Dia a dia Geral

Começa a vacinação contra a gripe



  •   
  •  

Região – A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe teve início em toda a região, na segunda-feira (23), imunizando pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses, e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores de saúde, professores da Rede Municipal Pública e Privada e portadores de doenças cronicas.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Sapiranga, até o dia 1.º de junho, a meta é vacinar pelo menos 90% do grupo prioritário. A estimativa é que sejam aplicadas 18 mil doses, distribuídas pelo Estado em quantitativos fracionados durante a campanha.

A Secretaria de Saúde recebeu do Estado um quantitativo inicial de 10 mil doses da vacina e deve receber mais 8 mil, totalizando 18 mil doses para a campanha na Cidade das Rosas.

As pessoas que fazem parte do grupo prioritário da vacina devem procurar os locais de vacinação as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Centro e dos bairros Centenário, Amaral Ribeiro, São Luiz, Vila Irma e São Jacó e as Unidades de Estratégia de Saúde da Família (USFs) São Paulo, João Goulart (realocada para a UBS Ferrabraz), Morada São Luiz e Oeste, das 7h15 às 17h45, de segunda a sexta-feira.

PÚBLICO-ALVO
Os grupos prioritários para a vacinação da gripe são as crianças de seis meses e 5 anos incompletos de idades (4 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes; puérperas (mamães até 45 dias após o parto); professores de escolas públicas e privadas, população indígena; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; pessoas com mais de 60 anos de idade; detentos (incluindo adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas) e funcionários do sistema prisional.
Segundo a Secretaria de Saúde do RS 3,6 milhões de gaúchos fazem parte do público-alvo. São pessoas que tem mais chances de desenvolver quadros graves de gripe Influenza.

A VACINAÇÃO
Em Sapiranga a ação ocorrerá nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e de Estratégia de Saúde da Família (USFs). As doses não serão disponibilizadas na UPA 24 Horas, na Unidade de Saúde Especializada (USE) e no prédio da Secretaria de Saúde (ao lado do Hospital Sapiranga), porque estes locais são voltados a serviços de atendimento de emergência e de especialistas.
A campanha nacional é uma iniciativa do Ministério da Saúde que adquiriu 60 milhões de doses da vacina que estão sendo entregues em etapas aos estados. O Dia D de Mobilização Nacional será no sábado, 12 de maio. A campanha termina dia 1º de junho e não haverá prorrogação.
Em 2017, a imunização em Sapiranga aplicou 10.670 doses da vacina. O Município teve uma cobertura vacinal de 77,16%, ficando abaixo da meta estipulada pelo Ministério da Saúde, que era de 90%.

DIA D
Como acontece todos os anos, a campanha vai ter um Dia D, para aumentar a mobilização. Será no dia 12 de maio, um sábado, todas estas unidades estarão abertas vacinando das 8 às 17 horas. Neste dia também funcionará a Unidade de Saúde Especializada (USE).

CONTRAINDICAÇÃO
Não é recomendada a vacina para pessoas com histórico de reação anafilática (alérgico ao antídoto), alergia ao ovo da galinha e seus derivados e que pessoas que apresentem quadro de febre alta. Ao receber a dose podem ocorrer algumas reações, como é comum um leve avermelhamento da pele, endurecimento e dor no local da aplicação.

O VÍRUS
A transmissão dos vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). À população em geral, o Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples como medida de prevenção para evitar a doença, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca com lenço descartável ao tossir ou espirrar; não compartilhar objetos de uso pessoal; além de evitar locais com aglomeração de pessoas.
A vacina contra gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos. Ela protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, de acordo com determinação da OMS, (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). Neste ano, apenas a cepa da influenza A (H1N1) não foi alterada: A/Michigan/45/2015 (H1N1)pdm09; A/Singapore/INFIMH-16-0019/2016 (H3N2); e B/Phuket/3073/2013.


A GRIPE
A gripe é uma doença respiratória causada pelo vírus Influenza que provoca febre, tosse, dor de garganta, dores no corpo e mal estar. Nos casos mais agudos pode causar inflamações como otites (inflamação dos ouvidos) e pneumonias, podendo levar à internações ou nas situações mais extremas ao óbito. As pessoas que mostrem estes sintomas devem procurar a unidade de saúde mais próxima ou atendimento médico imediatamente para verificação se o caso é ou não de Gripe A e se é necessária medicação imediata.

A transmissão dos vírus influenza ocorre pelo contato com secreções das vias respiratórias que são eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). O Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples como formas de prevenção: lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar, evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal, entre outros.

Também é importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe (especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações) devem procurar, imediatamente, o serviço médico.

Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

PÚBLICO-ALVO EM SAPIRANGA
Crianças entre 6 meses a menores de 5 anos (4 anos 11 meses e 29 dias)
Trabalhadores da área da saúde
Gestantes
Puérperas
Idosos
Portadores de doenças crônicas
Professores

UNIDADES E HORÁRIOS PARA VACINAÇÃO EM SAPIRANGA
Segunda à sexta-feira
Das 7h15 às 17h45
UBS Centro
UBS Centenário
UBS Amaral Ribeiro
UBS São Luiz
UBS Vila Irma
UBS São Jacó
USF São Paulo
USF João Goulart (realocada para a UBS Ferrabraz)
USF Morada São Luiz
USF Oeste

Fonte: Prefeitura de Sapiranga

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse