Dia a dia Esporte Posts em destaque

Incêndio destrói brinquedo, mas grupo devolve sorriso para jovem


  •   
  •  

Nova Hartz – Um incêndio ocorrido no dia 26 de janeiro e que atingiu a residência onde Jeferson Daniel Alves, 14 anos, morava com a sua mãe, teve tristeza redobrada para o jovem: ele viu o “brinquedo” que mais gosta (um carrinho de rolimã) ser consumido pelas chamas em poucos minutos.

O incêndio no final de janeiro aconteceu na casa da família, na rua Riachuelo, bairro Liberdade, em Nova Hartz. O fogo iniciou às 16h15 e rapidamente destruiu toda a casa onde Jeferson morava junto com sua mãe, Rosani Haag. A maioria dos pertences não foram recuperados, como o carrinho de rolimã.



Mas, a decepção de Jeferson durou pouco. Isso porque o grupo “Faísca Loka” ficou sabendo do fato e doou um novo carrinho para o jovem. A entrega foi realizada de surpresa, na última sexta-feira, 1° de fevereiro. Os praticantes de corridas, se reuniram para elaborar o projeto, que envolvia doações de peças, pintura, soldamento e acabamento do carrinho. As peças necessárias foram arrecadadas em dois dias, passando para o próximo passo, que era elaborar o brinquedo.

Jeferson recebeu o presente surpresa em menos de uma semana após o incêndio, bem no dia do seu aniversário.

O jovem atualmente está morando com a mãe na casa do seu avô, no mesmo terreno em que a sua residência pegou fogo. E o endereço escolhido pelo grupo Faísca Loka para a entrega foi justamente esse, para que marque uma nova etapa na vida de Jeferson.

Os integrantes do Faísca Loka chegaram para entregar o presente às 20h30 de sexta-feira, 1º de fevereiro. Jeferson ficou surpreso e também muito feliz, pois em meio à tristeza de perder a sua casa, encontrou um novo motivo para sorrir, com o seu novo carrinho de rolimã.


“Eu gostei muito da surpresa, antes eu estava com muito medo e incerteza, agora estou mais feliz ainda. Corrida é adrenalina total para mim. Antes eu sofria bullying e agora depois que conheci as corridas, eles têm que me aguentar”, sorriu”

Bullying e após, o reconhecimento

Jeferson possui dislexia e déficit de atenção. Com isso, sofria bullying de seus colegas de escola, mas após conhecer as corridas de rolimã em Nova Hartz, a sua história mudou muito. Com o esporte, sua vida melhorou em vários aspectos e no colégio, onde era alvo de “sarros” e não tinha vontade de ir, agora é admirado por ser um corredor e até ter ganho troféu de segundo lugar, em uma competição do ano passado na cidade.

Rosani Haag, mãe de Jeferson, ficou muito feliz com a surpresa para seu filho, pois além de passarem por dificuldades devido ao incêndio, as corridas de rolimã são muito importantes para ele. E com a contribuição do grupo Faísca Loka, tudo isso foi possível. “Ele amou o Carrinho de Rolimã, mais ainda depois de tudo o que aconteceu. Se não fosse os guris desse grupo, eu não sei o que seria. O esporte pode mudar vidas, pode até ter dificuldades de aprender, mas o Jeferson quando está correndo, ele fica muito feliz. Sou muito grata ao grupo, isso fez ele se sentir feliz. Ele estava contando os dias para correr de novo”, afirma Rosani.

Além do Carro de Rolimã, o grupo Faísca Loka também está organizando um evento no próximo sábado, 9 de fevereiro, às 16h, na rua Cidreira, em Nova Hartz, visando arrecadar doações para a família, que perdeu tudo o que tinha no incêndio.

Fotos: Arquivo Pessoal

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 365
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse