinas mais conhecidas por todas as pessoas são a vacina da raiva e a polivalente, que pode variar a quantidade de doenças que previne. Além dessas duas vacinas, existem outras opções disponíveis para cães, como a vacina para giárdia e para a tosse dos canis (também chamada de gripe dos cães).


Primeiramente vamos falar sobre a raiva, vacina que previne uma zoonose de grande importância, uma vez que não existe tratamento ou cura para essa doença, seja em animais ou em humanos. A raiva é uma doença viral que pode afetar todos os mamíferos, sendo o principal vilão, conhecido como principal transmissor da doença os morcegos. Mas todo mamífero que tenha a doença é transmissor do vírus da raiva.

Lembro-me que no tempo de infância, existiam campanhas de vacinação realizadas pelo governo, pois nessa época o vírus circulava livremente no Rio Grande do Sul. Atualmente, as campanhas não ocorrem mais, pois o vírus, apesar de estar presente no estado, está restrito a zona rural, não havendo casos de raiva relatados em cães e gatos há vários anos. Os últimos relatos de casos em cães e gatos estão relacionados com acidentes com morcegos urbanos, que se alimentam de insetos, frutas ou flores (néctar).

Crédito da foto: Divulgação

Quer ler o restante desta notícia? Assine a edição impressa do Jornal Repercussão. Ligue para: (51) 3064-2664

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse