Entretenimento

Felipe Kuhn Braun divulga a exposição “Passado Presente”


  •   
  •  

Região – A exposição “Passado Presente”, aberta na última quinta-feira, 12, no Parque Pedras do Silêncio, em Nova Petrópolis, segue recebendo visitantes, todos os dias, das 9h30 às 18h, até o dia 12 de agosto.

A mostra consiste em uma exposição fotográfica comemorativa aos 193 anos da Imigração Alemã no sul do Brasil. As imagens são fruto de um trabalho fotográfico realizado pelo jornalista e escritor Felipe Kuhn Braun e pelo artista plástico e gráfico Moisés Braun, nas cidades fundadas pelo imigrantes de origem germânica, as antigas colônias.



O trabalho, apresentado pela primeira vez, registrou, conforme os artistas, um Brasil que muitos brasileiros não conhecem. São 40 imagens que demonstram fragmentos de uma cultura diversificada, além do rico universo do que resta da vida na colônia, onde, segundo Felipe e Moisés, a beleza do amplo panorama geográfico das antigas propriedades rurais se mescla ao detalhe da vida cotidiana dos descendentes teuto brasileiros.


A intenção, além de apresentar o desconhecido para muitos, é de ainda fazer com que aqueles cujas origens remontam ao interior retratado, possam relembrar com precisão as suas histórias da juventude. “Acreditamos na importância de registrar a história de vida dessas pessoas através da fotografia, mostrando o modo de vida dessas pessoas, especialmente no interior do nosso estado, e produzindo também um trabalho artístico pelas mãos do Moisés Braun”, ressalta Felipe.

Artistas são de Novo Hamburgo
Felipe Kuhn Braun nasceu em Novo Hamburgo em 1987. Graduado em jornalismo, é escritor e autor de diversos livros, como “História da Imigração Alemã no Sul do Brasil”, de 2010, e “História de Novo Hamburgo: 1824 – 1945”, lançado em 2016. Kuhn é coordenador de genealogia do Museu Histórico Visconde de São Leopoldo e colaborador do Instituto de Estudos Históricos da Universidade de Mainz, na Alemanha. Felipe ainda faz parte de outros grupos que tratam da história do Brasil e do estado. Moisés Braun, também de Novo Hamburgo, é autodidata e define seu trabalho como eclético. “Livre do cânon acadêmico, adotei como linha principal de trabalho a pesquisa constante de materiais, técnicas e temas, que utilizo com total liberdade em minhas obras”, destaca o artista em seu site. Moisés, que além da fotografia utiliza materiais como grafite e tinta à óleo em suas obras, já participou de inúmeras exposições individuais e coletivas.

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 13
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse