Geral Posts em destaque

Ainda sem prazo para retorno da área azul

SENAC Novo Hamburgo

SENAC Novo Hamburgo

  •   
  •  

Sapiranga – Segue a indefinição sobre a nova operadora do sistema de estacionamento rotativo pago, a Área Azul de Sapiranga, instaurada em julho de 2012.

Conforme Miriam Monteiro, Procuradora Geral do Município, o Setor de Trânsito realizou alguns ajustes no memorial técnico, finalizado na última sexta-feira, 02, quando a documentação foi encaminhada ao Setor de Compras, que, segundo o secretário de Planejamento, Habitação, Segurança e Mobilidade, Carlos Mauricio Regla, irá, após análise, abrir o processo licitatório. Não foram fornecidos maiores detalhes do processo, nem garantido prazo de conclusão. Mas, segundo a procuradora, a nova licitação deve ser publicada nos próximos quinze dias.


Guilherme Pilger

A Rek Parking, empresa que assumiu a operação do sitema em 2012, ficou responsável pela administração do sistema durante 10 anos. Mas, no fim de 2017 a empresa rescindiu o contrato alegando prejuízos financeiros. Desde o dia 1º de janeiro a cobrança de estacionamento não é mais realizada.

Novidades previstas

Conforme o departamento de trânsito de Sapiranga, dentre as alterações previstas no memorial, está o aumento de vagas nas ruas Carlos Biehl, 28 de Fevereiro e 7 de Setembro, a partir da Padre Réus. Ainda na Getúlio Vargas, entre a 7 e a 28 de Fevereiro. O projeto deixa em aberto a possibilidade para a implantação de novas tecnologias, como a compra do ticket nos comércios do centro ou através de aplicativos para celulares.

CDL defende maior tolerância

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Sapiranga (CDL) solicitou à Prefeitura que seja ampliado de 10 para 15 minutos o prazo de isenção nas áreas de estacionamento localizadas, principalmente, na região central da cidade. A medida, segundo a entidade, tem como objetivo auxiliar o comércio e os consumidores que queiram fazer uma compra rápida ou um pagamento de conta. “A alteração do período de isenção na área azul trará benefícios aos lojistas, pois, muitas vezes, os consumidores optam por um local onde o estacionamento é facilitado. Poder realizar uma compra de forma rápida ou resolver algum compromisso, representa ganhos não só para o consumidor, como também para o estabelecimento”, pontua Clarice Strassburger , presidente da CDL. O pedido está sendo avaliado pela prefeitura. O objetivo da CDL é aproveitar a troca da empresa prestadora de serviço pra que a nova contratação seja realizada já considerando a alteração.

Em janeiro deste ano, o Jornal Repercussão noticiou que o processo de licitação seria anunciado ainda naquele mês. Porém, as alterações e procedimentos internos da Prefeitura ainda não foram finalizados. A previsão inicial era de que até o mês de março o estacionamento pago tivesse voltado a operar normalmente. Mas, conforme previsão da própria Procuradora Geral do Município, a nova licitação deve ser lançada em 15 dias, ou seja, já na segunda quinzena de março. Não há, portanto, previsão para que o sistema volte a operar, considerando que a documentação segue em análise no Setor de Compras da Prefeitura. O Município anunciou, no início deste ano, que passa a ser responsável pela fiscalização e controle da arrecadação na operação do serviço.

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse