Dia a dia

Previsão é concluir obras da Comarca de Campo Bom em 2019



  •   
  •  

Campo Bom – A sensação entre os advogados e servidores que utilizam as dependências da Comarca campo-bonense é de desprestígio por parte do Tribunal de Justiça/RS – órgão responsável pela manutenção dos fóruns municipais. Desde 2012, o prédio onde funciona a justiça estadual no município está em obras e a previsão é de que as intervenções no local se arrastem ainda até 2019. Entre os advogados que demonstram insatisfação com o andamento da reforma e ampliação da atual estrutura estão dois nomes com escritórios em Campo Bom: João Orsi e Dílson Machado, da D & Machado Advocacia Empresarial. Orsi, recentemente, criticou na Câmara de Vereadores a demora na conclusão das intervenções. Por sua vez, Dílson Machado, entende que as obras ocasionam diversos problemas de acessibilidade e segurança. “Campo Bom possui grande arrecadação no Estado e merece melhor atenção por parte do Tribunal de Justiça”, cobra Machado.

As obras de ampliação da Comarca de Campo Bom eram de responsabilidade da Hartmann Engenharia que recebeu R$ 6.204.280,61 de um total de R$ 7.041.840,83. O que era uma obra de dois anos, está em construção há seis anos, agora, sob responsabilidade da Construtec MS Construções, que venceu um segundo processo licitatório aberto pelo TJ/RS. Para finalizar esta ação, a Construtec receberá pouco mais de R$ 2 milhões, ou seja, o que custaria R$ 6,2 milhões subiu para mais de R$ 8 milhões.

Em março de 2018, a Construtec retomou as obras no 3º andar. Até o momento, a empresa não recebeu nenhum valor, pois os serviços executados não atingiram percentuais mínimos para pagamento.

Repercussão acompanha ‘novela’

Em junho de 2013, o Repercussão noticiou o andamento das obras da Comarca de Campo Bom, que teria até captação de água da chuva.


Em reportagem de dezembro de 2017, foi noticiada a lentidão no andamento das obras da Comarca.

Suplente de Vereador mostra preocupação

O advogado e suplente de vereador, João Orsi (Progressistas), não escondeu a sua preocupação com o atual momento que a Comarca de Campo Bom atravessa. “Estive reunido com os jovens magistrados que assumiram a Comarca. Os juízes também estão preocupados com a situação, pois temos um Fórum que quem conhece sabe que a situação é precária”, cita João Orsi.

Na semana que passou, ele ocupou o seu espaço na tribuna e demonstrou sensibilidade no tema. “Há goteiras no prédio e estamos perdendo servidores todos os dias. A situação é terrível. Entrei com uma moção direcionada ao Tribunal de Justiça/RS para que as obras sejam concluídas, o mais rápido possível”, conclama o suplente de vereador.

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 25
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse