Geral Posts em destaque

Abertura de MEI é uma saída para o desemprego


  •   
  •  

Região – Conforme dados de novembro de 2017, do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) a oferta de empregos formais diminuiu no estado nos últimos 12 meses. Para muitos, a saída para a falta de emprego é a abertura da própria empresa.

Uma maneira interessante para esses novos empreendedores terem custos mais baixos, é se registrar como Microempreendedor Individual (MEI), segmento direcionado para empresa que faturam até R$ 81 mil anuais. O MEI limita, também, a contratação de um empregado, desde que não seja sócio ou administrador de outra empresa.



Conforme dados da Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo de Sapiranga, diminuiu no ano passado o crescimento de MEIs abertas pela Prefeitura (em 2016 foram realizadas 177 aberturas de novas microempresas pela Prefeitura, e em 2017, foram somente 123). Porém, no Portal do Empreendedor o número aumentou.

O município de Araricá vem registrando aumento constante no número de novas MEIs nos últimos anos. Em 2013 eram 125 microempresas formais; em 2014, esse número saltou para 155; em 2015, passou para 194 MEIs; em 2016 foram criadas mais 39, totalizando 255. E 2017 finalizou com 291 empresas. Conforme o Sebrae, em 2017, o Estado registrou, em 12 meses, 17,84% de alta no número de MEIs.

Panorama de quem mais opta pela microempresa

Nos quatro municípios de abrangência do Jornal Repercussão, o setor do comércio varejista em artigos de vestuário e acessórios é o que mais cresce, e as mulheres são as que dominam esse segmento. Hoje, em Araricá, há 25 empresas nessa área, em Campo Bom há 330, Nova Hartz tem 61 e Sapiranga 315, conforme dados do Portal do Empreendedor. A faixa etária de 31 a 40 anos é a que mais tem inscritos no MEI.


O quadro abaixo demonstra o total de empresas formais nas quatro cidades. Os dado são do Portal do Empreendedor e compreendem o período até dezembro de 2017.

Balanço entre 1/2017 a 1/2018

Município                   Total em 2017               Total em 2018
Araricá                                 264                                   291
Campo Bom                     2.617                               3.029
Nova Hartz                          524                                  628
Sapiranga                         2.554                               2.892
Total Geral                       5.959                               6.840
Fonte: Portal do Empreendedor

Paralelo em Campo Bom

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Campo Bom, Mateus Menezes, observa o cenário. “É uma tendência a mudança de comportamento do mercado e esse crescimento de prestadores de serviço, que também é uma forma de atividade. Estas estatísticas, comparadas com os dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), mostram que, apesar de registrarmos a perda de 447 vagas no CAGED, em Novembro, houve crescimento na abertura de MEIs. Vamos fortalecer a Sala do Empreendedor e oferecer mais oportunidades de qualificação”, projeta Mateus, que disse que os microempreendedores também são empresários, precisam ter acesso a informações e enxergar o seu trabalho como um negócio rentável.

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse