Dia a dia

Corinha destaca a agricultura e a festa da colônia


  •   
  •  

Sapiranga – A prefeita, Corinha Molling, demonstra carinho e entusiasmo quando o tema é agricultura. “Temos que entender que os agricultores também usufruem dos serviços da cidade. Por isso, temos de manter as estradas bem conservadas, e quando possível, asfaltar as principais vias de ligação entre a zona urbana e a rural – caso da Estrada Porto Palmeira e a Estrada São Jacó. Com isso, conseguimos escoar melhor a produção e os produtores não passam por dificuldades geradas pelo barro e a poeira”, avalia Corinha.

No entendimento da prefeita, a Administração precisa estar atenta para as necessidades dos agricultores familiares. “Com isso, eles conseguem ter uma produção maior, e se for necessário buscar recursos e parcerias com o Estado e o Governo Federal. Temos que ter bons projetos e reconhecer que Sapiranga, embora não viva exclusivamente da agricultura, tem produtores que cultivam produtos que no dia a dia usamos, e vem da nossa cidade. É necessário fomentar esse setor até para que os filhos dos agricultores e as próximas gerações continuem vivendo no meio rural. Tem que ter respeito e carinho por todos”, pondera a prefeita.



Importância da Festa

Corinha também destacou a importância da Festa da Colônia. “O povo e o agricultor esperam por essa festa. É um reconhecimento da administração, pois temos agricultores fortes, que trabalham e merecem ser reconhecidos. Ela ainda é e sempre será uma festa grande e é em homenagem aos agricultores, que foram os primeiros habitantes dessa terra. Esses agricultores que eram pequenos estão levando produtos para feiras nacionais e internacionais e divulgam o nome de Sapiranga”, cita.


Novo espaço para a Feira

Nos próximos meses, deve iniciar as obras de construção do novo pavilhão que abrigará a Feira do Agricultor. A prefeita, Corinha Molling, explica que o ambiente é fundamental e mostra que a Prefeitura está preocupada e consciente de que necessita atender as necessidades de todos os segmentos da comunidade. “As pessoas têm direito de contarem com um ambiente digno, acolhedor e dentro das normas. Através do novo espaço, proporcionaremos uma higiene melhor, pois será mais adequado. A atual estrutura é muito antiga, de 30 anos e não suporta mais. Temos que fazer um prédio mais aconchegante e que fique mais abrigado do sol e do frio. Muito aberto é ruim, pois as famílias chegam às 5 horas da manhã. A Feira é no centro da cidade e tem que melhorar esse visual. E a feira tem que se modernizar”, projeta Corinha.

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 168
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse