Entretenimento

As Rosas que simbolizam a identidade de Sapiranga


  •   
  •  

O cultivo de rosas na cidade originou a primeira edição da Festa das Rosas, em 1964. Naquele ano, a ideia do evento promovido pelo Lions Clube foi de premiar, por meio de um concurso, o jardim e o buquê mais bonito de flores da cidade, num chá dançante.
O perfil de cidade pequena e aconchegante tornou Sapiranga um município de uma comunidade voltada para suas raízes e particularidades.  Todos queriam ter um belo jardim com flores. A predominância das rosas fez com que a flor se destacasse entre as demais.
O concurso teve grande participação da população de Sapiranga. Em virtude do grande sucesso, em 1965 a festa entrou para o calendário oficial, quando um membro da administração da cidade visitou Festa das Hortênsias, na cidade de Gramado, e propôs que Sapiranga realizasse a Festa das Rosas que, foi denominada assim a partir da data, tendo a Sociedade de Canto como grande parceira do Lions. 
Na edição de 1965 foram agregadas outras atividades, como a escolha da primeira Rainha das Rosas. A candidata que vendesse o maior número de votos consagrava-se rainha, e, sucessivamente, a primeira e a segunda princesa. Foram realizados também desfiles de escolas e empresas parceiras na Av. João Corrêa, em frente à prefeitura. 
A evolução da festa até os dias atuais sem perder as origens
No ano de 1966, a escolha da corte passou a ser feita com a avaliação de jurados. Na festividade, as atividades eram: desfiles de escolas e empresas, bandas e carros alegóricos na Avenida João Corrêa, a 1ª Exposição Industrial  (realizada no Palácio de Esportes), atividades esportivas, além da premiação dos jardins e buquês, entre outras. A edição de 1967 foi a última realizada anualmente.
Em 1968 e 1969 não ocorreu a Festa das Rosas, pois o projeto era realizá-la bianualmente, em anos pares. A partir de 1970, a festa foi retomada com as mesmas atrações. Porém, em 1984 a sede passou a ser no Parque do Imigrante, extinguindo o desfile de carros alegóricos.  â€ƒ
Um marco importante na Festa das Rosas na década de 80 foi a instauração de campeonatos de voo livre junto à semana da festa.
No ano de 1987, em função da migração de muitas pessoas para a cidade, que não tinham o espírito da comunidade local, e também da crise econômica que afetou o município, a festa foi suspensa e não ocorreu. O desejo de retomar as festividades fez com que a população se mobilizasse em 1996. O ano de retomada da festa foi 1997, na 14ª edição do evento.
Em 1998 o evento contou com diversas atrações, além de originar o formato atual da festa, preservando a estrutura da família e a identidade da festividade.
Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse