Dia a dia Entretenimento

Entre as correrias de formanda, a Rainha da 34ª edição fala sobre sua vida e suas paixões


  •   
  •  

Sapiranga – Cleidiane da Silva foi a Rainha da última edição da Festa das Rosas, realizada no ano passado. Hoje, com 24 anos, ela é formanda em Pedagogia pela Universidade Feevale, e dá aulas em uma escola de Campo Bom.

A sapiranguense de coração, como ela mesmo se define, nasceu em Campo Bom, mas morou a vida toda na Cidade das Rosas, onde aprendeu a gostar da principal atração do local. “A Festa eu acompanho desde criança junto com meus pais, e a escolha das soberanas desde 2008, quando a Bárbara Petry foi eleita Rainha”, conta.



Questionada sobre possuir hobbys, e com a rotina puxada de formanda, Cleidiane brinca. “TCC conta?”, mas logo revela sua paixão. “Sou apaixonada por dança, antes de ser integrante da Corte, era dançarina no CTG. A Invernada Adulta de 2016 teve o tema ‘Sapiranga, a Cidade das Rosas’, e despertou todo o desejo que tinha desde a infância, fazendo com que eu me inscrevesse para concorrer à Corte da 34.ª Festa das Rosas para representar a nossa cidade”, conta, e ainda deixa uma recado para as meninas que quiserem compor novas cortes. “Os sonhos existem para serem realizados”, então se tens esse sonho, vá em busca dele, não desista”, finaliza.

Rainha da 34ª Festa passa faixa e deixa recado à corte

Cleidiane, que passou a faixa de Rainha para Giulia Kaiser neste ano, deixa uma mensagem para a atual corte.


“Que elas possam vivenciar ao máximo todos esses momentos como integrantes da Corte, muitos risos, choros (de felicidade), brincadeiras, shows. Que possam transmitir todo esse amor que temos pela nossa festa à toda comunidade, para que essa seja a melhor edição de todas”, finaliza.

Texto: Taylor Abreu

Fotos: Arquivo Pessoal

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 156
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse