Dia a dia

Hospitais somam mais de 6,6 mil atendimentos ambulatoriais em 2016


  •   
  •  

Na região | Juntos, Hospital Sapiranga e Lauro Reus contabilizam 6.657 atendimentos ambulatoriais. Lauro Reus, de Campo Bom, conta os dias para disponibilizar o uso de um tomógrafo para os pacientes

Região – Os hospitais Dr. Lauro Reus e Hospital Sapiranga – ambos, referência para mais de 100 mil pessoas – contabilizam números expressivos na área de atendimento. Nos últimos dois anos, as duas instituições contabilizam mais de 10.855 atendimentos ambulatoriais (curativos, primeiros socorros e pequenas cirurgias). No hospital campo-bonense foram 4.500 procedimentos e em Sapiranga, foram outros 6.355 atendimentos ambulatoriais.



Conforme a direção do Hospital Dr. Lauro Reus, a instituição tem ganhado ainda mais credibilidade a partir da qualificação dos serviços na área de traumatologia e ortopedia. Os serviços na área são oferecidos 24 horas pela instituição, que, após sete meses de procedimentos, realizaram 4.550 atendimentos (números que consideram consultas e procedimentos ambulatoriais e cirúrgicos). O Lauro Reus contabiliza 391 procedimentos cirúrgicos realizados nesse primeiro semestre, entre artoplastias de quadril, cirurgias de ombro e cotovelo, artroscopias de joelho, cirurgias de mão e punho, cirurgias do pé e tornozelo e cirurgias de seguimento ósseo. No Hospital Sapiranga, em 2016, os atendimentos ambulatoriais chegam a 6.355 (309 pelo SUS).

Técnica Ilizarov no Lauro Reus

Um dos procedimentos que mais vem se destacando no Hospital Lauro Reus é a técnica Ilizarov, realizada no mês de julho no hospital pelo Dr. Eduardo Brum, traumato-ortopedista especialista em reconstrução óssea (fixadores externos). Ao longo dos nove anos como especialista, Dr. Brum já realizou cerca de 300 procedimentos com esta técnica. Segundo ele, esta é uma técnica de reconstrução de membros desenvolvida na Rússia, na década de 50, pelo professor Gavril Ilizarov e consiste num aparelho circular que mimetiza raios (aros) de bicicleta, que é utilizado no tratamento de grandes perdas ósseas, infecções ósseas, deformidades e fraturas graves.

Números do Hospital Sapiranga


Outro hospital que contabiliza um grande número de atendimentos na região é o Hospital Sapiranga. Em 2015, foram 10.665 de atendimentos de emergência pelo SUS, contra 14.981 realizados através de convênios ou pagos de forma particular. Já nesses primeiros sete meses do ano de 2016, foram 5.255 procedimentos emergenciais realizados através do SUS e 7.648, através de convênios ou de forma particular. Em 2016, o Centro Obstétrico da Casa de Saúde realizou 2.601 atendimentos através do SUS e 343 através de convênios/particular. Em 2015, foram 5.501 atendimentos, via SUS e de forma conveniada ou particular.

Hospital Dr. Lauro Reus terá tomógrafo em breve

Um novo serviço está prestes a ser disponibilizado aos usuários do SUS e de convênios particulares no Hospital Dr. Lauro Reus, em Campo Bom. Se trata de um tomógrafo, aparelho fundamental para realização de exames de imagem e que auxilia os profissionais da área médica na identificação de lesões menores ou anomalias que não podem ser vistas em uma radiografia comum. Ele é mais barato e mais rápido que uma ressonância magnética e ajuda a identificar fraturas, derrames, tumores e problemas em tecidos do corpo humano.

Esta semana, o diretor-técnico do Lauro Reus, Zoé Dalmora, revelou que reformas estruturais na Instituição estão em andamento, e no máximo em 15 dias, o novo serviço poderá entrar em funcionamento. “Esta é uma conquista importante para a comunidade. Os operários estão concluindo a pintura do futuro local, pois adaptamos um antigo espaço onde funcionava a área de obstetícia e de pediatria. Nossa meta, assim, é transformar este novo ambiente – onde ficará o tomógrafo – no local onde serão promovidos os exames por imagens, como a tomografia, colonoscopia e a endoscopia”, projeta.

Quer ler o restante desta notícia? Assine a edição impressa do Jornal Repercussão. Ligue para: (51) 3064-2664

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse