Dia a dia

Duas concessionárias fecham as portas em Sapiranga em 6 meses


  •   
  •  

Crise | De quatro concessionárias, restaram duas marcas de montadoras: GM e VW

Sapiranga – Primeiro veio o fechamento da concessionária Fiat (do grupo Ritmo, que acabou adquirida pelo Grupo Via Porto). Agora, no mês de junho, foi a vez da Florauto – autorizada da Ford – fechar as portas em Sapiranga. A crise no setor automotivo deve provocar o fechamento de até 10% das 740 concessionárias existentes no Rio Grande do Sul, conforme dados do Sindicato das Concessionárias e Distribuidoras de Veículos do Rio Grande do Sul (Sincodiv/Fenabrave).




Para a entidade, em momentos de profunda instabilidade econômica, agravada pela insegurança político-governamental, muitos setores comerciais estão com seus rendimentos e desempenhos de mercado abalados. Em muitos casos, se verifica uma retração de um determinado segmento empresarial, com o fechamento de parcela dos estabelecimentos comerciais. “Nosso Estado conta com grandes grupos de distribuidores e muitos deles acabam reduzindo o número de filiais para se manter no mercado, porém vale destacar que, muitas das concessionárias são empresas em geral de médio porte – que investiram e investem valores significativos em estrutura, padrões internacionais de qualidade, treinamento dos seus colaboradores e ações de marketing- a crise do país agrava e muitas vezes inviabiliza o negócio que precisa parar de investir e consequentemente deixa de vender”, comenta o presidente da Sincodiv, Fernando Esbroglio. Para contornar este cenário, treinamentos de vendas na Web e de líder coach são promovidos em diversas cidades.

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse