Dia a dia

EJA do Duque busca dar condições para estudantes concluírem estudos

SENAC Novo Hamburgo

SENAC Novo Hamburgo


  •   
  •  

Sapiranga – Entre cinco e seis mil pessoas já se formaram no ensino médio através da Educação de Jovens e Adultos – EJA, do Duque – Centro Sinodal de Ensino Médio, em Sapiranga. A proposta, que iniciou como um pedido das indústrias calçadistas em 1993, na forma de convênio para atender os funcionários destas empresas, que precisavam se qualificar, hoje, é aberta para todos. A escola, que tem uma média de 60 alunos na modalidade, ainda oferece cerca de 30 vagas para bolsas de 50% e 15 vagas para 100%. A estrutura da EJA no Duque foi distribuída em um tempo mínimo de três semestres (1 ano e meio), com aulas da mesma matéria a noite toda. “O aluno se matricula por disciplina, e ele escolhe o tempo dele. Mesma estrutura da faculdade. Então se ele está disposto a fazer em mais tempo, ele pode”, explica Simone Mergener, coordenadora da EJA. Outro ponto relevante da estrutura da EJA na escola é que o aluno tem a possibilidade de aproveitar disciplinas de ensino médio já cursadas em outras escolas. “Por exemplo, se ele fez até o primeiro ano, eu faço um estudo do histórico e posso fazer um aproveitamento, e ele tem uma redução de tempo”, esclarece Simone.

Matrículas até 10 de agosto

Guilherme Pilger

”A nossa intenção com a EJA é dar condições para o aluno prosseguir com o ensino técnico ou entrar em um curso superior. Não só o certificado, mas manter a qualidade que a gente tem com o regular. Dar a possibilidade de buscarem algo a mais”, declara a coordenadora. As matrículas para o novo semestre vão até 10 de agosto, prazo máximo, sendo que as aulas iniciam em 30 de julho. Idade mínima para poder se matricular na EJA é de 18 anos no início do semestre. As aulas são presenciais, das 18h30 às 22h30, totalizando uma carga horária de 1500 horas.

Texto e fotografia: Sabrina Strack

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 154
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse