Dia a dia Entretenimento Posts em destaque

Desfile de 20 de setembro finaliza o 12º Acampamento Farroupilha em Sapiranga


  •   
  •  

Sapiranga – Na manhã desta quinta-feira (20), aconteceu o desfile de 20 de Setembro, evento tradicional do Acampamento Farroupilha, neste ano completando sua 12ª edição. A caminhada que ocorreu a partir das 9h na Avenida João Corrêa, partiu da Rua Alberto Schmidt, em direção a Rua Sete de Setembro.

A prefeita de Sapiranga, Corinha Molling, iniciou o evento saudando os três CTGs (Centros de Tradição Gauchas), os 85 piquetes e seus representantes, bem como a comunidade presente. Ela também elogiou a postura durante o hino nacional. “Parabéns a primeira, segunda e terceira idade que fizeram posição de sentido ao cantar o hino. Muito obrigado aos CTGS e piquetes aqui presentes. Sapiranga já é destaque no mundo pelos eventos da Semana Farroupilha, um bom desfile”, agradeceu a prefeita.



O desfile então teve início, reunindo centenas de pessoas. Desfilaram primeiramente as integrantes da 35ª Corte da Festa das Rosas à frente dos demais, seguidas pelas equipes de Corpo de Bombeiros e Samu. Logo atrás vinham os  piquetes com faixas e integrantes vestidos a caráter, e por último dezenas de cavaleiros dos CTGS, como Flavio Luis Gomes, de 38 anos, capataz campeiro do CTG Pedro Serrano.

“Estou no CTG Pedro Serrano a cerca de 10 anos. Participamos do evento a uns 15. Para este ano, nos organizamos por aproximadamente um mês e meio e hoje trouxemos 35 cavaleiros,” comenta Flávio.

Além de Flavio, outras centenas de pessoas desfilam há muitos anos, tornando o evento uma tradição, como é o caso de Nara Cristina da Silva, de 34 anos. Ela traz consigo toda a família, incluindo a Gabriela Cristina da Silva e a Ana Carolina, de 9 anos, que participam da cerimonia desde que estavam na barriga da mãe.

“Elas participam desde a barriga, já virou tradição de família, está no sangue. Chega nesta época do ano e já nos preparamos,” explica Nara.

Nara comenta ainda, que ambas as meninas cavalgam sozinhas desde cedo e que é importante incentivar o tradicionalismo nas famílias.


“Elas cavalgam desde os cinco anos sozinhas. É importante incentivar o tradicionalismo na família pois o Rio Grande do Sul foi feito no lombo do cavalo, foi descoberto assim. O Brasil foi desbravado no lombo de um cavalo, então quanto mais tu incentivar respeito, valorização de danças, da mulher, mais isso tem a agregar na cultura delas”, finaliza.

Para participar do evento, todos os animais precisaram ser inscritos e realizar exames, que foram conferidos antes da busca e condução da chama crioula até o Parque Municipal do Imigrante, onde ocorreu a abertura do Acampamento Farroupilha, e também hoje, antes do desfile, como afirma Cristiane Severo Platte, de 45 anos, que atuou em conjunto com Mariana Augusta Brochier, 41, ambas veterinárias do Departamento de Defesa Agropecuária do Estado.

“A exigência sanitária para os equinos que participarem de eventos registrados são dois exames, o da anemia infecciosa equina, e o do mormo. Além disso, solicitamos que o animal seja vacinado contra a influenza e que os cavaleiros possuam GTA – Guia de Trânsito Animal, pois nela tem informações importantes com relação a sanidade, vacinas e procedência do animal. Isso é o necessário para que se possa conduzir e participar destes eventos com os animais.”, explica Cristiane.

Após o evento, a Banda Crioula Claudio Wingert, fez o encerramento.

Confira algumas fotos do desfile farroupilha

Texto e fotos: Taylor Abreu

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 303
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse