Esporte

Copa Repercussão / Clip Na Graça promove integração entre jovens



  •   
  •  

Sapiranga – Pelo segundo ano consecutivo o Jornal Repercussão promove a integração entre os estudantes da rede municipal de ensino através da Copa Repercussão de Futsal / Clip Na Graça. Pela sua organização, simplicidade e amplitude, o evento esportivo caiu no gosto das crianças e adolescentes que participam, além de ter conquistado a admiração da principal rede pública de ensino na sua área de abrangência (que é a Secretaria de Educação, Cultura e Desporto, SMED, de Sapiranga).

Pelos próximos três sábados (23 e 30 de junho e 7 de julho) o Jornal Repercussão e a SMED, envolverão aproximadamente 200 estudantes nesta disputa esportiva entre adolescentes. Além disso, as equipes estudantis que conquistam os 1ºs e 2ºs lugares nas etapas, levam para casa uma medalha como forma de reconhecimento pela participação. “A ideia da premiação é que os estudantes, daqui a alguns anos, lembrem com carinho deste evento e compartilhem esta experiência com seus amigos e familiares”, destaca Deivis Luz, um dos fundadores do Repercussão.

A próxima etapa da Copa ocorre neste sábado (23), no Nenezão. Neste dia disputam a etapa masculina as escolas Dr. Décio Gomes Pereira, Anita Lydia Wingert, 1º de Maio e Floresta. No dia 30 é a vez dos meninos das escolas Pastor, Érico Veríssimo, 28 de Fevereiro, Ayrton Senna, Rubaldo, São Carlos e Waldemar.

Entenda o funcionamento da copa

Na etapa do fim de semana passado, quem venceu todos os jogos e levou o título simbólico foi a Escola Pastor Rodolfo Saenger e a São Carlos ficou em segundo.

As duas melhores equipes da etapa feminina (Pastor e São Carlos) e os dois melhores times de cada etapa masculina passam para a final, que ocorrerá dia 7 de julho, no Nenezão.

A Copa Repercussão na Escola de Futsal faz parte do projeto Repercussão na Escola e tem o apoio da Secretaria da Educação, Cultura e Desporto. Na competição esportiva, a Clip Na Graça é a patrocinadora master. A Copa Repercussão na Escola é parte integrante do projeto Repercussão na Escola, que inicia no começo das aulas e só termina em dezembro.


Adversidade do frio não desencorajou

Logo nas primeiras horas da manhã de sábado, a temperatura marcava apenas 4 graus. Mesmo com a adversidade climática, todas as equipes inscritas foram até o Ginásio Nenezão participar dos jogos desta 1ª etapa. “Meu filho, o Kerlon, estuda na Pastor. Trouxe meu outro menino e o cobertor para se proteger do frio”, disse Ana Lúcia Damas, 32 anos, moradora do bairro Centenário. Aliás, luvas, toucas e mantas foram os acessórios mais utilizados para amenizar a gélida manhã desta etapa da Copa Repercussão Na Escola 2018.

Figurinhas da Copa

Simultaneamente a Copa Repercussão na Escola de Futsal 2018, em parceria com a CLIP Na Graça, ocorreu a troca de figurinhas da Copa do Mundo Fifa. Quase cem pessoas foram até o Ginásio Nenezão para buscar ou trocar imagens dos principais jogadores do mundo. “As mais difíceis são a da Islândia, Arábia Saudita e Uruguai. Acredito que o Brasil será o campeão”, disse Enzo Tavares, de 12 anos, da Escola Imaculado. “Quero encontrar o Neymar e o Messi. Hoje, consegui o Gabriel Jesus”, disse Gabriel Wirth, da Escola Duque.

Fotografia: Deivis Luz

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 42
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse