Dia a dia

RGE Sul e RGE investem R$ 3 milhões na região em obras de adequação de redes e manutenção de religadores


  •   
  •  

Região -As concessionárias de energia elétrica são responsáveis por manter suas redes funcionando para assim oferecer um serviço sem falhas aos consumidores. É essencial constantes investimentos em melhorias e manutenções.

A região – Sapiranga, Campo Bom, Nova Hartz e Araricá – vem recebendo investimentos da RGE em suas redes elétricas. No primeiro semestre de 2018, segundo a empresa, a RGE, que responde por Nova Hartz, e RGE Sul, pelas outras três cidades, investiram R$3 milhões em obras para adequação das redes com manutenção de religadores, e reguladores de tensão.



Atualmente, os quatro municípios possuem 71 religadores, dispositivos utilizados para proteger os sistemas elétricos de problemas transitórios, servindo para reduzir o tempo de interrupção de fornecimento de energia em caso de problemas, como sobrecargas. Esses investimentos preventivos, conforme a concessionária, fortalecem o sistema elétrico e permitem o desenvolvimento econômico das cidades.

Quadro comparativo de ações
Inspeções 1º semestre 2018

  • Sapiranga
    825 inspeções
    123 irregularidades
  • Campo Bom
  • 440 inspeções
    95 irregularidades
  • Araricá
  • 71 inspeções
    12 irregularidades
  • Nova Hartz
  • 147 inspeções
    33 irregularidades

Inspeções 2017 inteiro


  • Sapiranga
  • 1.991 inspeções
  • 378 irregularidades
  • Campo Bom
  • 1.422 inspeções
    344 irregularidades
  • Araricá
  • 172 inspeções
    36 irregularidades
  • Nova Hartz
  • 409 inspeções
    84 irregularidades
  • Fonte: RGE Sul. Consulta em 24 de setembro de 2018

Rotinas de manutenção das redes elétricas incluem inspeções frequentes

  • Dentre as rotinas de manutenção das redes elétricas estão as inspeções realizadas pela RGE e RGE Sul. O quadro comparativo pode ser observado na imagem acima. No primeiro semestre deste ano, foram 825 inspeções em Sapiranga, sendo que 123 irregularidades foram constatadas. Em Campo Bom, foram 440 inspeções, e 95 problemas identificados. A empresa realizou 71 inspeções em Araricá nos primeiros seis meses de 2018, constatando 12 irregularidades. Já em Nova Hartz, das 147 inspeções realizadas, foram observadas 33 irregularidades. Em Sapiranga, a RGE informou que investiu, no primeiro semestre de 2018, aproximadamente R$2,4 milhões em obras para a melhoria do sistema elétrico. Do total aportado, R$ 1,7 milhão foi aplicado em obras de adequação e reforma de rede, substituição de postes, troca de transformadores, manutenção de reguladores de tensão e reposição de fios. R$ 450 mil foram utilizados em novas ligações e substituição de medidores e R$ 216 mil em melhorias para suportar a demanda de energia.

Texto: Sabrina Strack
Fotos: Arquivo/JR

 

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 50
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse