Dia a dia Posts em destaque

Projeto busca doações para alegrar crianças carentes e vulneráveis em Nova Hartz


  •   
  •  

Nova Hartz – Com o objetivo de promover doações para crianças carentes de Nova Hartz, a coordenadora e gestora do Cadastro Único da cidade Dioneia Zimmermann criou o projeto Transfor(amar), que visa melhorar brinquedos usados e adquirir novos para doações no próximo natal. Para o seu desenvolvimento, a iniciativa ainda conta com a colaboração do Corpo de Bombeiros e Brigada Militar da cidade.

A ideia de Dioneia surgiu no final do ano passado, quando fez uma doação parecida na Brigada Militar de Sapiranga e achou que poderia colocar em prática esse mesmo exemplo na cidade onde mora e trabalha.



O projeto iniciou com a arrecadação em 15 de janeiro e conta com o apoio de 20 pessoas voluntárias, que contribuem no planejamento, organização, arrecadação e consertos. Os membros são da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social, Corpo de Bombeiros Voluntários e Brigada Militar de Nova Hartz.

Com um elevado número de doações, o Transfor(amar) já possui diversos brinquedos para serem arrumados. Devido à isso, o Centro de Reabilitação Desafio Jovens Sementes, também irá contribuir. O encontro de todos os colaboradores do projeto é realizado uma vez por mês (de fevereiro a dezembro), quando fazem o planejamento e os consertos dos brinquedos.

Existem oito pontos de arrecadação: Farmácias, lojas, supermercados, escolas, Brigada Militar, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Prefeitura Municipal e Quartel de Bombeiros de Nova Hartz. Doações podem ser entregues nos locais até 30 de novembro de 2019.

Comandante do Bombeiros Voluntários avalia

Um dos colaboradores do projeto, Glaucio Renato Dietrich, comandante do Corpo de Bombeiros Voluntários de Nova Hartz, fala sobre a satisfação de realizar esse projeto na cidade. “Participar desse projeto é prazeroso, envolve a comunidade e as crianças. Nós ficamos honrados em participar, assim como outras entidades do município que estão contribuindo, como o CRAS, Brigada Militar e outras que vão surgir”.


Glaucio agora destaca o que espera do projeto, que acontece ao longo do ano e se encerra em dezembro. “Os Bombeiros receberam muito bem a participação nos consertos e em tudo que envolve o projeto dos brinquedos. Tenho certeza que vai ter muita repercussão na comunidade, seja com doações de brinquedos usados e novos, consertos ou organização. A sede aqui vai estar participando da mão de obra e espaço, pois a função dos bombeiros não é apenas apagar fogo, é também ajudar a comunidade de outras maneiras possíveis”, comenta Glaucio.

“Quero agradecer todos os colaboradores que participam comigo e convidar outros voluntários a participar. Quero ajudar e ensinar as crianças, que podemos transformar tudo o que queremos. Estou muito feliz pela parceria das entidades envolvidas, que também desenvolvem trabalhos sociais e estão dispostas a transformar brinquedos em sorrisos É gratificante, poder fazer alguém feliz”, conclui Dioneia.

Para tirar dúvidas e participar do projeto, pode entrar em contato com a Dioneia através dos números: 99645.5669 (whatsapp) e 3565-1111.

Texto: Diego Moraes

Foto: Divulgação

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 175
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse