Dia a dia

Poste da RGE na Major gera preocupação para moradores de Sapiranga


  •   
  •  

Sapiranga – Quem transita pela Avenida Major Bento Alves, no bairro Amaral Ribeiro, tem medo de um poste de luz que pende em direção à avenida. Ele fica em frente da residência de número 2234 e é sustentado por uma escora de madeira com duas braçadeiras, além dos próprios fios de energia e alguns cabos de aço, sendo um dos responsáveis por levar energia às residências e estabelecimentos próximos.

Do outro lado da rua estão localizados um restaurante, uma loja de autopeças e uma farmácia. Já bem próximo ao poste, do mesmo lado, fica a Igreja Católica São João Batista, todos locais com alto fluxo de pessoas, o que pode tornar a situação mais perigosa em caso de queda. “Se este poste cair em hora de movimento, alguém pode padecer”, afirma um morador das proximidades que não quis se identificar.



Este morador, desde 1984 no bairro Amaral Ribeiro, informa que reclama, mas não vê solução. “Reclamamos na RGE, a igreja também reclamou, mas não deram bola”, afirma.

Os protocolos das fotos ao lado, foram os que ele guardou, mas não foram os únicos do caso. Em maio deste ano, a RGE informou que até julho estaria pronto, em julho postergou para agosto, e em setembro a troca ainda não havia sido concluída. Os moradores, continuam aguardando.

 

 


Nota da RGE SUL afirma que substituição está prevista, mas não informa data para acontecer

A assessoria da RGE Sul enviou nota à redação quanto a situação do poste na Avenida Major Bento Alves.

“A RGE Sul informa que o poste não oferece risco para a comunidade. Sua substituição já consta no Plano de Manutenções da concessionária.”, finaliza o texto.

Confira fotos da situação atual do poste

Texto e fotos: Taylor Abreu

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 168
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse