Dia a dia

Programa em Sapiranga aborda a saúde na sala de aula com os estudantes


  •   
  •  

Sapiranga – Para levar ações de promoção, prevenção e atenção à saúde às escolas e estudantes da rede municipal de ensino, a Prefeitura aderiu, em 2017, ao Programa de Saúde na Escola (PSE). As atividades iniciaram em maio e envolvem temas como a sexualidade na adolescência, abordado nas escolas Floresta, Dr. Décio, Anita, Rubaldo e CIEP. Cerca de 670 adolescentes participaram da atividade.

Dentre as outras atividades desenvolvidas estão peças teatrais, em que profissionais da Secretaria de Saúde, vestidos como super heróis, abordaram assuntos relacionados a prevenção das doenças transmitidas pelo mosquito da dengue. A ação, voltada às crianças da Educação Infantil, foi apresentada de forma lúdica e de fácil compreensão aos pequenos. Também participaram desta atividade 130 crianças das escolas Ayrton Senna e 2Dominó.



Nas Escolas 25 de Julho, Balduino, Maria Ruth e Rubaldo os estudantes foram atendidos por outra equipe integrante do PSE, momento em que 500 crianças receberam vacinas de rotina e orientações sobre a sexualidade. Em todas as escolas, incluindo as de Educação Infantil, também foram trabalhadas a saúde bucal das crianças, recebendo orientações de escovação e aplicação de flúor, através das equipes de Saúde Bucal das Estratégias da Saúde da Família.

Enfermeira avalia a participação nas escolas

“Para nossa equipe está sendo muito gratificante desenvolver estas atividades nas escolas, pois estamos conseguindo passar conhecimento as nossas crianças e adolescentes e, ao mesmo tempo, trabalhando a prevenção e promoção da saúde. Ficamos felizes pois a cada atividade desenvolvida recebemos o carinho destes pequenos. Agradecemos também as coordenadoras e diretoras das escolas, que tem nos recebido formando uma parceria para que o programa continue dando certo”, comenta a enfermeira Elisângela R. Lafourcade.

 


 

Saúde bucal nas EMEIS

Além destas atividades, também é desenvolvido o Programa de Saúde Bucal nas EMEIs e Escolas de Ensino Fundamental do município, onde os dentistas das Unidades Básicas realizam visitas periódicas, orientando sobre a escovação e aplicando flúor, sendo que o município oferta o material necessário para a higiente bucal das crianças em suas unidades de ensino (escovas, fio e creme dental + flúor). Todas as crianças são avaliadas e, se houver necessidade, são agendadas ou encaminhadas para atendimento na Unidade Básica de Saúde.

Também são visitados neste Programa, a APAE e, sempre que identificadas necessidades de tratamento com sedação, os casos são avaliados individualmente, assim como os atendimentos realizados na rede da saúde pública, e encaminhados para atendimento de suas necessidades para o buco maxilo, em alta complexidade. Lembrando que, esta oferta também se dá para toda a rede do município, quando identificada a necessidade pelo profissional dentista.

Fotos: Divulgação

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 47
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse